web analytics

Firma aeroespacial caçadora de OVNIs faz teste secreto na Estação Espacial

Bigelow Aerospace firmou um acordo com a NASA para continuar seus testes secretos de um novo módulo experimental a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).  Embora as recentes liberações de imprensa anunciando estes testes foram publicadas abertamente, o propósito final do módulo ainda permanece um mistério. A empresa tem estado calada sobre o módulo e seu uso a bordo da estação espacial, somente declarando que irão anunciar os detalhes numa data vindoura. O módulo é chamado Bigelow Expandable Activity Module (BEAM), e essencialmente é uma estação espacial inflável que pode ser acoplado à ISS. Ele foi levado até a estação espacial abordo da SpaceX Dragon no ano passado.

Quando os primeiros testes do BEAM/ISS foram anunciados, foi dito que nenhum astronauta da ISS entraria no módulo, exceto por quatro vezes pré-agendadas durante cada ano de seu período de testes de dois anos, e somente para assegurar que todos os sistemas estariam funcionando apropriadamente. Com nenhum astronauta da NASA sendo permitido a bordo, te faz pensar: O que poderia ter dentro do módulo?

Com tantos avistamentos de OVNIs ocorrendo ao redor da ISS, e devido o fato da Bigelow ter estado relacionada aos OVNIs no passado, não é inapropriado presumir que Robert Bigelow, que é aficionado por OVNIs, possa querer procurar por OVNIs no espaço.

A Bigelow Aerospace tem sido acusada de negociações ‘nas sombras’, ou pelo menos reticentes, relacionadas aos OVNIs no passado. Essas teorias foram abastecidas em parte por vários anúncios de normas feitas pela Administração da Aviação Federal dos EUA (FAA), a qual instruiu, não menos que três vezes, aos pilotos e equipes a direcionarem seus relatos de OVNIs direto às muitas organizações de pesquisa de Bigelow:

Pessoas que queiram reportar atividade de fenômenos não explicáveis/OVNIs devem contatar um centro de coleta de dados de fenômenos não explicáveis/OVNIs, tais como a Bigelow Aerospace Advanced Space Studies (BAASS) (voz: 1-877-979-7444 ou e-mail: [email protected]), o National UFO Reporting Center, etc.

Em 2009, Bigelow fez uma parceria com a MUFON, para criar uma unidade de reação rápida que poderia responder aos “casos de OVNIs de alto valor”, dentro de 24 horas de um avistamento.  Embora tenha havido muita especulação de que Bigelow estava tentando capturar e fazer engenharia reversa de um OVNI, a MUFON diz que estas acusações não passavam de teorias nocivas da conspiração:

Infelizmente, entusiastas dissidentes de OVNIs vieram com teorias da conspiração sem sentido sobre um acordo cooperativo e espalharam mentiras e desinformação sobre isto pela Internet.

Telespectadores da transmissão ao vivo da ISS constantemente avistam OVNIs além da estação.

Enquanto isto, este projeto da Bigelow permanecerá um mistério.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh