web analytics

Cientistas descobrem atmosfera ao redor de planeta similar à Terra, o qual pode abrigar vida

Um planeta similar à Terra, que está orbitando uma estrela de baixa luminosidade a 39 anos-luz de distância, tem uma atmosfera nebulosa, o que pode indicar que ele seja um mundo aquático, dizem cientistas. E esse planeta, chamado de GJ 1132b, pode ter uma atmosfera quente, perfeita para abrigar a vida.

Ele foi descoberto em 2015, mas esta é a primeira vez que os astrônomos foram capazes de detectar uma atmosfera ao redor de um pequeno planeta rochoso.

planeta similar à Terra

Alienígena: Acredita-se que o planeta, GJ 1132b, tenha água, e possa abrigar vida. (GETTY)

Antes disso, eles eram somente capazes de detectar atmosferas em planetas gasosos gigantes, os quais provavelmente não abrigam a vida.

Agora, uma nova geração de telescópios super potentes está tornado a procura por vida fora do nosso sistema solar muito mais provável de obter sucesso.

O planeta, que é uma “super-Terra”, foi observado ao passar na frente de uma estrela anã vermelha, bloqueando parte de luz dessa estrela.

O Dr. John Southworth, que liderou a equipe da Universidade de Keele, no Reino Unido, disse:

A detecção de uma atmosfera ao redor da super-Terra GJ 1132b marca a primeira vez que uma atmosfera foi detectada ao redor de um planeta similar à Terra, fora a própria Terra.

Com esta pesquisa, demos o primeiro passo para tentar estudar a atmosfera de planetas menores, similares à Terra.

Simulamos uma gama de possíveis atmosferas para este planeta, descobrindo que aqueles ricos em água e/ou metano explicariam as observações do GJ 1132b.

O planeta é significativamente mais quente e um pouco maior do que a Terra, assim uma possibilidade é a de que seja um ‘mundo aquático’ com uma atmosfera de vapor.

Ao mensurar a pequena diminuição no brilho da estrela, os astrônomos foram capazes de avaliar que o planeta tinha 1,4 vezes o tamanho da Terra.  Eles também descobriram que em uma banda de comprimento de luz, o planeta parecia levemente maior. Isto poderia ser explicado pela atmosfera que seria opaca para alguns comprimentos de onda, mas transparente para outros.

Agora os cientistas esperam analisar a composição química da atmosfera do exoplaneta, para procurar por sinais de vida.

Os cientistas também esperam descobrir novos sistemas planetários como o nosso para encontrarem vida alienígena.

n3m3

Fonte

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh