web analytics

Hoje é Dia Internacional do Asteroide, e cientista teme impacto em 2029

Hoje é o Dia Internacional do Asteroide, e os cientistas espaciais disseram que a chance de que a Terra seja esmagada por uma rocha gigante é quase inevitável.

Rolf Densing, chefe do Centro Europeu de Operações Espaciais (ESOC), previu “mais cedo ou mais tarde … ocorrerá um impacto menor ou maior”.

Ele acrescentou que, embora possa não acontecer nas próximas décadas, “o risco de que a Terra seja atingida de forma devastadora, mesmo um dia, é muito alto”.

Dia Internacional do Asteroide

O Sr. Densing também advertiu que atualmente não existe um sistema de defesa real para o evento cataclísmico.

Principais fatos sobre asteroides

Os asteroides são objetos pequenos e rochosos que orbitam o Sol.

O primeiro asteroide foi Ceres, descoberto por Giuseppe Piazzi em 1801.

Atualmente, existem mais de 600.000 asteroides conhecidos em nosso sistema solar.

A maioria dos asteroides é encontrada em órbita no Cinturão de Asteroides, uma série de anéis localizados entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Existem milhões de asteroides no sistema solar, geralmente encontrados no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, no entanto, muitos passam próximos à Terra.

 As Nações Unidas fizeram o Dia Internacional do Asteroide de 30 de junho para conscientizar as pessoas sobre o que está sendo descrito como “o maior desafio humano”.

Mas uma rede de telescópios à procura de asteróides está sendo configurada na Europa, com o objetivo de detectar quaisquer perigos iminentes no espaço.

Em dois anos, o sistema estará pronto e, segundo notícias, “fará varreduras sistemáticas do céu todas as noites e qualquer asteroide que venha … será detectado com um tempo de alerta de aproximadamente duas a três semanas”.

Em janeiro, o governo dos EUA divulgou um documento sobre a preparação para o planeta ser atingido por rochas espaciais.

Depois de consultar cientistas, a Casa Branca disse que o relatório era necessário para se preparar para um evento de impacto, o qual causaria com que um grande número de pessoas fossem evacuadas de suas casas.

E, apenas nesta semana, um astrônomo revelou seus temores de que a Terra está em maior perigo ainda de ser atingida por uma enorme rocha, chamada Apophis, que foi descoberta pela primeira vez em 2004.  Alberto Cellino, do Observatório de Turim, na Itália, acredita que o asteroide passará muito perto do nosso planeta em 2029 e retornará novamente em 2036.

Ele teme que fique tão perto que um impacto não pode ser descartado por 19 anos.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh