web analytics

O Efeito Mandela e a bizarra história do filme que nunca existiu mas muitos lembram ter assistido

Vários leitores enviaram mensagens para que seja publicado um artigo a respeito do fenômeno conhecido como Efeito Mandela, que parece estar ocorrendo com muita frequência ultimamente.

Para aqueles que não sabem, o Efeito Mandela começou a ser alertado a respeito pela blogueira Fiona Broome, quando um grande número de pessoas tiveram a memória vívida de que Nelson Mandela havia morrido na prisão em 1990. Não é como se tivesse sido um boato que você ouviu e acreditou, mas sim uma lembrança real que as pessoas tiveram.  Bem, se você consultar a Internet e os canais de notícia, verá que o que está registrado é que ele morreu em 5 de dezembro de 2013, contrariando assim a vívida memória de muitas pessoas.

Mas este é só o fato que deu origem ao fenômeno que leva seu nome, pois hoje há inúmeras instâncias de vívidas memórias do passado por muitas pessoas, as quais estão registradas na mídia e na Internet de formas diferentes.  Para se ter uma melhor ideia do que é este fenômeno, veja abaixo um vídeo explicativo, e não perca a reportagem após o vídeo de outro exemplo muito interessante do fenômeno:

A bizarra história do filme que nunca aconteceu, mas muitos lembram ter assistido. Efeito Mandela?

Centenas de pessoas dizem lembrar de um filme clássico da década de 1990, estrelando o comediante estadunidense Sinbad, como um gênio da lâmpada – mas o problema é que o filme nunca existiu.

No início de dezembro (2016), o New Statesman publicou uma investigação sobre uma bizarra comunidade online de Redditors, cujos membros lembravam – e alguns em vívidos detalhes – um filme do início da década de 1990, no qual o ator Sinbad, também conhecido como David Adkins, interpretou um gênio que tornava realidade os desejos das crianças.

Meredith Upton, de 25 anos, morador da cidade de Nashville, que alega lembrar do filme, disse ao New Statesman:

Todas as vezes que vejo Sinbad em qualquer lugar da mídia, lembro dele interpretando um gênio.

Mas acontece que a história bizarra do filme de Sinbad como um gênio num filme nunca existiu.

Upton ainda disse:

Lembro o nome do filme como sendo Shazaam.  Lembro duas crianças acidentalmente evocando um gênio… e elas desejaram que seu pai se apaixonasse novamente após sua mãe ter falecido, e Sinbad não podia [realizar o desejo].

O único problema é, para a frustração de todos que dizem lembrar disso, não há evidência alguma de que o filme Shazaam foi feito. E muitas pessoas que dizem tê-lo assistido poderiam simplesmente ter tido uma memória coletiva falsa.

Christopher Chabris, co-autor de The Invisible Gorilla (O Gorila Invisível – tradução livre) e professor de psicologia, o qual tem pesquisado a respeito de memórias falsas, disse numa entrevista por telefone:

A memória fica distorcida, não é como um DVD… o estado natural da memória é o de mudar continuamente ao longo do tempo.

Todas as memórias, quando as retomamos, são construídas de coisas que têm sido armazenadas e estão de alguma forma nas nossas mentes. Esta coisa do Shazaam é um exemplo bem simples, ou pelo menos começa com um exemplo simples disso.  Parece que temos todos os carimbos de uma simples distorção de memória que resulta na construção de uma falsa memória.

Chabris acha que muitas das pessoas que insistem terem assistido Shazaam podem estar confundindo com Kazaam, um filme de 1996 que estrelou Shaquille O’Neal como um gênio que ajudava uma criança localizar seu pai.

Chabris ainda disse:

Teriam as pessoas inventado esta coisa de Sinbad do nada?  Claro que não; há algo muito similar que existiu.

Ele supõe que o filme de Shaquille poderia ter plantado uma semente, peças de uma memória que se “reconstruíram” numa falsa memória de Shazaam, quando as pessoas ouviram falar a respeito de um suposto filme de gênio com o Sinbad.

Mas aqueles que crêem, como Upton, insistem que o filme Sinbad foi real – e que eles não estão confundindo com o filme Kazaam

Uma pessoa que não quis se identificar disse ao New Statesman:

Sou uma das várias pessoas que especificamente nunca viu o filme Kazaam, porque parecia uma imitação ridícula do filme Shazaam, somente alguns anos após o primeiro ter sido lançado.

Aqueles que lembram do filme Shazaam lembram que houve dois filmes diferentes que foram lançados próximos um do outro.

Mas não somente não há registro algum do filme Sinbad ter existido, o próprio Sinbad foi até as redes sociais para insistir que o “assim chamado filme do gênio, Sinbad” nunca aconteceu.

Ator Sinbad teria sido 'vítima' do Efeito Mandela

Ator estadunidense Sinbad nega ter feito tal filme. Seria esta mais uma instância do Efeito Mandela?

Ele também sugeriu que as pessoas que acreditam que ele estrelou num “filme de gênio” poderiam estar lembrando de forma errônea os filmes de “Sinbad, o Marujo”, que ele estrelou em 1994.

Apesar de toda evidência ao contrário, as pessoas ainda insistem lembrar de Shazaam, e até mesmo sugerindo que ele existiu num universo paralelo, ou que nossa linha do tempo mudou retroativamente, e somente algumas pessoas percebem a verdade, reportou o New Statesman.

Uma pessoa que alega lembrar do filme Shazaam disse ao New Statesman que talvez a explicação para o “desaparecimento” do filme poderia estar conectado ao fato de estarmos vivendo numa simulação de computador.

Contudo, Chabris insiste que uma falsa memória que começou com somente uma pessoa pode se espalhar, e esta é a explicação provável…

Fonte das informações


Embora o especialista em memória afirme que tudo seja fruto da imaginação das pessoas, não há como negar que muitas das coisas mostradas no vídeo acima são intrigantes. Até eu tenho em minha memória registro de coisas diferentes do que são mostradas hoje.

E você, acha que o Efeito Mandela é fruto de nossa imaginação fértil, ou seria algo real, possivelmente resultado de alguma anomalia temporal, ou até mesmo algum tipo de estranho ‘cruzamento’ de universos paralelos?

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh