web analytics

Esta pode ser nossa melhor chance para saber se estrela estranha realmente contém uma estrutura alienígena

Renderização de uma Esfera de Dyson.

Renderização artística de uma Esfera de Dyson.

Desde que foi primeiramente sugerido que a estrela conhecida como KIC 8462852 poderia ser uma Esfera de Dyson, os astrônomos associados com a procura por inteligência extraterrestre (SETI) têm estado de olho naquele sistema por sinais de alienígenas. Agora, o programa da SETI — Breakthrough Listen, da UC Berkeley — está se unindo à caçada também.

A estrela KIC 8462852, também conhecida como Estrela Tabby, mas melhor conhecida como “megaestrutura alienígena”, tem cativado as imaginações de astrônomos e de entusiastas por aproximadamente um ano. A estrela está agindo de forma muito estranha; sua luminosidade decrescendo por até 22 por cento em intervalos aleatórios, e depois retornando ao normal.  A quantidade de luz total da estrela tem decrescido vagarosamente com o tempo.

Nenhum desses dois fenômenos é fácil de ser explicado por si mesmos, e juntos, eles deixam os astrônomos estupefatos e propondo todos os tipos de cenários improváveis.  Talvez o brilho da estrela esteja sendo obstruído por uma ‘enxame’ de cometas, ou pelos restos de um planeta despedaçado.  Ou, talvez, o brilho da KIC 8462852 está decrescendo porque uma civilização avançada esteja no processo de construir uma enorme estrutura de captação de energia da estrela.  Você pode imaginar com qual desses cenários o mundo ficaria obcecado.

radio-telescopio-west-virginia

Observatório Green Bank.

Até agora, toda a procura por sinais artificiais dessa estrela não retornaram resultados. Ainda, os astrônomos do SETI da UC Berkeley, que recentemente receberam um investimento de US$100 milhões do bilionário Yuri Milner, não podem esperar até darem uma olhada por si mesmos.

Por três noites, nos próximos dois meses, uma equipe liderada por Andres Siemion, da Berkely, irá focar na KIC 8462852, usando o Observatório Green Bank, na zona rural do estado da Virgínia Ocidental (EUA), o qual Siemion descreve como “o maior radio telescópio no planeta que pode ser esterçado”.  Em outras palavras, se houver sinais interessantes emanando dessa região do espaço, o Observatório Green Bank é a nossa melhor chance de detectá-los.

Siemion declarou:

“Implementamos um fantástico novo instrumento SETI, o qual conecta àquele telescópio e pode procurar por muitos gigahertz de bandas simultaneamente, bem como muitos, muitos bilhões de diferentes canais de rádio ao mesmo tempo.”

Dan Werthimer, cientista chefe do Berkely SETI, admitiu que as chances de encontrar alienígenas é pequena:

“Não acho ser muito provável – uma chance em um bilhão, ou algo assim – mas, mesmo assim, iremos conferir.  Mas acho que os ETs, se algum dia forem descobertos, poderiam ser algo assim. Serão alguma coisa bizarra que alguém encontrou por acidente.”

De uma forma ou de outra, o SETI não vai nos manter esperando por muito tempo. A procura já começou.

Contudo, considerando o artigo já publicado aqui no OVNI Hoje, o qual informou que outros cientistas encontraram 234 sinais de luz sendo emitidos de um sistema solar ao outro, indicando uma possível comunicação entre civilizações extraterrestre, é bem provável que o SETI esteja desperdiçando tempo e dinheiro procurando por sinais de rádio.  Possivelmente, os sinais de rádio já são uma coisa do passado para alienígenas avançados, e mesmo os sinais de rádio emitidos por civilizações mais atrasadas, como a nossa, provavelmente são dissipados ao viajarem pelos diferentes campos de radiação, raios gama, etc., do espaço interestelar.

De qualquer forma, a busca oficial continua, embora muitos digam que não seja necessária, pois os ETs já têm estado aqui há séculos, se escondendo de nós, trogloditas.

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh