web analytics

Asgardia: A primeira nação espacial começa a recrutar cidadãos

Esqueça esta história do Reino Unido deixar a União Europeia; que tal se lá os cidadãos deixassem o planeta, junto com cidadãos de outros países, para se tornarem cidadãos do espaço?

A ideia parece ter vindo de um filme da série Jornada nas Estrelas, mas um grupo de cientistas quer começar uma nação independente no espaço, chamada de ‘Asgardia’, e eles estão recrutando cidadãos.

O Dr. Igor Ashurbeyli, fundador o Centro Internacional de Pesquisa Aeroespacial, revelou os planos para a Asgardia esta semana – e diz que espera lançar o primeiro satélite no ano que vem.

asgardia

Uma vez que o satélite robótico seja lançado, o cientista espera lançar uma estação espacial, “onde as pessoas podem viver, trabalhar, e ter suas próprias regras e leis”.

O site da Asgardia está aberto para registro agora – e o cientista espera recrutar 100.000 cidadãos.

O Dr. Ashurbeyli diz:

“Asgardia é uma nação completa e independente, e um membro futuro das Nações Unidas – com todas as atribuições que esta situação confere.  A essência de Asgardia é ‘Paz no Espaço’, e prevenir que os conflitos da Terra sejam transferidos para o espaço.”

Cansado da Terra, recrute-se: http://asgardia.space/join

Mas será que já temos tecnologia para agregar 100.000 pessoas no espaço?

n3m3

Fonte

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh