web analytics

A câmera que pode mudar a maneira de tirar fotos de OVNIs e fantasmas

Reflexo de OVNIUma resposta padrão para fotos de OVNIs, fantasmas e outros fenômenos inexplicáveis é: “É somente um reflexo”.  Isto logo poderá mudar.  Uma nova câmera pode remover essa dúvida através da identificação e remoção de reflexos de fotos digitais.

Pesquisadores do Laboratório de Mídia do Instituto Massachusetts de Tecnologia (MIT) começaram com a ideia de que poderia ser possível de tirar múltiplas fotos super rápidas da mesma imagem, o que mostraria pequenas diferenças no reflexo, o que um computador poderia detectar e remover.  Ayush Bhandari, aluno PhD do MIT e autor do estudo, disse que isto é impossível.

“Você não pode fisicamente fazer com que uma câmera capte múltiplos reflexos. Isso significaria que você tira fatias do tempo tão rapidamente que [a câmera] na verdade começa a operar na velocidade da luz, o que é tecnicamente impossível.  Assim, qual é o truque? Usamos a Transformada de Fourier.”

O que?  Em termos simples, a Transformada de Fourier é uma forma de desconstruir um sinal ou função do tempo dentro das frequências que o constituem – neste caso, a amplitude e a fase.  Isto é uma melhoria substancial sobre o uso de sensores convencionais de luz, os quais somente mensuram a intensidade da luz.

Sendo eles geeks da MIT, Bhandari e sua equipe criaram sua câmera de remoção de reflexo hackeando uma Xbox Kinect da Microsoft – uma câmera para o Xbox 360.  Sendo eles alunos de uma universidade que não quer ser processada, notificaram o departamento de Pesquisa da Microsoft, o qual os ajudou com o projeto.

Os pesquisadores primeiramente iluminaram objetos através de uma janela e mensuraram o tempo de chegada da luz refletida pelo vidro e pelos objetos.  A Microsoft os mostrou como modificar a Kinect para usar somente certas frequências de luz e como mensurar a intensidade dos reflexos.  Adicione à receita um algoritmo de recuperação de fase que ganhou um prêmio Nobel, e voilá!

Câmera Kinect da Microsoft.

Câmera Kinect da Microsoft.

Os pesquisadores desenvolveram uma câmera que emite a luz somente em frequências específicas e mensura a intensidade dos reflexos.  Essa informação, junto com o conhecimento do número de diferentes refletores posicionados entre a câmera e a cena de interesse, permite aos algoritmos dos pesquisadores deduzirem a fase da luz que retorna e separarem os sinais das diferentes profundidades.

Como isto funciona:

A câmera precisou mensurar 45 frequências, para assim eliminar o reflexo, o que levou um minuto inteiro de tempo de exposição.  Mas ela funcionou e usou uma câmera de fabricação em série.  Peritos que analisaram os resultados predizem que o tempo será reduzido e a tecnologia melhorada, e provavelmente incorporada em algumas câmeras para os consumidores.

O que isto significa para os fotógrafos de OVNIs, fantasmas e do paranormal?  Eliminar a reposta cética de que “é somente um reflexo”, trazendo-os um passo mais próximo da legitimidade.

n3m3

Fonte: mysteriousuniverse.org

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh