web analytics

Túmulo onde múmias anômalas foram encontradas é mostrado

E a saga continua…

Após o Congresso Mundial de Estudos de Múmias ter atacado a equipe Gaia.com e Jaime Maussan, acusando-os de farsantes, eles “revidam” com a liberação de vídeo com um pouco mais de informações sobre as agora famosas Múmias de Nazca.

Túmulo onde múmias anômalas foram encontradas

A entrada do suposto túmulo, como visto no vídeo, e alguns dos supostos alienígenas.

Estas são as primeiras fotos do que alega-se ser o túmulo secreto onde várias múmias alienígenas foram encontradas no Peru.

Gaia.com, o site por detrás das alegações estranhas de que pelo menos cinco extraterrestres mumificados foram encontrados enterrados em Nazca, no Peru, publicaram um vídeo recentemente revelando imagens de dentro do suposto túmulo e a identidade do homem que a encontrou.

O vídeo diz que um homem chamado Mario foi o explorador que se deparou com os restos mortais em um túmulo, numa parte não revelada da região peruana.

A divulgação ocorreu depois que cientistas e o Congresso Mundial de Estudos de Múmias divulgaram declarações dizendo que as criaturas eram fraudes que foram feitos usando restos humanos reais, e exigiram um inquérito oficial para averiguar se algum crime arqueológico havia sido cometido.

Como resultado, o Express.co.uk pediu à Gaia e ao jornalista e pesquisador mexicano Jamie Maussan que está na vanguarda dessas alegações, para detalharem sobre onde as chamadas múmias alienígenas foram descobertas.

Pedimos a localização, quem as encontrou, se isto foi parte de uma escavação oficial, e se havia fotos da descoberta.

Ambos, Gaiai e Maussan, não responderam.

No entanto, o novo vídeo afirma que Mario, cujo sobrenome não foi divulgado, é o homem por detrás do “achado que pode mudar o mundo”.

O narrador do vídeo disse:

Mario ajudou com a descoberta de muitos sites bem conhecidos no Peru desde a década de 1990.

Ele sabe muito bem o que faz, e sabe o que encontrou, e o que ele encontrou não pertence a nenhuma cultura conhecida na América do Sul.

O Sr. Maussan disse no vídeo:

Dentro deste túmulo, em um lugar secreto, ele encontrou dois sarcófagos. Em um deles havia apenas objetos. No segundo, ele encontrou dois corpos de tamanhos médios, bem como muitos corpos pequenos.

O corpo grande estava fora do sarcófago.

O Sr. Maussan disse que Mario não concordaria em ser entrevistado pela câmera, ou levar a equipe até o sítio arqueológico.

Ele acrescentou:

Ele tem medo de que alguém encontre isso e ele vai perder o que está dentro.

O narrador disse que Mario acredita ter tocado apenas 10 por cento do sítio, possivelmente menos, e ainda não tem ideia do quão longe as bifurcações dos túneis subterrâneos vão.

Foto das mãos de uma das supostas múmias, no interior do túmulo.

O vídeo diz que a equipe que investigou a descoberta recebeu as “múmias” do arqueólogo francês Thierry Jamin.

O Sr. Jamin é apresentado como o Presidente do Instituto Inkari, e supõem-se que ele obteve as múmias de Mario.

O Instituto Inkari, com sede em Cusco, diz ser uma organização de pesquisa arqueológica não lucrativa e não governamental.

A filmagem no vídeo mostra o que parece ser a entrada do túmulo e os restos mumificados lá enterrados.

O Sr. Maussan disse numa coletiva de imprensa anterior sobre a descoberta que o local do enterro dos corpos sugere que estes seres coexistiram com nossos antepassados.

Ele disse:

Essas múmias foram enterradas em túmulos humanos, em lugares sagrados. Isto significa que coexistiram com nossos antepassados; não eram inimigos e havia, até certo ponto, respeito entre as raças ou as culturas.

Eles afirmam que os testes mostram que os ossos têm 1.700 anos de idade, e os seres tinham três dedos e crânios alongados.

Durante anos, houve afirmações de teóricos da conspiração alienígena de que os extraterrestres visitaram nossos antepassados ​​e os ajudaram a construir grandes estruturas como as Pirâmides de Gizé e Stonehenge.

O Sr. Maussan já investigou uma série de supostas descobertas de corpo alienígenas que acabaram sendo falsas.

Muitos ovniólogos acreditam que os filmes da Gaia.com estão apenas promovendo uma grande farsa.

Nigel Watson, autor do Manual de Investigações OVNI, disse que as múmias são feitas de “gesso”.

Os investigadores de OVNIs Steve Mera e Barry Fitzgerald, com sede no Reino Unido, saíram para investigar a verdade.

Em um comunicado de imprensa, a dupla disse:

Recentemente, a Internet entrou em polvorosa com imagens de múmias recém-descobertas na região de Nazca, Peru.

Muitos estão cientes de que existem inúmeras manchetes e informações publicadas por Gaia.com e Jamie Maussan.

Esta não é a primeira vez que tais descobertas chocantes foram feitas, apenas para serem encontradas explicações mundanas.

Estas recentes descobertas podem ser o que esperamos?

Recentemente voltamos do Peru, depois de realizarmos uma investigação minuciosa que engloba os exames físicos dos corpos, examinando os raios-X e as tomografias, revisando as conclusões médicas e entrando nas profundidades sombrias do mercado negro ilegal.

Mera disse à Express.co.uk:

Estamos representando oficialmente o Instituto Inkari (dirigido por Jamin) como parte da entrega da informação completa ao público.

Estamos neste momento em discussões com médicos em universidades do Reino Unido.

(Fonte)

Abaixo está um vídeo com um resumo do último vídeo liberado pelo site Gaia.com (que pode ser visto aqui). Nele pode-se ver as análise do pó branco que as supostas múmias estão envoltos, os raios-X dos supostos seres de menor estatura, os quais parecem ter ovos em seus interiores. No vídeo também é anunciada a análise de uma outra suposta múmia, supostamente um bebê:

E se você perdeu toda a “novela” das supostas múmias anômalas de Nazca, clique aqui para mais informações.

n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh