web analytics

Como você reagiria se fosse declarado que encontramos vida alienígena?

O artigo abaixo foi publicado no site “científico corporativo” smithsonianmag.com, e mostra as diferenças de opinião sobre o que poderia acontecer se fosse declarado abertamente que encontramos vida alienígena:

encontramos vida alienígena

Especialistas ponderam sobre o que a detecção de outras formas de vida pode significar para a raça humana.

Por mais de um século, do filma Uma Viagem até a Lua de George Melies, até E.T. de Stephen Spielberg e Contatos Imediatos, até a sequência de sucesso do Dia do Independência, a mídia e o público em geral ponderaram o que aconteceria se entrássemos em contato com formas de vida extraterrestres. O livro de Carl Sagan, Contato, e o filme de Jodie Foster, do mesmo nome, exploram um cenário possível no qual a cientista do Instituto SETI (interpretado por Foster) descobre um sinal que repete uma sequência de números primos provenientes do sistema estelar Vega, a 5ª estrela mais brilhante visível da Terra. Mesmo que essa versão de contato de um encontro alienígena seja mais provável do que a apresentada no filme E.T. de Spielberg, vale a pena ponderar as possibilidades.

E, no entanto, os especialistas acreditam que as chances de receber uma transmissão de rádio composta de números primos ou encontrar uma vida extraterrestre inteligente no futuro próximo são “astronômicas”…

Mas as chances podem estar aumentando devido aos avanços contínuos em tecnologia e dinheiro. Em uma conferência de imprensa realizada em abril de 2016 na cidade de Nova Iorque,  o bilionário russo e co-fundador da premiação Breakthrough, Yuri Milner, juntamente com o famoso físico Stephen Hawking, anunciaram o Breakthrough Starshot, uma viagem de 20 anos para o sistema estrela Alpha Centauri. Caso a existência de planetas no sistema Alpha Centauri seja confirmada, a Starshot poderia nos fornecer as melhores medidas de uma atmosfera exoplanetária que poderíamos conseguir neste século. Milner gastará US$ 100 milhões para financiar o projeto. O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckenberg, está no conselho de administração do projeto.

O objetivo da missão Kepler da NASA era encontrar planetas terrestres na zona habitável de estrelas próximas e distantes, onde a água líquida e possivelmente a vida poderiam existir…

Mas o que aconteceria se descobríssemos a vida além da Terra?

Christof Koch, presidente e diretor científico do Instituto Allen para Ciência do Cérebro, acredita que a maioria das pessoas ficará entusiasmada ao saber que há uma vida inteligente lá fora.

Koch diz sobre o contato com extraterrestres:

Para algum seria um desejo tornado realidade e nos encheria de entusiasmo. Mas, para outros, isso suscitaria preocupações. Não se pode supor que as culturas alienígenas são, por definição, benevolentes.

Se olharmos a história do nosso mundo, as civilizações menores foram muitas vezes destruídas por pessoas mais avançadas. O mesmo aconteceria com a gente se encontrássemos com uma civilização alienígena avançada?

Koch dedicou sua vida para definir o que a consciência é, seja ela a Internet, robôs, animais, etc. Uma vez que é duvidoso que nosso primeiro contato seja com seres humanos de outro planeta, é importante entendermos o que a consciência é, para que possamos compreender melhor o que descobrimos à medida que exploramos o espaço.

Koch continua:

A primeira descoberta provavelmente seria uma bactéria que poderia empolgar alguns cientistas, mas não o público em geral. Outro cenário pode ser um sinal de rádio cuja origem seria questionada. Foi um sinal deliberado que nos foi enviado ou um ruído aleatório que pode ser explicado cientificamente? Eu não estou segurando a respiração à espera de um sinal que inclui números primos.

Mary A. Voytek é uma cientista sênior e chefe do Programa de Astrobiologia da NASA, que iniciou a Nexus for Exoplanet System Science para procurar vida em exoplanetas. Ela observa que os cientistas da NASA estão atualmente examinando as condições mais extremas da Terra para entender melhor as condições que podem suportar a vida em todo o Universo.

Ela disse:

Se pudermos determinar o que faz um planeta habitável na Terra, isto ajudará a guiar-nos a procurar condições no Universo.

Voytek observa que a NASA reconhece que a descoberta da vida tem um significado além da ciência:

Para entender plenamente as implicações sociais, devemos conversar com os especialistas – estudiosos da sociologia e das humanidades e teólogos.

Quando dou aulas sobre o meu trabalho, a maioria das pessoas está entusiasmada com a possibilidade da descoberta da vida extraterrestre.

Isso não é nada novo … Os antigos atomistas gregos no século IV A.C. escreveram sobre isso. Há uma citação de Democritus que eu gostaria de citar: “Considerar a Terra como o único mundo povoado no espaço infinito é tão absurdo quanto a afirmação de que, em todo um campo semeado com milho, apenas um grão crescerá”.

Douglas Vakoch , presidente da Messaging Extraterrestrial Intelligence (METI), dedicou grande parte de sua carreira ao SETI para explorar o que aconteceria no primeiro contato, e como poderíamos iniciá-lo através de mensagens interestelares. Ele diz que a maioria das pessoas acredita que a vida inteligente é generalizada no cosmos.

Ele concorda que uma descoberta de algo como um sinal de rádio resultaria em argumentos, bem como uma crescente falta de interesse devido o tempo.

Ele diz:

Pode demorar décadas ou mesmo centenas de anos para obter uma resposta de um sinal que enviamos. Para as pessoas que estão acostumadas a uma comunicação instantânea, isso será frustrante.

Outros pensam que teremos uma experiência mais dramática. Susan Schneider, professora de filosofia e ciência cognitiva da Universidade de Connecticut e colega do Centro de Inquérito Teológico, acredita que, se encontrarmos uma vida inteligente, provavelmente será na forma de inteligência artificial super inteligente:

Para algumas pessoas isso seria difícil de aceitar. Descobrir uma civilização que não é mais biológica seria assustador para nós.

Mas Schneider é otimista de que a maioria das pessoas vai achar a descoberta de uma vida bem-intencionada inteligente, algo excitante:

As pessoas são entusiasmadas com o desconhecido. E a descoberta de uma nova civilização pode ter muitos benefícios potenciais. Talvez uma civilização avançada compartilhe seus conhecimentos conosco

A Igreja Católica percorreu um longo caminho desde os dias de Galileu. O Papa Francisco fez manchetes quando disse que batizaria os marcianos. Muitos ficaram surpresos com as observações do Papa, mas o Vaticano tem sido positivo sobre os alienígenas por muitos anos. O padre José Gabriel Funes, um sacerdote e astrônomo, vê alienígenas como irmãos e disse que a Igreja não tem nenhum problema com a ideia de vida inteligente no cosmos. O irmão jesuíta Guy Consolmagno é o primeiro clérigo a conquistar a Medalha de Carl Sagan e é o atual presidente da Fundação do Observatório do Vaticano . Em um artigo de 2014 no Christian Post, Consolmagno disse:

O público em geral não ficará muito surpreso quando a vida em outros planetas for eventualmente descoberta, e reagirá da mesma maneira que ocorreu quando as notícias chegaram nos anos 90 de que existem outros planetas orbitando estrelas distantes.

Uma visão semelhante é realizada pelos judeus ortodoxos. O rabino Ben Tzion Krasnianski, diretor do Chabad of the Upper East Side de Manhattan, escreveu:

Os judeus acreditam em outras formas de vida. O Universo é preenchido com uma quantidade infinita delas. Eles não são físicas, no entanto, elas são anjos que são seres conscientes espirituais que estão além de qualquer coisa que possamos imaginar. O Talmud diz que a mente de um anjo equivale a um terço da inteligência da população mundial combinada. Para nós, não é surpresa que não estejamos sozinhos no Universo maior.

Vakoch disse que as pessoas devem ter em mente que estamos apenas no início da exploração:

Acabamos de começar a procurar. Faz apenas algumas centenas de anos que nos tornamos uma sociedade tecnologicamente avançada. Essa é uma quantidade muito pequena de tempo em nosso Universo.

(Fonte)

Mas se você quer saber mesmo como a humanidade reagiria se fosse declarado que estamos em contato com uma forma de vida extraterrestre, pergunte ao seu vizinho que não é interessado neste assunto, e você vai ver exatamente porque os extraterrestres ainda não se manifestaram abertamente.

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh