web analytics

Fatos sobre o tempo que irão ‘machucar’ o seu cérebro

tempo

 

Embora não tenha muito a ver com o tema do OH, aqui estão alguns fatos interessantes sobre o tempo:

A passagem do tempo é mais rápida para a sua face, do que para seus pés (quando você está em pé).  A teoria da relatividade de Einstein declara que quanto mais próximo você está do centro da Terra, mas lentamente o tempo passa – e isto já foi mensurado.  Por exemplo, no topo do Monte Everest, um ano seria aproximadamente 15 microsegundos mais curto do que ao nível do mar.

Um segundo não é o que você considera ser.  Tecnicamente, ele não é definido como 1/60 de um minuto, mas sim como “a duração de 9.192.631.770 períodos de radiação consistentes à transição entre dois níveis hiper finos do estado do átomo de caesium 133”.

Quando os dinossauros reinavam na Terra, havia aproximadamente 370 dias num ano.  A rotação da Terra está ficando mais lenta devido à gravidade da Lua estar agindo como um arrasto, assim os dias estão ficando mais longos, mas somente por 1,7 milisegundos por século.

Esta agora é boa: no planeta Mercúrio, um dia tem a duração de dois anos.

Não existe o “agora”, de acordo com a física.  O espaço e tempo são como fluído, afetados pela gravidade e pela sua velocidade.  Albert Einstein colocou assim: “Para nós físicos, a distinção entre o passado, presente e futuro é somente uma ilusão, porém persistente“.

Já que a luz demora para nos alcançar, tudo que vemos está no passado.  O Sol que você vê no céu é de 8 minutos e 20 segundos atrás.  A luz de nossa estrela mais próxima, a Proxima Centauri, tem 4 anos de idade.

Novas experiências certamente parecem ser mais longas na memória do que as experiências familiares.  Isto é conhecido como o “efeito oddball”, e ele parece ser o porquê do tempo parecer estar indo mais rápido à medida que ficamos mais velhos – já que mais coisas são familiares a você.

O relógio mais preciso já construído é o relógio de estrôncio, que é preciso dentro de um segundo em 15 bilhões de anos.

A coisa mais velha reconhecida no Universo é uma galáxia chamada de z8_GND_5296.  Ela tem 13,1 bilhões de anos – somente 700 milhões de anos mais nova do que o próprio cosmos.

A causa do porquê dos relógios mostrarem a mesma hora por todos os países é o que torna o horário de trem possível.  Até o século XIX, as cidades ajustavam seus relógios pelo horário local, ou meio-dia, assim os relógios em Bristol estariam 11 minutos atrasados quando comparados aos de Londres.  As pessoas perdiam o horário de seus trens, assim as empresas ferroviárias começaram a usar o padrão, baseado no horário de Londres (Reino Unido), iniciando com a empresa Great Western Railway em 1840.

O tempo pode estar reduzindo sua velocidade, até pausar por completo.  Galáxias distantes parecem estar se movendo mais rápidamente do que as mais próximas, o que significa que o cosmos está acelerando à medida que expande.  A teoria normal para clarificar isso diz que há uma força misteriosa no Universo, conhecida como “energia escura”.  Mas um físico espanhol sugeriu uma alternativa, de que as galáxias mais longínquas somente parecem estar se movendo mais rápido, porque no passado o tempo era mais rápido.  Se ele estiver correto, em alguns bilhões de anos, “tudo será congelado, como uma foto de um instante, para sempre”.

Na próxima semana, seu relógio estará um segundo atrasado.  O fato de que o giro da Terra está desacelerando, e consequentemente os dias estão mais longos, significa que nosso dia de 24 horas está desregulado.  De tempos em tempos, o Serviço Internacional de Rotação da Terra, o órgão que padroniza o tempo astronômico, adiciona um segundo ao relógio, para manter as coisas consistentes.  A última mudança do relógio foi em 30 de junho de 2015.

n3m3

Fonte: www.physics-astronomy.com

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh