web analytics

Os nativos americanos não temiam os ETs. Veja o porquê…

Antes dos intrépidos e gananciosos europeus terem ‘descoberto’ as Américas, a terra era habitada por uma variedade de culturas abrangendo milhões de almas. Infelizmente, o extermínio quase total dos nativos americanos também significou o desaparecimento do conhecimento antigo, o qual nunca poderemos resgatar.

Assim, felizmente os esforços dos sobreviventes incluíram a transmissão das histórias dos tempos antigos, e muitas delas falam a respeito do “Povo das Estrelas”, um termo que agrupa vários seres que vieram do céu para compartilhar uma conexão com os humanos que eram dignos de seus ensinamentos.

O mundo antigo esteve em contato com uma variedade de extraterrestres avançados, como evidenciado pela rica coleção de histórias detalhando suas interações. Muitas culturas separadas por milhares de anos narram a respeito de objetos voadores e tecnologia tão avançada que era vista como mágica. Estas histórias são particularmente fortes dentro dos mitos das tribos nativas americanas.

Richard Wagamese, dos Primeiros Povos Wabaseemoong, escreve:

Meu povo fala do Povo das Estrelas que vieram até nós muitas gerações atrás. O Povo das Estrelas trouxe ensinamentos espirituais e histórias e mapas do cosmos, e ofereceram isto gratuitamente. Eles eram bondosos, amáveis e nos deram um grande exemplo. Quando eles nos deixaram, meu povo disse que houve uma solidão como nunca.

Se o Povo das Estrelas veio até Ojibway, para onde foram?  De onde vieram? Quem trouxe os ensinamentos até eles?  Que mágica científica eles tinham, a qual os permitiu fazer tal incrível jornada – e isto seria possível para nós?

O pacífico povo Hope acredita que seus ancestrais vieram das Pleiades e o comportamento geral dos Pleiadianos é refletido no estilo de vida Hopi. Poderia isto significar que a história de seu gênesis seria verdadeira?  Parece que sim.

Petrolito na Rocha da Lenda, próxima de Thermopolis, estado do Wyoming – EUA.

As lendas dos Dakotas fazem referência ao mesmo agrupamento de estrelas – que eles chamavam de Tiyami – como sendo o lar primordial de seus ancestrais.

Igualmente, os Crees acreditavam que num tempo antes da história, seus ancestrais chegaram das estrelas em forma de espírito, somente se tornando humanos na Terra.

As lendas nativas do povo Lakota falam de seres celestiais misteriosos que se manifestavam como esferas de luz, e muitas vezes escolhiam certas crianças para segui-los numa jornada através do espaço e tempo.

Os Nativos Americanos consideram de maneira espiritual a questão da visitação alienígena e até mesmo a abdução, como o autor de Plains Cree, Stephane Wuttunee, explica num artigo para o UFO Digest:

[Meu povo] dá muito mais atenção à procura pela compreensão espiritual das coisas, do que ir atrás da “verdade”, como as pessoas das culturas dominantes o fazem. Esta é parte da razão porque tendemos a nos afastar, ver ou escutar primeiro, ao invés de persistir com as questões ou tomar uma abordagem mais direta e dura.

Sendo criado numa comunidade muito integrada, Wuttunee ouviu cuidadosamente as histórias que foram passadas pelos anciãos de sua tribo. Muitas vezes eles falavam de “relacionamentos distantes e Povos das Estrelas, principalmente ao redor de fogueiras e durante cerimônias tradicionais”.  Wuttunee escreve:

Longe de ser algo a ser temido, o Povo das Estrelas era somente um outro termo com o qual eu cresci. Lembro escutar com espanto e fascínio o pensamento de que temos relacionamentos que viveram fora do nosso mundo, e algumas vezes eu falava com eles nos meus momentos de silêncio à noite. Eu queria saber quem eles eram e o como eles se pareciam, se eles tinham famílias como nós, etc. […] Não foi até mais tarde na minha adolescência que descobri que as pessoas das culturas dominantes estavam falando a respeito do mesmo “povo” que os meus anciãos falavam, embora os sensos de percepção de cada lado dessas pessoas parecia radicalmente diferente um do outro.

Você suspeita que estas palavras sejam o resultado de tradições antigas maculadas pelo recente fenômeno dos alienígenas do passado?  Parabéns por ser um pensador crítico, mas os nativos americanos têm mencionado a respeito de ‘escudos voadores’ por muito tempo.

Petroglifo Hopi mostrado Povos das Estrelas e seus “escudos voadores”.

Black Elk (1863-1950), um homem sagrado Oglala Sioux, que fez um tour com o Show do Velho Oeste de Buffalo Bill quando era jovem, descreveu uma de suas experiências, muito antes do fenômeno dos OVNIs ter sido banalizado pela imprensa corporativa:

Então, quando estava à procura de uma visão, aquele disco veio de cima. Os cientistas chamam isso de… Objeto Voador Não Identificado, mas isso é uma piada… Devido ao fato deles não serem treinados, eles perderam contato com a sabedoria, com o poder e com o dom.

Assim aquele disco pousou em cima de mim. Ele era côncavo, e havia outro em cima daquele.  Ele era silencioso, mas brilhava e acendia como luzes de neon. Até mesmo as túnicas lá eram luminosas…

Então, essas pessoas pequenas vieram, mas cada pequeno grupo falava uma língua diferente. Eles podiam ler as mentes, e eu podia ler a mente deles. Eu podia lê-los.  Assim, houve uma comunicação silenciosa. Você podia ler isso, como quando você lê símbolos silenciosos num livro.  Assim fomos capazes de nos comunicar… Eles são humanos, então dei as boas vindas a eles.  Eu disse, Bem-Vindos, Bem-Vindos…

Escrevemos aqui testemunho inequívoco de um personagem central na cultura Sioux, um homem legendário que era o primo de Crazy Horse (Cavalo Louco), nos contando sobre suas interações com seres extraterrestres a bordo de seus OVNIs luminosos.

Sem exceção, todas as tribos nativas americanas possuem uma conexão umbilical coma Mãe Terra. Eles se veem como os “cuidadores originais” de nosso planeta e lamentam o caminho da destruição, no qual atualmente trilhamos. Muitos personagens tribais veem isto como a razão primária por detrás do enfraquecimento da ligação entre a humanidade e o Povo das Estrelas.

Mas ao mesmo tempo, isto implica que uma mudança global em nossa atitude em relação ao lugar que chamamos de lar poderia reacender esta conexão que está minguando.

Assim, talvez seja aí onde todos os bons alienígenas estejam: fora de vista, esperando até que criemos juízo.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh