web analytics

Repórter investigativa levanta dados sobre misteriosa múmia de três dedos

Um artigo publicado recentemente aqui no OVNI Hoje, o qual falava da descoberta de uma possível múmia de três dedos em cada mão e pé, causou muita controvérsia não só aqui no OVNI Hoje, como também em outros canais de informação da Internet.

Agora, sabendo da importância da comprovação ou não das alegações da equipe Gaia, que fez a divulgação inicial do achado e está conduzindo testes para determinar a veracidade do fato (pelo menos é isso que esperamos), a renomada repórter investigativa e ganhadora de Prêmio Emmy, Linda Moulton Howe – que ao invés de fazer como muitos que só assistiram o vídeo em suas confortáveis cadeiras e já dizem saber do que se trata – contatou Melissa Tittl, diretora de conteúdo da Gaia, para agregar mais informações a respeito deste achado.

É importante informar que, como relatado por Linda, até agora não há nenhum relatório de laboratório sobre o que seria a substância branca que está cobrindo o corpo da múmia. Os egípcios, às vezes, usavam natron, uma mistura natural de carbonato de sódio com bicarbonato de sódio, durante as cerimônias de mumificação, porque o natron absorve água e é um agente de secagem. No entanto, não há nenhum exemplo no Egito ou na América do Sul, ou em qualquer outro lugar conhecido até o momento, em que todo o corpo esteja revestido com a substância branca que cobre a múmia Nazca e outras múmias menores lá encontradas, no que é descrito como um túmulo subterrâneo. Isto posto, leia abaixo a entrevista com Melissa Tittl, conduzida por Linda Moulton Howe:

Melissa Tittl – Diretora de Conteúdo Original da Gaia.com.

Entrevista:

Linda: Melissa, fiz uma pesquisa hoje procurando por vídeos no YouTube contendo mãos de 3 dedos e surgiu duas de 15 de janeiro de 2017, em “Beyond Science“, e em uma apresentação de 17 de fevereiro de 2017 por um explorador sul-americano de longa data Brien Foerester. Ambos os vídeos mostram uma mão esbranquiçada não conectada a um corpo que possui 3 dedos longos que contêm seis ossos, e um close-up de um dedo mostra uma unha de aparência humana. Qual é a relação entre estes e o que você está descobrindo na região de Nazca?

Melissa: Não, aquela é uma mão diferente. Nós também entendemos isso, e eu acredito que a mão é ainda mais longa que as mãos na múmia que mostramos na nossa apresentação Gaia. Mas isso não faz parte do que estamos fazendo. Jaime Maussan nos deu a dica sobre os corpos que estamos investigando. Encontramos outras coisas que surgirão em outras atualizações, mas a mão no YouTube de janeiro / fevereiro de 2017 é uma mão diferente.

Linda: É verdade que você encontrou vários corpos mumificados como o primeiro?

Melissa: Sim. Encontramos vários corpos e acho que a próxima atualização do Gaia.com será exibida e explicará alguns desses outros corpos que foram encontrados. Mas não consigo compartilhar os detalhes ainda.

Linda: Quando a próxima atualização é ar?

Melissa: Esperamos ter na próxima semana – possivelmente quinta-feira, 29 de junho de 2017. (E o OH estará atento para esta possível liberação.)

Linda: Quantos corpos e eles são todos iguais?

Melissa: São diferentes. Na verdade, não consigo comentar quantos corpos foram encontrados, mas existem mais do que um e são um pouco diferentes daquele da primeira apresentação Gaia.

Linda: Todos eles têm três dedos longos?

Melissa: Sim, o que faz com que possam ser relacionados, mesmo que sejam ligeiramente diferentes.

Linda: quais são as diferenças?

Melissa: A que temos mostrado, que é um corpo maior, quando comparado a um humano, a anatomia parece bastante próxima, exceto pelos três dedos longos e três longos dedos do pé. E a cabeça. O rosto e a forma da cabeça são um pouco diferentes dos humanos.

Mas em comparação com os outros corpos que descobrimos, os outros são como um tipo diferente de espécies.

Linda: Você está falando sobre algo que é mais alto, e algo mais que é mais curto que está na categoria híbrida? Ou crianças?

Melissa: Toda essa investigação é tão fascinante porque não sabemos realmente o que são, e esse é o objetivo da nossa investigação. Pelo que vi e com quem falei, e com a informação que está prestes a sair na próxima quinta-feira, 29 de junho de 2017, eles NÃO são clonados. Isso torna mais difícil dizer que este é algum tipo de criação que alguém acabou fazendo. Todos os corpos têm diferenças como se você encontra nos humanos. Nem todos os corpos humanos são exatamente os mesmos.

Eles têm um protótipo, mas são um pouco diferentes. Então, é o que eu acho realmente interessante sobre esses outros corpos em comparação com este em nossa apresentação.

Linda: Então, é certo que alguns corpos são mais altos e alguns são menores?

Melissa: Exatamente. Alguns são mais altos e alguns são de uma construção menor.

Linda: Devido ao fato que existem vários corpos juntos, você acha que vocês encontraram um cemitério?

Melissa: Não sei. É muito estranho. Eu acho que é um túmulo. Parece ser configurado mais como um túmulo e que certas criaturas foram preservadas. E para que propósito, não sabemos. É como um lugar especial onde os corpos foram colocados.

Linda: Como um recinto subterrâneo para uma família?

Melissa: É um espaço subterrâneo com vários corpos nele, mas não sei. Foi dito que é verdade, mas ainda não conseguimos ir ao túmulo, o que é outra parte da investigação. Isso nos ajudará a obter outras respostas sobre como os corpos foram colocados. Temos um arqueólogo que nos ajuda, que se especializa em enterros e está no Peru há dez anos. Como profissional, ele também quer saber mais sobre a configuração do túmulo. Então, queremos avançar com isso, se pudermos.

Linda: Quem tem o controle sobre o túmulo?

Melissa: Eu realmente não posso dizer agora, mas não somos nós na Gaia. E não somos peruanos, então não podemos controlar uma propriedade em outro país. Mais uma vez, somos como investigadores lá.

Linda: Mas o controle vai impedir você de entrar no túmulo?

Melissa: Eu não penso assim. Penso que, eventualmente, iremos chegar lá. Penso que agora as coisas são um pouco perigosas. Quero dizer, saímos com o relatório e o Peru fez seu próprio relatório. O governo peruano onde quer que estejam no processo, querem ter certeza de que tudo foi feito corretamente. Então eu acho que só precisamos esperar um pouco.

Linda: Alguém está vigiando o corpo que você gravou para ver se há alguma pele ou outras mudanças agora?

Melissa: Sim, definitivamente, mas não sei se houve alguma alteração.

Linda: Os outros corpos ainda estão enterrados?

Melissa: Isso é para ser descoberto. Somos como moscas na parede, investigando para ver o que é e tudo o que estamos relatando estar lá no Peru. E teremos mais atualizações da Gaia.

Linda: Existem glifos ou linhas retas em qualquer lugar perto do túmulo?

Melissa: Não que eu conheça. As linhas de Nazca, nós não sabemos de onde elas vieram, ou onde levam, ou o que estão tentando nos contar? Elas poderiam estar conectados às múmias. Mas o que eles estão preservando lá que eles, há muito tempo, querem que nós olhemos, para ver, cavar mais fundo [sic]. Eu não quero desenhar uma linha direta, mas estou dizendo que a área é apenas misteriosa e o fato de que as múmias são encontradas na mesma área desses glifos e linhas é algo a considerar.

O que é a cobertura de substância branca cobrindo a múmia de três dedos?

Linda: Por que qualquer múmia, ou as múmias datadas de cerca de 2.000 anos atrás, de acordo com a datação de 245 AD a 410 A. D em carbono, estão cobertas por uma substância branca acinzentada que pareça giz e que se chama de “poeira branca” na sua apresentação?

Melissa: Mais perguntas do que respostas. Não posso enfatizar o suficiente que nossa equipe acha isto estranho e estamos analisando. Queremos que as pessoas sejam pacientes conosco. Pegamos todas essas amostras dos corpos com o pó branco para ver o que é. Ainda não obtivemos os resultados. Mas acho que o mais importante é ter o pó branco e o corpo testados em um laboratório certificado e depois ver quais são os resultados. O que poderia ser? Caso contrário, até que isso seja feito, todos estão apenas especulando, e é onde estamos todos agora.

No entanto, o Prof. Konstantin Korotkov, Ph.D., Prof. de Física, Universidade Federal de Pesquisa de São Petersburgo de Tecnologias da Informação, Mecânica e Óptica, Rússia, e sua equipe, começaram o sequenciamento completo do DNA e começaram a recuperar algumas coisas. Quando iniciaram o processo, eles tiveram que colocar algum líquido para separar a amostra de DNA. E quando fizeram isso, eles sentiram cheiro de ervas. E eles não conseguiram descobrir o que era, mas definitivamente sentiram cheiro de ervas. Isso para mim diz que é prova de algum tipo de resina. No Egito, eles usaram resina feita de árvores e plantas, não só para perfumar o corpo, mas também ajuda a preservá-lo.

O pó branco ainda é um mistério e estou no mesmo barco que você. Gostaria de saber o que é. Estamos testando isto.

Linda: O pó branco poderia ser uma substância de natron, a mistura de carbonato de sódio e bicarbonato de sódio que os antigos egípcios usavam em alguns rituais de mumificação? Eu tenho lido muito e não consigo encontrar nenhuma menção de uso de natron para múmias na América do Sul. Você pesquisou o natron?

Melissa: Sim, e cheguei à mesma conclusão que você tem. Não encontrei qualquer natron nas práticas de enterro peruano. Realmente precisamos descobrir o que é esse material branco e de onde veio. Então, não tenho uma resposta para o pó branco neste momento. Mas parece que, de acordo com o laboratório da Rússia, havia algum tipo de prática funerária que usava algum tipo de pomada erval, ou líquido, ou lavagem de algum tipo.

Quanto mais especialistas tivermos de diferentes áreas científicas, melhor. E estamos 100% abertos a isso. Isto é como um convite para quem quer se envolver. Gostaríamos de trabalhar com eles, porque trata-se de tentar descobrir o que são as múmias. Essa é a coisa mais importante e fazer isto direito e enviar aos cientistas as amostras certas.

Análise de DNA nos Estados Unidos?

Linda: Se você puder trabalhar com um especialista americano em DNA, você conseguiria enviar o corpo do Peru para um laboratório nos EUA? Ou os cientistas de DNA teriam que ir para o Peru?

Melissa: É algo que devemos descobrir. Agora, não tenho uma resposta para isso.

Linda: E minha mente pula para as próximas perguntas: Quantas outras múmias brancas estão lá? Por que elas estão perto de Nazca e todos os seus séculos de mistérios? Elas são uma variação humana? Ou elas não são humanas, talvez até extraterrestres baseados no Peru há 2.000 anos? Existe alguma referência em qualquer lugar da literatura arqueológica para mãos e pés com 3 dedos? Ou múmias todas cobertas de pó branco?

Melissa: Não, não encontramos nenhuma, mas talvez isso trará mais informações sobre como poderia ter acontecido, ou de onde elas vieram. Talvez haja coisas que ainda não levantamos ou nem mesmo percebemos antes. Isso acabou de começar e temos muitas mais informações que estão acontecendo em outras semanas.

Mas é estranho e não se encaixa no que conhecemos até agora, então vamos ver o que mais podemos encontrar. Nunca encontrei nenhum ser de 3 dedos antes, mas isso não significa que eles não estão lá, mesmo que não tenham sido descobertos.

Linda: Três dedos em cada mão e três dedos em cada pé surgiram no mistério Chupacabras de Puerto Rico de 1995 a 1996. Fui lá para investigar todas as feridas de punção sem sangue em cabras, galinhas, cachorros, gado, cavalos e conversamos com testemunhas oculares que haviam visto uma entidade estranha que poderia ficar ereta em duas pernas e depois pular oito ou nove pés (2,40m a 2,70m) no ar sobre cercas. A entidade foi descrita como tendo três dedos e três dedos do pé, mas as ilustrações das testemunhas oculares nos meus relatórios de chupacabras no Earthfiles não se parecem com a múmia Nazca.

 

Relatório de Linda Moulton Howe:

Linda Mounton Howe – Repórter Investigativa

Quais são os dados mais fortes até agora de que as múmias são reais?

Não consigo falar por mim mesma, mas posso falar sobre especialistas com quem falamos, as quais que começaram a analisar isso, como Mary Jesse, MD, professora assistente de Radiologia-Diagnóstico, na Faculdade de Medicina da Universidade do Colorado, Denver. Ela é uma pessoa que não está envolvida neste tipo de coisa, mas ficou um pouco impressionada com o fato dela não conseguir descobrir que isto não era real, o que significava que ela esperava provar uma fraude, e não conseguiu.

Ela tentou ver se os ossos estavam colados, como algumas pessoas especulam que você pode pegar pedaços de corpos diferentes e colá-los todos juntos e você tem corpos estranhos. Mas ela disse:

Eu não consegui encontrar um pedaço desse corpo (múmia branca) que parecia ter sido montado. Haveria certas marcas no osso de como isso aconteceria.

Eu não sou uma radiologista esquelético muscular, mas, de acordo com ela, você pode dizer:

1) Se o osso fosse falso, ele teria uma representação diferente nas tomografias. Pareceria diferente dos outros ossos.

2) Haveriam também marcas que significariam que os ossos poderiam ser falsos. Não havia nada disso.

3) Além disso, a mão é um mecanismo bastante complicado e ela estava explicando que se alguém realmente replicasse essa mão de 3 dedos, esta pessoas teria que saber tanto sobre a anatomia, que deveria estar fazendo isso para ganhar a vida. Ela disse que todos os pequenos pedaços dessa mão estavam lá, até  mesmo as pontas, que são exatamente como as de um dedo humano (exceto que a mão longa de 3 dedos em Nazca tem 6 articulações).  A ponta é apenas um pequeno osso que fica no final do seu dedo. Ela ficou maravilhada com o fato de que ela realmente não conseguiu encontrar algo que lhe dissesse que isso poderia ser falso.


O OVNI Hoje ficará atento ao que mais possa surgir a respeito desse achado, e tudo será publicado aqui.

Verdadeira ou falsa, você ficará sabendo assim que maiores informações sejam disponibilizadas.

n3m3

Fonte da entrevista

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh