web analytics

Astronauta teria visto vídeo de corpos de alienígenas do acidente de Roswell

Um astronauta da Nasa teria assistido uma filmagem do famoso acidente de OVNI em Roswell, e visto corpos de alienígenas mortos.

O falecido Tenente Coronel Ellison Onizuka, que morreu na explosão do ônibus espacial Challenger em 1986, teria dito isto ao seu colega Clark C. McClelland.

McClelland, operador de naves espaciais da frota de ônibus espaciais da NASA, revelou sua conversa em um artigo que escreveu chamado “Alien Disclosure From an Astronaut” (Desacobertamento Alienígena de um Astronauta).

Teria Onizuka sido mostrado filme dos ETs mortos de Roswell?

Roswell tem estado no coração o tema OVNI desde julho de 1947, quando os militares anunciaram de forma sensacional numa liberação de imprensa que haviam encontrado os restos de um disco voador acidentado no deserto.

Mas no dia seguinte eles retiraram a declaração, dizendo que aquilo havia sido na verdade um balão acidentado da Força Aérea dos Estados Unidos.

Mais tarde, as testemunhas se manifestaram para dizer que haviam corpos alienígenas dentro da nave acidentada, e que estes, junto com os destroços, foram então levados para misteriosa Área 51, no estado de Nevada.

As teorias da conspiração ao redor destes eventos permanecem até hoje.

Clarck C. McClelland.

McClelland disse como ele soube a respeito da história bizarra quando ele e Onizuka conversavam durante uma missão preparatória de rotina na NASA. Ele ficou surpreso quando Onizuka perguntou sua opinião a respeito de vida extraterrestre inteligente. Ele escreveu:

(Onizuka) teve uma experiência surpreendente junto com outros engenheiros de voo aéreo espacial e pilotos da Força Aérea dos Estados Unidos, enquanto estavam em um treinamento militar na base McClellan da Força Aérea, aproximadamente 8 ou 9 anos antes de seu treinamento como astronauta.

Ele e seu grupo estavam nesta base para o treinamento especializado quando foram ordenados a reportar para uma sala de visualização.

McClelland alega que Onizuka descreveu ter ficado espantado quando o filme começou a mostrar o que parecia ser algum tipo de sala de exame médico, com pequenos corpos sobre um tipo de mesa. Ele adicionou:

As estranhas criaturas pequenas tinham o formato humanoide e pareciam similares àquelas descritas por supostas testemunhas do caso Roswell, que ocorreu no sudoeste dos Estados Unidos em 1947.

Todos eles tinham cabeças grandes, olhos enormes, torsos, braços e pernas delgados. Eles não pareciam ser de origem terrestre.

De acordo com McClelland, quando o filme terminou eles foram retornados ao seus trabalhos e não lhes foi dada uma oportunidade para discutirem o que havia acontecido.

McClelland diz que Onizuka especulou que isto poderia ter acontecido para testar o psiquê deles, afim de ver como eles reagiriam.

De acordo com McClelland, Onizuka teria dito:

Talvez isto tenha sido um teste psicológico planejado pela Força Aérea dos Estados Unidos por razões militares. A NASA pode ter avaliado isto para minha seleção como astronauta em 1978. Você sabe, qual seria realmente minha reação se eu visse um ser alienígena de verdade?

A dupla aparentemente concordou em se reunir futuramente para maiores discussões, mas então, em 8 de janeiro de 1986, Onizuka e 6 outros astronautas faleceram no desastre do ônibus espacial.

É claro, não há como conferir a veracidade do que McClelland relatou, pois ele o fez após a morte de Onizuka.

McClelland é conhecido por ter feito alegações estranhas no passado.

Uma vez ele disse ter visto um alienígena de 2,7 metros em roupa de astronauta interagindo com astronautas da NASA, enquanto ele estava monitorando isso a partir do Centro Espacial Kennedy no Cabo Canaveral, Flórida.

Ele também alega ter visto em outra ocasião um OVNI na parte traseira do ônibus espacial.

Porém, Ryan Sprague, autor de “Somewhere in the Skies: A Human Approach to an Alien Phenomenon” (Em Algum Lugar nos Céus: Uma Abordagem Humana para um Fenômeno Alienígena”, está preparado para dar a ele o benefício da dúvida.

Num blog sobre suas alegações a respeito de Onizuka, Sprague escreveu:

Por toda história da pesquisa moderna de OVNIs, tem havido muitos relatos de discos voadores acidentados e alienígenas mortos sendo enviados para destinos desconhecidos. Embora muitos desses relatos venham de testemunhas duvidosas e não tão confiáveis, há aquelas raras ocasiões quando a história se apoia nos ombros de indivíduos extremamente proeminentes e altamente credíveis.

Tal é o caso de Clark C. McClelland, esse operador de nave espacial da frota de ônibus espaciais da NASA.

Nigel Watson, autor do Manual de Investigações OVNI, disse ao Express.co.uk:

Desde a década de 1950 outras pessoas civis e militares também alegaram ter visto filmes ou documentos que provam que corpos de ETs e discos voadores foram recuperados.

Se estas histórias e as histórias de McClelland forem verdadeiras a respeito de filmes mostrando corpos de alienígenas, isto pode ter sido um teste feito pela Força Aérea e/ou outras agências, a fim de descobrirem as reações que eles teriam dos espectadores.

Na melhor das hipóteses, esta é uma história interessante, mas que ainda falta evidências sobre a existência de extraterrestres.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh