web analytics

Asteroide de 80 mil toneladas pode raspar a Terra no começo do mês


De acordo com modelos orbitais a rocha pode cruzar a alta atmosfera da Terra abaixo da linha dos satélites geoestacionários. A distância de aproximação máxima é tão pequena que o asteroide pode até ser visto a olho nu em locais de céu limpo.

asteroide_2013tx68_1_20160210-074401

Orbita do asteroide 2013 TX68: Com muitas incertezas, modelos mostram que a menor aproximação pode ser de 22 mil km. A melhor solução aponta para 493350 km.

Batizada de 2013 TX68, a rocha atingirá o ponto de menor aproximação da Terra no dia 5 de março, às 16h15 BRST.

Há muitas incertezas sobre a orbita do asteroide, o que torna difícil o cálculo da distância exata da aproximação. De acordo com o JPL, Laboratório de Propulsão a Jato, da Nasa, a janela de aproximação varia entre longínquos 14 milhões de km e perigosos 22 mil km, sendo que a melhor estimativa mostra que o asteroide passará a 493350 km de distância.

A olho nu
2013 TX68 tem cerca 40 metros de comprimento e pesa 80 mil toneladas. Se passar pela Terra no limite inferior da previsão, a 22 mil km, poderá ser visto sem auxílio de binóculos em locais de céu escuro, lembrando que o momento da aproximação máxima será no período da tarde aqui no Brasil.

Risco de Impacto
A velocidade de deslocamento de 2013 TX68 é de 52 mil km/h. Se atingisse a Terra, liberaria a mesma energia que 2 mil toneladas de TNT, suficientes para fazer um bom estrago sobre uma cidade. No entanto, a distância mínima calculada mostra que os riscos de impacto são muito pequenos.

Apolo11.com – Todos os direitos reservados

Colaboração: SENAM

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh