web analytics

Meteoro pode ter atingido o avião da EgyptAir

Imagem meramente ilustrativa.

Imagem meramente ilustrativa.

Em 17 de maio, o Complexo Okno de Vigilância Espacial Optoeletrônica, no Tajikistan enviou um alerta à ADF de que tinha detetado/descoberto um asteroide se aproximando da atmosfera terrestre sobre a América do Norte, à uma velocidade estimada de 67.000 km/h, e uma massa de entre 8.000 a 10.000 toneladas.

Ao ser alertado desse evento pelo Okno, o relatório diz que a ADF redirecionou um satélite Konopus para observar este objeto espacial, e que detetou sua entrada na atmosfera acima do nordeste dos Estados Unidos – sendo o bólido capturado em vídeo pela polícia estadunidense no estado de Nova Iorque, e descrito como sendo uma bola de fogo espetacular.

Vídeo: Plattsburgh PD

Após o bólido ter atingido a atmosfera sobre a América do Norte, o relatório diz que ele se quebrou em muitas partes, com algumas sendo ejetadas em uma trajetória de órbita mais alta, e o pedaço maior caindo de volta na Terra menos de 24 horas mais tarde, quando, em 18 de maio, sobre a Argentina explodiu  ao reentrar na atmosfera, causando estrondos.

Veja abaixo o vídeo do bólido explodindo no céu de Pinamar, na Argentina:

Vídeo: Pinamar TV

Com dezenas de milhares de fragmentos, estimados entre 5 a 60 centímetros, ainda esperados a entrar na atmosfera da Terra entre 18 e 20 de maio, o relatório diz que tanto dados do Okno, quanto do satélite Kanopus, determinaram que as regiões mais prováveis de serem afetadas por estes destroços espaciais seriam entre a Groenlândia e Austrália, devido à órbita original norte-sul deste meteoro.

Como um número de sistemas de mísseis superfície-ar S-400 estão atualmente espalhados pela Síria, e levando em consideração sobre o receio de que os pedaços maiores deste meteoro queimando na atmosfera poderiam ativá-los se caíssem próximos dos radares, o relatório diz que a Força de Defesa Aérea – ADF enviou um alerta aos comandantes destas forças, alertando-os do que poderia ocorrer.

Menos de 48 horas após o alerta da ADF , o relatório diz que o Voo 804 da EgyptAir, enquanto estava sobre o Mar Mediterrâneo a caminho do Cairo, saindo de Paris, aparentemente voou para dentro de uma chuva de pedaços do meteoro, onde foi atingido, causando uma descompressão explosiva de sua estrutura, o que acabou matando todos os 66 passageiros e tripulação.

Este relatório ainda diz que o primeiro alerta sobre o acidente desta aeronave foi recebido a partir de um navio mercante grego, o qual relatou que sua tripulação havia testemunhado um clarão no céu por volta do mesmo horário que o Voo 804 desapareceu (Isto é muito similar ao relato dos pilotos espanhóis que viram um “intenso clarão” na área onde o Voo 447 da Air France caiu na costa do Brasil, em primeiro de junho de 2009, matando todos os 228 passageiros, cuja especulação de que esse voo também havia sido abatido por fragmentos de meteoros foi levantada).

Também importante notar sobre a conclusão deste relatório, onde especialistas do Ministério da Defesa (Reino Unido) declaram que os EUA foram alertados pela ADF, que quando o alerta foi emitido para os comandantes dos S-400 [comandantes russos e estadunidenses conversam diariamente] sobre a possibilidade de seus encontros com fragmentos do meteoro, estes escolheram não dar atenção, ou nem passar as informações para seus aliados – o que é compreensível, quando considera-se o aumento de meteoros atingindo a Terra, fato este inexplicável até agora, tornado também as aeronaves alvos.

Vale notar que talvez aquilo que os dois pilotos turcos viram, relatado na reportagem de ontem aqui no OH, possa ter sido na verdade um fragmento do bólido.

n3m3

Fonte: whatdoesitmean.com

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh