web analytics

New Horizons passa “ao lado” de Plutão

Plutão

Plutão. Foto: New Horizons – NASA (clique na foto para ampliá-la)

New Horizons, a espaçonave mais rápida já enviada ao espaço, fez história ontem ao passar a não mais do que 48.000 km de Plutão, tirando fotos e coletando dados.

As imagens impressionantes tiradas pela sonda mostram pela primeira vez que Plutão é avermelhado, como Marte.

Os cientistas estavam esperando encontrar um mundo gelado e escuro, mas a primeira foto aproximada enviada pela sonda mostra uma tonalidade de ‘ferrugem’.

A NASA postou a impressionante imagem de Plutão no Instagram, tirada pela sonda à uma distância de 761.000 km.  Esta é a foto mais próxima de Plutão já obtida pela NASA.

Ela claramente mostra um planeta anão, com uma tonalidade surpreendentemente parecida com a de Marte, e uma característica enigmática no formato de coração em sua superfície, que já se tornou o ‘cartão de visitas’ de Plutão na Internet.

A missão de nove anos até Plutão alcançou seu clímax na terça-feira, quando a New Horizons passou mais próxima do planeta anão, antes de ir para a periferia do sistema solar, ou Terceira Zona.

Quando a New Horizoons foi lançada em 2006, Plutão ainda era classificado como um planeta, mas somente alguns meses depois ele foi rebaixado para ‘planeta anão’, ou ‘plutóide’, e agora é oficialmente conhecido como ‘asteroide 134340’.

Sua passagem por Plutão na terça-feira deveria ter marcado a finalização do mapeamento do Sistema Solar pelo homem, mas ao invés disso, será lembrada como o começo da exploração da “Terceira Zona”, também conhecida como o Cinturão Kuiper, que é uma gigantesca banda ainda não mapeada de detritos planetários deixados pela formação do sistema solar há 4,56 bilhões de anos.

Veja a reação da equipe da NASA ao alcançar a meta:

Vídeo viaCNN

n3m3

Fonte das informaçõeswww.telegraph.co.uk

Colaboração: Fernando Ramos, João Brito

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh