web analytics

Confirmado: O homem está indo para Marte!

AGORA É OFICIAL!  Senadores Republicanos e Democratas aprovaram uma lei bipartidária que irá fornecer à NASA a extraordinária soma de U$19,5 bilhões.  Sua meta: Uma missão tripulada até a superfície de Marte.

Após especulações e dúvidas, parece que os senadores Republicanos e Democratas concordaram com uma coisa: Temos que ir até Marte.

Eles concordaram que viajar até Marte é de grande importância e deram a luz verde, aprovando uma lei que irá dar a extraordinária quantia de US$ 19,5 bilhões para a continuidade dos trabalhos da NASA em sua missão até Marte.

Além disso, para ajudar a agência espacial pavimentar seu caminho até Marte, a lei recém aprovada também irá incluir o apoio contínuo do programa de envio de astronautas em foguetes privados até a Estação Espacial Internacional, sendo lançados do solo estadunidense.

homem-em-marte

De acordo com o jornal USA Today, o Senado também vê esta lei com uma forma de bloquear o(a) próximo(a) presidente de mexer com o programa espacial dos EUA.

Segundo o senador Republicano, Ted Cruz, patrocinador líder da lei:

“Temos visto no passado a importância da estabilidade e previsibilidade na NASA e na exploração espacial – que toda a vez que há uma mudança na administração, temos visto o caos que pode ser causado através do cancelamento de grandes programas.  O impacto sobre a perda de empregos, o impacto em termos de dinheiro desperdiçado têm sido significante.”

Porém, o Senado não está dando dinheiro para que a NASA possa sair por aí explorando.  Na verdade, a lei é considerada como um desafio, o qual requererá que a NASA faça uma missão oficial para enviar astronautas até a superfície do planeta vermelho dentro dos próximos 25 anos.

Um grande passo, de acordo com muitos

A lei está dividida em diferentes componentes.  US$ 4,5 bilhões serão destinados à exploração, por volta de US$ 5 bilhões para operações espaciais e aproximadamente US$ 5,4 bilhões para ciência.

Falando sobre a lei e a exploração espacial, o Senador da Flórida, Bill Nelson, um Democrata sênior do Painel do Comércio disse:

“Cinquenta e cinco anos após o Presidente Kennedy desafiar a nação para colocar um homem na Lua, o Senado está desafiando a NASA para colocar humanos em Marte. As prioridades que demos à NASA nesta lei marca o começo de uma nova era do voo espacial dos EUA.”

Dentre as muitas coisas que os senadores Republicanos e Democratas discordam, parece que a exploração espacial e Marte são algumas das coisas que eles conseguem concordar, justificando os US$ 19,5 bilhões como uma forma de salvaguardar os programas espaciais dos Estados Unidos durante uma era onde outros países como a China e Rússia, entre outros, possuem grandes planos para a Lua, a mineração de asteroides e Marte.

A lei foi passada após Elon Musk, o cérebro por detrás da SpaceX e da Tesla Motors, dizer que a viagem interplanetária e até o espaço profundo serão as duas metas principais da SpaceX.

n3m3

Fonte

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh