web analytics

Entrevista Forbes: diretor da MUFON faz declaração interessante sobre a Área 51 – Segunda Parte

Na primeira parte desta entrevista o diretor executivo da MUFON, Jan Harzan, falou sobre um encontro com OVNI dele próprio quando menino, bem como alguns avistamentos bem documentados, e Roswell, entre outras coisas.

Nesta segunda parte, entre outras coisas, ele faz uma declaração interessante sobre a Área 51 que já desconfiávamos, mas que sempre é bom ver alguém que está por dentro do assunto confirmar.

Segunda Parte:

MUFON

Embora possamos concordar ou discordar das ideias de Narzan, não há como dizer que elas não sejam interessantes.

 

Jim Clash: Sua série de TV Hangar 1 – como começou?

Jan Harzan: Em 2011, a MUFON foi abordada pelo produtor de TV Paul Villadolid, com um pedido para contar a história do que existe nos arquivos da MUFON. A MUFON tem mais de 100.000 casos de relatos de OVNIs que precisam ser compartilhados com todo o mundo. Esta informação é vital para o nosso crescimento como humanos e para a raça humana. Se algum dia formos nos tornar uma nação capaz de viajar pelo espaço, então a realidade de nossos vizinhos nos visitando precisa ser contada.  Trabalhando com a Go Go Luckey Produções, Paul e seu parceiro Doug Segal criaram 20 episódios ao longo de duas temporadas (2014, 2015) de Hangar 1 para o History Channel.  Estes eram casos reais de arquivos de casos reais da MUFON, e foram muito bem recebidos pelo público.

 

JC: Qual é a sua opinião sobre a Área 51 de Nevada em relação aos OVNIs?

JH: A Área 51 é uma base aérea ultra-secreta para a CIA e os militares testarem aeronaves super-secretas que estão anos à frente do que o público em geral conhece. Pelo que sabemos, não há OVNIs nem alienígenas na Área 51.  Há, porém, uma área logo ao sul chamada S4.  Com base em informações de pessoas que lá trabalharam, é ali que o trabalho em naves extraterrestres resgatadas ocorre.   Assim, quando o Presidente, ou outra autoridade proclamam orgulhosamente que não há OVNIs ou alienígenas na Área 51, eles podem estar tecnicamente corretos, porque estes estão na S4.  Se não há nada para esconder, então deveríamos ser permitidos de ir lá como cidadãos estadunidenses, bem como em qualquer outra base militar, certo?

 

JC: Quantos avistamentos de OVNIs são naves militares avançadas que o público não sabe a respeito?

JH: É difícil saber. Estou certo que pelo menos de 5 a 10 por cento, talvez mais, do que está sendo reportado a nós poderia de fato serem naves ultra-secretas construídas para a CIA e para os militares. Parece haver sinais do que seria nosso e do que seria deles (ETs).  Nossas naves são de aparência muito angular, com ‘encanamento’ externo, junções e protuberâncias no corpo da nave. Aquelas de origem extraterrestre são muito lisas e integradas, sem nenhuma junção ou rebites à mostra, e nenhuma protuberância.  Pelo menos esta é a nossa hipótese, com base  no que temos visto.

 

JC: Você acha que estamos fazendo engenharia reversa dos OVNIs?

JH: Com base na pesquisa que tenho feito, e nas pessoas com quem tenho falado, inclusive testemunhas em primeira mão, absolutamente sim!  Seria uma das mais altas prioridades da comunidade militar e de inteligência colocar suas mãos em discos voadores de origem extraterrestre. Uma fonte que nossos leitores podem conferir é do Coronel Corso. Em seu livro, “The Day After Roswell”, ele fala a respeito de ser encarregado da Divisão de Tecnologia Estrangeira no Pentágono, e ser responsável por obter tecnologia de discos acidentados nas mãos das melhores indústrias, para descobrirem exatamente do que são feitos e como funcionam.  Uma outra fonte é Bob Lazar, que alega ter trabalhado na S4, próxima da Área 51, em engenharia reversa de naves capturadas de ETs. Sua história tem sido conferida e re-conferida pelo repórter George Knapp, da KLAS-TV, e parece ser sólida. Há outros que se manifestaram para compartilharem suas histórias, embora como podemos imaginar, nossa comunidade de inteligência faz o melhor possível para tentar desacreditá-los.

 

JC: Quem são algumas das pessoas famosas que disseram ter visto OVNIs?

JH: Bem, meus dois favoritos são um Presidente e um dos astronautas originais do projeto Mercury: Jimmy Carter e Gordon Cooper. O Presidente Carter teve seu avistamento quando era governador da Georgia em 1969, numa palestra que ele estava dando no Lion’s Club.  Ele, mais uma dezena de outras pessoas, testemunharam uma luz azul intensa no céu, a qual ele não pôde explicar. O governador foi entrevistado por um investigador de OVNIs e seu relato foi preenchido com sua assinatura.  Este relato pode ser visto na Internet usando a frase “Jimmy Carter UFO report” no Google.  Com base nesta experiência pessoal com o OVNI, Carter jurou em 1975 que, se fosse eleito Presidente, iria tornar todos os arquivos OVNI do governo dos EUA disponíveis ao público. É claro, sabemos que isso nunca aconteceu.  Quem o parou?  Não seria o Presidente o homem mais poderoso do mundo?

A segunda pessoa e mais interessante são dois avistamentos que Gordon Cooper teve como piloto de Caça F86 de Força Aérea dos EUA sobre a Europa em 1951, onde ele foi perseguido por um OVNI.  Mais tarde, como Major na Base Aérea Edwards, no final da década de 1950, uma tripulação da qual ele estava encarregado filmou uma nave em formato de disco descendo na Base, estendendo seus trens de pouso e pousando. Tudo isto foi capturado em filme, bem como em fotos.  Se você quer saber o que aconteceu ao filme e às fotos, leia o capítulo 4 da autobiografia de Cooper, “Leap of Faith“. Basta dizer, todo este assunto é controlado rigorosamente pela comunidade de inteligência em conjunto com os militares dos EUA.  Nas palavras de Butch Cassidy e o Sundance Kid, “Quem são esses caras?” e o que é que eles não querem que você e eu saibamos?

 

JC: Como pode uma pessoa se tornar membro da MUFON?

JH: Simplesmente vá até o site, MUFON.com, e clique em “join”. Por US$ 4,99 por mês você pode ajudar a apoiar a pesquisa de OVNIs e ser um membro da equipe.

Certamente, uma das partes mais interessantes dessa entrevista é o fato de Harzan declarar que a Área 51 não é o local onde as tecnologias alienígenas estão sendo guardadas, mas sim na área conhecida como S4.

Para acessar a primeira parte desta entrevista, clique aqui.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh