web analytics

Abduzido por ETs desbanca teorias de céticos

O incidente do desaparecimento de Travis Walton por 5 dias é um dos mais convincentes casos de abdução alienígena já registrados, embora Travis não considere como tendo sido abduzido.

Recentemente ele se manifestou novamente num evento da celebração do relançamento do filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau, que ocorreu próximo da formação rochosa chamada de Torre do Diabo, no estado de Wyoming (EUA), que foi parte do cenário do filme.

Veja:

Travis Walton confirma sua história, mesmo depois de 40 anos.

O homem envolvido em um dos mais famosos casos de abdução alienígena de todos os tempos abalou os céticos e os não-crentes,  dizendo que 16 testes separados de detecção de mentiras foram feitos nele e nas testemunham doo incidente inexplicado de 1975 provam que sua história é VERDADEIRA.

Travis Walton, desapareceu sem deixar vestígios depois que ele e a equipe de madeireiros com quem ele trabalhou alegaram ter visto um grande OVNI na floresta em que estavam trabalhando.
Travis acredita que foi levado a bordo de uma nave espacial

Travis acredita que ele foi levado a bordo de uma nave espacial alienígena por cinco dias

Inicialmente, os membros da equipe foram suspeitos de assassinato, mas Travis reapareceu cinco dias depois, dizendo que havia sido levado para uma nave espacial por criaturas alienígenas.

Travis, pai-de-quatro filhos, diz que passou os últimos 40 anos defendendo-se contra aqueles que tentam desacreditá-lo – e até mesmo escreveu um livro desmentindo todas as teorias alternativas para o que aconteceu com ele.

O homem, agora com 64 anos, que diz que o incidente ainda está “fresco em sua mente”, disse ao Sun Online que era importante compartilhar sua história, porque o público tem o direito de “saber o que está lá fora”.

Travis, um madeireiro nas montanhas do Arizona, estava saindo do trabalho em 5 de novembro de 1975, com cinco membros da equipe em um caminhão, quando ocorreu o suposto incidente.

Eles viram alguns brilhos de luz através das árvores e pararam, pensando que era um incêndio.

Ele disse:

Quando nos aproximamos da luz onde tínhamos visão direta, era inconfundível, eu gritei para parar e um dos caras na parte de trás disse que era uma nave espacial ou um disco voador; ela estava a menos de 30 metros de distância.

Foi um disco metálico claramente definido, delineado contra o céu e fantástico…

Todos os caras da equipe – tão assustadora como era a situação – também descrevem como linda e tão perfeita.

Eu saí assim que Mike, que estava dirigindo, parou, e eu deixei a porta aberta e fui em direção a ela.

Foi apenas um impulso que pensei que fosse desaparecer quando eu chegar perto. Foi imediatamente alarmante para os outros caras e quanto mais perto eu chegava, mais eles gritavam comigo para voltar para o caminhão.

Mais tarde, eles disseram que parecia que estava em transe, mas, olhando para eles, parecia que eles também estavam em transe.

O incidente ocorreu na Floresta Nacional de Sitgreaves, perto de Snowflake, Arizona

A nave espacial começou a fazer ruídos altos e se mover, então Travis mergulhou para a cobertura atrás de um tronco.

Ele então tentou se levantar e fugir, mas foi atingido por uma forte “força”, e foi jogado no ar.

Quando me atingiu, foi uma força atordoante. Eu não vi essa explosão de energia, mas os homens da equipe deram uma declaração ao departamento do xerife e disseram que parecia como uma longa chama azul – outros a compararam a pisar em uma mina ou uma granada, porque me jogou pelo ar.

Certamente eles me mataram.

abduzido por ETs

Os membros da tripulação descreveram Travis sendo derrubado no chão por uma luz azul ou raio laser.

Temendo por suas vidas – e pensando que Travis estava morto – o resto da tripulação fugiu para obter ajuda.

Um grande grupo de busca envolvendo o departamento do xerife, helicópteros, ATVs e homens a cavalo – não conseguiu encontrar nenhum traço de Travis.

Enquanto isso, o relato de Travis sobre o que ele lembra em seguida é ainda mais bizarro.

Ele diz que acordou em uma nave espacial, cercada por pequenas criaturas que ele acredita serem alienígenas.

Ele disse:

Estava muito embaçada e tive uma visão dupla, mas eu pude ver o esboço dessas formas ao meu redor. Achei que eram médicos, mas quando minha visão ficou mais clara e pude ver que não eram médicos, eu me assustei.

O que estava mais perto de mim, tentei bater nele, mas senti que não conseguia mover meu braço.

Foi mais um impulso do que um golpe, porque eu estava tão enfraquecido, mas a criatura parecia macia e mais leve do que eu esperava. Ela se afasto para perto de um que estava parado perto dela.

Eu recuei e bati contra uma prateleira e olhei ao redor e vi uma série de ferramentas ou instrumentos, e eu rapidamente agarrei um e comecei a ameaçar eles.

Eles pararam e ficaram lá olhando para mim e esse olhar ficou em meus pesadelos por muitos anos depois disso. Eu não podia tolerar aquele olhar.

Travis diz que conseguiu escapar através de uma porta e entrar em uma passagem estreita, em seguida, em outra sala com um painel de controle nela.

Um ser humano, vestido com o que parecia ser um capacete espacial, apareceu e levou-o para uma sala separada onde ele foi colocado em uma mesa e deu uma máscara que o deixou inconsciente.

Os membros da equipe passaram testes de detecção de mentiras confirmando o que viram.

A próxima coisa que ele lembra é que estava acordando na estrada a cerca de 24 quilômentros de onde ele desapareceu, logo fora da cidade mais próxima de Snowflake, no Arizona.

Travis, que não tinha ideia de ter estado ausente por cinco dias, conseguiu entrar na cidade, onde todos os que o viram descreveram como “devastado” e “chocado”.

Mas então a batalha para que as pessoas acreditassem na sua história começou – e Travis foi empurrado para o foco do mundo.

Travis escreveu um livro sobre suas experiências chamado Fire In The Sky (Fogo no Céu), que mais tarde se transformou em um filme do mesmo nome.

Travis disse:

Desde o início, foi uma batalha contra as pessoas tentando descartar o fato – os habitantes locais não queriam acreditar, o xerife não queria acreditar nisso – você sabe que ele pensou que era um assassinato e uma alucinação por droga.

Eu passei por toda uma bateria de testes psiquiátricos e não havia nada de errado nesse departamento, testes de drogas provaram que não havia nada no meu sistema”.

E mais de 40 anos depois, Travis ainda confirma sua história – e passou por cinco testes separados de detecção de mentiras para provar que foi verdade – enquanto testemunhas e membros da equipe passaram por um total de 11 testes de polígrafo.

Os especialistas acreditam que há um milhão para uma chance de haver erros nesse número de testes aprovados.

Falando no encontro OVNI na Torre do Diabo em Hulett, Wyoming, Travis disse:

Decidi quebrar meu silêncio. Comecei a refutar essas coisas que as pessoas estão falando sobre mim e minha história.

Tomei cada uma das teorias que os céticos surgiram e simplesmente as derrubei com fatos.

Estou certo de que não sou o único que foi abduzido – isso é absolutamente real e é importante que o público em geral venha a entender gradualmente isso.

Não estou tentando surpreender ou assustar ninguém – pelo contrário – em relação ao quanto eu estava com medo, eu não quero que ninguém compartilhe esse medo.

Acho que é importante para eles perceberem o que aconteceu comigo 45 anos atrás – nem sequer foi uma abdução.

Utilizei esse termo por um tempo, porque isso é o que outras pessoas chamaram, mas agora eu diria que era mais uma chamada de ambulância – que eu estava ferido de uma maneira que teria sido fatal e que os alienígenas tivessem a tecnologia disponível para me ajudar.

(Fonte)

Neste outro artigo, é detalhado porque Travis Walton acredita que foi ressuscitado pelos ETs, após ter sido atingido por algum tipo de raio, mas que não foi um caso típico de abdução:

“Alienígenas acidentalmente me mataram, mas me ressuscitaram”, alega Travis Walton

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh