web analytics

Militar estadunidense recomenda DEFCON 1 devido ameaça iminente àquele país

Aqui está um assunto que (talvez) não tem nada a ver diretamente com o nosso tema, contudo é de suma importância para todos e deve ser divulgado.  Abaixo está a tradução de um artigo de Aaron Gardner, que foi publicado no site redstate.com, com alguma anotações feitas por mim, onde apropriadas:

No sábado passado, o ‘Tenente General’ aposentado McInerney (que é um cargo militar nos Estados Unidos dado ao segundo em comando no campo de batalha) apareceu em entrevista para a FoxNews, onde ele emitiu um alerta assustador sobre uma horrível e eminente possível ameaça àquele país.  Citando um livro que ainda está para ser publicado por uma “importante rede de notícias” não divulgada, o General predisse sobre um revelação “abaladora” que irá prenunciar um grande evento antes ou em 11 de setembro deste ano.

Veja abaixo a entrevista em inglês:

Fonte do vídeo: Digitas Daily

Logo antes do segmento acima, a apresentadora da FoxNews, Uma Pemmaraju e o Tenente General McInerney falaram sobre a segurança nas fronteiras daquele país, a ameaça do ISIS (sigla em inglês para Estado Islâmico no Iraque e na Síria) na Síria e no Iraque, e a relação entre estes casos.  Pemmaraju então perguntou ao militar aposentado sobre o que suas fontes estavam lhe contanto. Foi quando o militar declarou:

“Em 7 de setembro, uma grande rede de notícias e uma grande rede editora irão lançar um livro, e o que está acontecendo e aconteceu irá abalar o mundo.  O fato é que podemos ver um 11/9/2014 mh-370 surgir novamente.  Devemos estar preparados para qualquer coisa; deveríamos entrar em DEFCON 1, nosso mais alto estado de alerta, e estarmos preparados à medida que nos aproximamos de 11 de setembro.”

Pois bem, os Estados Unidos nunca entrou em DEFCON 1 pelo simples fato de que isso significaria que a guerra nuclear seria iminente.  O mais perto que ele chegou foi DEFCON 2, quando houve a Crise de Mísseis de Cuba, na década de 1960.  Se os informantes de McInerney estão lhe contando a verdade, e realmente for necessário entrar em DEFCON 1, então é porque [como expressado na reportagem original em inglês por Aaron Gardner], ‘o escremento está em curso de impacto com o aparelho rotacional de vento’.

Infelizmente, teremos todos que esperar.  Quando Pemmaraju pediu a McInerney para dar maiores detalhes sobre esta bomba jornalística, ele respondeu: “Não posso dar maiores detalhes do que já falei.  Mas será importante e os EUA devem ficar alertas.  Estamos menos seguros hoje do que há seis anos.

Logo após o segmento ter ido ao ar, Aaron Garder enviou um mensagem via twitter à apresentadora Uma Pemmaraju:

tweet

Aaron: Parece que esta história não será liberada até 7 de setembro. Uma: Fique ligado a este período de tempo.

Sem ir mais adiante sobre as possíveis causas de tal alerta, paro por aqui, esperando que novamente a minha ‘tese’ se repita: ‘Quando algo é anunciado abertamente e, consequentemente, esperado por um grande número de pessoas, as chances de que isso aconteça diminuem drasticamente’.  

Quero estar certo mais esta vez; contudo, só o tempo dirá.

n3m3

Colaboração: G33k

 

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh