web analytics

Estranhos ‘blackouts’ de satélites estão ocorrendo no “Triângulo das Bermudas Espacial”

Em 2013, a Agência Espacial Europeia (ESA) lançou três satélites ‘Swarm‘ numa missão altamente experimental, para observar e analisar o campo magnético da Terra.  Até agora, sua missão tem sido, pela maior, parte um sucesso: No início deste ano, a ESA liberou dados, os quais mostraram que o campo magnético da Terra estava misteriosamente enfraquecendo por razões desconhecidas, e até mesmo foi encontrada uma relação entre as marés do oceano e as flutuações magnéticas.  Para adicionar ainda mais mistérios às descobertas do satélite, os cientistas da ESA estão intrigados por uma estranha anomalia desde o lançamento da missão Swarm.

Por anos, os cientistas têm notado que os três satélite têm um blackout que ocorre regularmente ao passarem por certos pontos do equador terrestre.  Este misterioso ‘Triângulo das Bermudas do Espaço” causou com que os satélites perdessem o sinal de GPS em todos os seus oito canais receptores, 166 vezes nos primeiros dois anos em órbita.  Uma variedade de soluções e teorias foi testada, mas sem sucesso; porém agora a equipe de pesquisadores atmosféricos acredita ter identificado a causa: Poderosas tempestades de íons na atmosfera superior.

De acordo com os dados publicados no periódico Space Weather, os pesquisadores acreditam que as, assim chamadas, irregularidades de plasma equatorial, causam um ionização rápida da ionosfera, que é o campo elétrico da Terra:

Os satélites Swarm, da ESA, foram lançados para estudar o campo eletromagnético da Terra.

Os satélites Swarm, da ESA, foram lançados para estudar o campo eletromagnético da Terra.

“Nossos resultados mostram que os satélites Swarm encontraram a maior parte da perda total de sinal de GPS nos picos da anomalia de ionização, entre ±5° e ±20° de latitude magnética, formando duas bandas entre o equador magnético, e estes eventos de baixa latitude aparecem principalmente ao redor das horas do pôr do Sol, das 19h00 às 22h00, horário local.  Conferindo mais além as medidas de densidade de elétrons in situ, descobrimos que praticamente todos os eventos de perdas de sinal de GPS em baixas latitudes estão relacionadas às irregularidades do plasma equatorial.

“Estas irregularidades de plasma equatorial perturbam a densidade dos elétrons na atmosfera exterior, perturbando os sensíveis aparelhos eletrônicos abordo dos satélites.  A ionosfera é criada pela radiação ultravioleta do Sol, assim acredita-se que estas perturbações iônicas ocorram naturalmente, imediatamente após o pôr do Sol, uma vez que a radiação se dissipa.”

Uma vez mais, os dados agregados pelos satélites Swarm continuam a demonstrar que a ciência somente arranhou a superfície das surpreendentes descobertas que estão à nossa frente neste misterioso Universo.

n3m3

Fonte

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh