web analytics

Por onde ‘eles’ chegarão?

OVNI chegando na TerraResposta: Pelo céu do sul.  O fato se tornar incontroverso uma vez que você estude Sitchin.  Ele apontou que a NASA localizou um enorme objeto negro nos céus do sul, e uma recente reativação de telescópios na Argentina e no Chile parecem indicar um renovado interesse naquela porção do céu.

Assimilar todas as descobertas está realmente além da habilidade de qualquer pessoas; porém, uma equipe dedicadas poderia unir todas as informações relevantes.  Embora a informação seria necessariamente classificada como sendo ultra secreta, Sitchin de fato colocou todos os segredos no Earth Chronicles (Crônicas da Terra).

Agora depende de nós para remontar nossa própria compreensão do que somos como uma espécie chamada de humanos, assim poderemos, como Sitchin dizia, “estar mais preparados para quando os anunnakis chegaram“.

Muitos de nós nunca viajarão pelo mundo todo para visitar observatórios da antiguidade. Porém, Sitchin viajou, e o que ele descobriu a respeito da colocação destes observatórios na superfície da Terra é também impressionante. Todos os observatórios estão inclinados para o hemisfério sul.  Eles também estão na mesma latitude terrestre.  Em seu último livro aprendemos que muitos destes laboratórios conseguem mensurar precisamente o nascer e o por, tanto do Sol quanto da Lua, com uma precisão ímpar não conseguida por qualquer equipamento de mensuração moderno.

Os campos da astronomia e da astrologia são perfeitamente explicados por Sitchin, o qual mostra que o conceito de “Tempo Divino” foi algo que estes antigos sacerdotes astrônomos criaram para preverem a chegada de seus criadores. Tese forçada, com certeza, mas quando a lógica e a paciência são fornecidas às conclusões de Sitchin, você pode chegar à percepção de que a humanidade tem sido enganada quanto a suas reais origens.

A pesquisa bioquímica é especialmente inquietante.  Toda a estrutura do nosso DNA é como uma cápsula de contato de liberação com o tempo.  Quando fomos originalmente programados, nossa estrutura básica de DNA era limitada a um filamento de espiral dupla.  O mecanismo de disparo que nos permite funcionar como fazemos agora é afetado pela radiação estelar.

Estamos agora num lugar em órbita ao redor do centro da nossa galáxia, onde as frequências de rádio do centro da galáxia, bem como muitos outros sistemas estelares, estão nos comunicando novas informações.  A liberação desta informação, de acordo com Sitchin, coincide com a chegada do 12º planeta.

A tentativa do governo de construir o Laboratório Espacial Freedom será almejada a conferir onde anda Nibiru (o 12º planeta).

A grande questão, claro, é o que estas coisas, as quais temos confundido com deuses, pensam de nós?  No passado não fomos dados os mesmos poderes que eles tinham, mas como resultado de milhares de anos de seleção genética, temos de alguma forma nos tornado similares a deuses.

A maioria das linguagens antigas foram decifradas, e foi descoberto que as 22 cartas dos Hebreus contêm informações baseadas em sistemas de geração de luz.

Nossa compreensão dos campos de força toroidal, da série de Fibonacci, fractais e dos espaços abertos de vetores topológicos têm sido expressada na linguagem da matemática. Campos estelares começam a parecer mais como impressões geradas por computadores, do que pontos aleatórios de luz no céu noturno.

Se há algo que Sitchin definitivamente conseguiu, é expandir isso para a imaginação humana.

As culturas legendárias de Atlantis e Lemuria não mais parecem fantásticas, mas sim como esforços de outras raças para sobreviverem no planeta Terra. O projeto SETI, a procura oficial do governo dos EUA por Inteligência Extraterrestre foi cancelada, e então reativada por um consórcio privado de empresas.

A sonda mais recente até Marte desapareceu completamente.

A resposta dada para estes enigmas não são satisfatórias quando comparadas com a evidência de que outra raça de pessoas está vindo visitar nosso planeta, como aparentemente eles já fizeram no passado.  Lembre-se, a Terra demora um ano para dar uma volta ao redor do Sol. Nibiru leva 3.600 anos, de acordo com Sitchin.  Assim, um ano para os nibiruanos é igual a 3.600 anos da Terra.

Ele completou toda a sua pesquisa e disse para nos preparar para o retorno dos nossos criadores. O trabalho de Zecharia Sitchin é, sem dúvida, a cosmologia de mais mente aberta disponível até hoje.  Além disso, ele parece imutável academicamente falando.

n3m3

Fonte: locklip.com

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh