web analytics

Anomalias na Lua: Mais próximos da verdade

Anomalias na Lua, complexos estruturais, torres e esferas são algumas das evidências que sustentam a teoria de que o nosso satélite natural é habitado por uma civilização extraterrestre, tecnologicamente avançada que realiza trabalhos de mineração na superfície lunar.

Difícil acreditar?

O que dizer então de um ex-funcionário da NASA que em uma entrevista alegou a existência de provas concretas da presença de estruturas artificiais na Lua?

http://beforeitsnews.com/space/2011/09/redux-nasa-whistleblower-alien-moon-cities-exist-1091566.html

Somente para relembrar um evento histórico de extrema importância e que selou o fim da guerra fria, o então presidente norte americano Ronald Reagan, discursou perante as nações unidas e fez referência à possibilidade de vida fora da Terra e suas implicações para toda a humanidade.

O tempo passou, inúmeras teorias e supostas evidências vieram à tona e desapareceram e nós permanecemos cada vez mais atrelados ao sistema global, preocupados demais com as nossas vidas e o seu rumo “enlouquecedor”. As décadas passaram e a Lua, o Programa Apolo e a ameaça extraterrestre caíram no esquecimento, e a NASA enterrou o Projeto Apolo e suas pesquisas.

Veja a matéria 1:
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/1232284-cientistas-anunciam-descoberta-de-agua-em-rochas-lunares.shtml

Veja a matéria 2:
http://articles.economictimes.indiatimes.com/2013-03-19/news/37844464_1_lunar-dust-sunlit-regions-terminator

Link 1:
http://blogdoastronomo.wordpress.com/2009/11/07/alguem-mais-esta-na-lua/

Link 2:
http://www.themortonreport.com/discoveries/paranormal/aliens-on-the-moon/

Estes são alguns exemplos da polêmica que orbita as missões do Programa Apolo.

Apesar de que, muitos dados ainda precisem ser analisados as evidências fotográficas obtidas tanto na órbita lunar, quanto em sua superfície, revelam que algumas das Teorias que defendem a existência de atividade inteligente em solo lunar podem se confirmar e mais, indicam que as estruturas não são apenas ruínas de uma visita ancestral ao nosso planeta, elas são antigas sim, tendo em vista a quantidade e suas localizações ao longo da Lua, e possuem intensa atividade. (http://www.checktheevidence.com/pdf/George_Leonard__SOMEBODY%20ELSE%20IS%20ON%20THE%20MOON%20OP.pdf)

Quantos anos ainda serão precisos para que a humanidade possa olhar diretamente para uma civilização extraterrestre? – 30, 40 ou 50, talvez!

Particularmente, também acreditamos e estamos convictos de que a vida fora da Terra já foi encontrada, e está sediada na Lua.

Não há nenhum exagero da nossa parte, após quase 50 anos, mesmo sem o pronunciamento oficial da ONU ou de qualquer outro governo, as provas apontam para o fato de que a Lua possui intensa atividade extraterrestre em sua órbita, em sua superfície e em suas crateras.

Muito se especula sobre a presença alienígena na Lua.

Teorias da conspiração somadas com determinadas anomalias encontradas nos arquivos fotográficos do Programa Apolo, e em arquivos de outras missões não tripuladas destinadas à investigação lunar, formam a rede de dúvidas em torno da presença extraterrestres na Lua.

Passaram-se 41 e anos desde a última alunagem realizada pela missão Apolo 17 e desde então tem sido inevitável especular os motivos sobre o abandono das missões tripuladas, mas em mundo onde as instabilidades políticas, econômicas e sociais ganham força e suprimem o interesse da população por temas tão controvertidos, não é de se estranhar que tudo tenha sido apenas “esquecido”, que se tenham eliminado milhares de arquivos.

Mas nada melhor para se redimir do que liberar 14.222 (quatorze mil, duzentas e vinte duas) fotos das missões Apolo, em alta resolução. No entanto, para um observador atento, isto para não dizer um obcecado, as fotos são tecnicamente as mesmas existentes nos links da LPI e “Apollo Image Archive“, sendo um pouco mais obcecado, na analise cuidadosa das imagens liberadas no Flickr se percebe que muitas fotos que permanecem naqueles links não foram convertidas para o padrão “high resolution“.

…pai afasta de mim esse cálice!

Bem, voltando ao imbróglio, no decorrer da linha do tempo da ufologia, inúmeros eventos foram estudados de maneira precária, desinteressada e confusa, mas diante da quantidade de avistamentos, fotos, vídeos e relatos de abduções, algumas autoridades criaram departamentos destinados à investigações do fenômeno UFO.

O dia mundial da ufologia é comemorado no dia 24 de junho. A data não foi aleatoriamente escolhida, claro, essa é a data em que se registrou o primeiro avistamento oficial de UFO/OVNI, ocorrido nos EUA, maravilha, um marco para ufologia mundial, – mas espera um pouco!, não foi em 1947 que ocorreu o incidente em Roswell?, – Sim, exatamente em 07 de julho de 1947.

Possivelmente uma mera coincidência, já que as autoridades confirmaram tratar-se de um balão, ou um experimento qualquer…!

Observe a proximidade dos eventos. Evidentemente que após se seguiram inúmeros casos de importante destaque para o cenário ufológico, internacionais e nacionais.

Sendo breve, surgem então os primeiros projetos “oficiais” destinados à investigação do fenômeno UFO.

É praticamente certo que as missões do Programa Apolo que orbitaram a Lua tenham se deparado com as “anomalias” a partir do espaço.

É o que estamos tentando demonstrar.

Temos reiteradamente destacado nas imagens obtidas pelos astronautas, a existência incontestável de estruturas complexas e outras anomalias.

As imagens são autênticas, não são passíveis de questionamento, porém a qualidade dificulta de sobremaneira a análise das mesmas.

Mas com sorte as evidências da existência de seres extraterrestres e sua presença constante em “nosso” satélite natural também estão espalhadas pelas imagens obtidas a partir da superfície lunar, a Internet está cheia destas imagens e nós pudemos confirmar a autenticidade de algumas. Inquestionavelmente, as “estruturas” e outras “anomalias” de fato estão presentes nas imagens que foram tornadas públicas pela agência espacial. Elas estão presentes de forma velada, recatada, quase imperceptíveis.

Sintetizamos em uma única postagem as anomalias e estruturas mais relevantes, apenas pedimos desculpas pelo fato de que as explicações detalhadas da localização e referência de cada foto estejam ao final da página, mas o tempo no impedia e assim tivemos que sintetizar: https://universo-realidadeextrema.blogspot.com.br/2017/05/o-que-existe-na-lua.html

E por último, seguindo o trabalho produzido por dois cientistas Paul Davies e Robert Wagner. Fomos em busca de evidências por meio do Google Earth, utilizando o recurso “Mapas Globais – mosaico do Lunar Orbiter”, encontramos o que parece ser a mais clara estrutura artificial, presente no polo norte lunar, entre as crateras “Plaskett” e “Roszdestvenskiy”.

Talvez estejamos próximo da verdade, ou talvez, estejamos cometendo um terrível engano.

Bem, não é possível abordar todos os eventos relacionados com a ufologia e suas variáveis, mas seguindo a linha de eventos, pode-se presumir uma “tênue” ligação ente os fatos.

Onde podemos chegar?

Ainda não sabemos. Sabemos apenas juntar pedaços na tentativa de compor uma melhor visualização do quadro total.

É nesta busca que pedaços importantes foram anexados às anomalias na superfície lunar.

Basta buscar pelo termo ufo/ovni na Lua, estruturas na Lua, alienes na Lua e etc…, que você verá inúmeras imagens de supostas estruturas e outras anomalias.

Mas, e quando existem afirmações de pessoas intimamente ligadas ao Programa Apolo e a NASA?

Seriam credíveis?
http://www.livreimprensa.com.br/empregados-da-nasa-afirmam-que-existem-ufos-e-estruturas-gigantes-alienigenas-na-lua/

E quanto as imagens?

Vejam por si próprios e tirem suas conclusões.

próximos da verdade
– Isaías Baltazar da Silva
Universo Realidade Extrema

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh