web analytics

Alienígenas estão entre nós, diz professor de universidade dos EUA

Dr. David Jacobs.

Dr. David Jacobs.

A forma com que David M. Jacobs enxerga, é a de que os alienígenas têm estado raptando humanos por séculos e os molestando sexualmente para a criação de híbridos humanos/alienígenas, os quais estão entre nós hoje, não detectados, e logo irão tomar a Terra.

Ele sabe que esta declaração parece insana.  Porém, há muito tempo ele parou de se importar sobre o que as pessoas pensam dele.  Como diretor do International Center for Abduction Research (Centro Internacional para a Pesquisa de Abduções), Jacobs, que tem 71 anos, tem como missão de sua vida investigar as alegações de abduções extraterrestres.

O que estou fazendo, ou será interessante mas de impacto não essencial para a cultura popular, ou será a coisa mais importante que já aconteceu para a humanidade. Eu vejo isso como a última dessas duas opções“, disse Jacobs, que agora está trabalhando no seu quinto livro, provisoriamente intitulado The New People (O Novo Povo – trad. livre do título, n3m3)

Enquanto a maioria das pessoas poderiam descartar aqueles que acreditam em OVNIs como sendo malucos, ou birutas teóricos da conspiração, Jacobs não é um crente típico.

Ele foi professor da Universidade Temple, onde ensinou história dos EUA por 36 anos antes de se aposentar em 2011.  Ele é casado, pai de dois filhos e mora numa casa pitoresca de 134 anos, do estilo Vitoriano, na Filadélfia, em Wyndmoor.  Ele apresenta suas convicções com explicações articuladas e bem racionais e aplica uma abordagem erudita à sua pesquisa, a qual ele compartilhou em quatro livros, publicados por editores acadêmicos bem conhecidos.

Jacobs entrevistou mais de 150 pessoas que dizem ter sido abduzidas por alienígenas, com os detalhes esquecidos destas experiências trazidos de volta em sessões de relaxamento que o hipnotizador autodidata faz em sua própria casa.

Citando enquetes públicas, ele estima que os alienígenas já abduziram mais de um milhão de estadunidenses.

Ele prontamente admite que a evidência de vida extraterrestre e de abduções é “fraca“, e manchada por uma abundância de fotos fora de foco e confabulações (“memórias” falsas ou mal interpretadas).

Porém, ele insiste que a evidência existe:

  • Os abduzidos, de forma independente, relatam experiências similares e relembram detalhes em comum, tais como a aparência similar aos humanos ou aos insetos, dos alienígenas, bem como de sua missão de procriar.
  • Muitos abduzidos disseram ao Jacobs que os alienígenas começaram a olhar profundamente em seus olhos, algumas vezes tocando suas cabeças, fazendo uma varredura neurológica que os permitiu coletar esperma é óvulos humanos.  As mulheres frequentemente alegam que os alienígenas as engravidaram, removendo posteriormente seus fetos híbridos de seus úteros, e as forçando a amamentar os bebês híbridos.
  • As pessoas ficam ausentes fisicamente durante o tempo que dizem ter sido abduzidas.  Algumas famílias até mesmo relatam ter perdido suas pessoas amadas, ou as visto desaparecer.
  • Algumas vezes os abduzidos são levados em grupos; estranhos que nunca se encontraram na Terra lembram ter visto os outros em suas experiências espaciais.
  • As pessoas retornam com marcas incomuns, machucaduras, ou cicatrizes – inclusive tecido cicatrizado que se forma da noite para o dia, “uma impossibilidade biológica que eu já vi por mim mesmo“, disse Jacobs.

 

Sua verdade inconveniente

Por anos Jacobs se negou a falar localmente sobre as abduções alienígenas.

Eu sabia que seria embaraçoso para a universidade“, disse ele, lembrando um doador da Temple que ameaçou cessar sua caridade, ao menos que Jacobs parasse de ensinar sua aula sobre OVNIs, que é única no país.

Mas ele não desistiu. Todavia, suas crenças carregaram um custo: Aceito no quadro permanente de professores em 1981, ele disse que foi rejeitado duas vezes a ser promovido e nunca se tornou um professor em tempo integral da Temple.

Não fui recompensados pelo meu ponto de vista“, disse Jacobs.  “Mas você raramente se encontra no meio de um fenômeno que o permitirá fazer uma contribuição para algo que poderia ser de importância incomensurável na história da humanidade.

Jacobs está entre um pequeno, mas conhecido grupo de pessoas bem que acredita em vida extraterrestre, no qual inclui os ex-presidentes dos EUA Jimmy Carter e Ronald Reagan, os ex-astronautas Edgar Mitchell e Gordon Cooper, o físico teórico Stephen Hawking e celebridades como Mick Jagger, Dan Aykroyd, Muhanmmad Ali e William Shatner.

No lado cético

Os críticos não são convencidos por grandes nomes.

Mesmo as pessoas inteligentes podem acreditar em coisas estranhas, disse Michael Shermer, fundador e editor da revista Skeptic e colunista da Scientific American.

Shermer entrevistou Jacobs para seu programa semanal de rádio na National Public Radio – NPR (EUA), logo após o livro de Jacobs, The Thread (‘A Ameaça’, trad. livre do título, n3m3) ter sido publicado em 1999.  Shermer disse que Jacobs “falou como um acadêmico“, mas que suas crenças são enraizadas em seu “argumento circular impenetrável” de que alienígenas sorrateiros têm aquietado os céticos dentro da descrença e complacência.

William Hartmann, um cientista sênior do Instituto de Ciências Planetárias, com base no estado do Arizona, descreveu os métodos de Jacob como preocupantes: “O site do Dr. Jacobs descreve os relatos de ‘abduções alienígenas’ extraídos sob hipnose, mas meu senso é o de que a maioria da comunidade científica coloca pouco fé nos relatos vindos de hipnose“, disse Hartmann.

Harmann falou que ele e outros cientistas examinaram “evidências fotográficas” de OVNIs, como membros do “Comitê  Condon” da Força Aérea dos EUA, no final da década de 1960.

Eu entrei esperando encontrar evidências reais de algum fenômeno extraordinário, mas saí com o sentimento de que não tínhamos evidências convincentes que pudéssemos levar de volta ao Congresso, ou à Força Aérea, ou ao público, e que a sociologia do fenômeno dos OVNIs era muito mais interessante do que a evidência física real, como as alegadas fotos“, disse ele.

O Instituto SETI é um grupo científico privado, sem fins lucrativos, com base na Califórnia, o qual pesquisa por sinais de vida extraterrestre.  Mas um porta-voz declinou comentar sobre Jacobs e a possibilidade de alienígenas na Terra, dizendo que o SETI procura por sinais de alienígenas no espaço profundo, e não aqui.

 

Isso não é uma coisa empolgante

O próprio Jacobs diz nunca ter visto um OVNI, nem ter sido abduzido por alienígenas. “Eu nunca estive no Japão também, mas isso não significa que o Japão não exista“, disse ele.

Ele permanece destemido a respeito dos céticos.  Ele tem acreditado desde que começou suas pesquisas sobre a vida extraterrestre em 1970.  Como aluno universitário, ele leu sobre alienígenas e OVNIs como recreação, mas se tornou um aficionado quando pensou: “Isto pode ser real“.

Na Universidade de Wisconsin-Madison, ele mudou sua dissertação de doutorado de ‘atuação das mulheres em filmes pré-1915, para ‘a controversa dos OVNIs nos Estados Unidos’.

Jacobs começou a focar nas abduções alienígenas na década de 1980 e jurou continuar esta pesquisa mesmo isso o aterrorizando mais e mais a cada dia.

Eu costumava pensar que era a coisa mais sensacional e empolgante“, disse Jacobs. “Mas quanto mais eu aprendo sobre isso, mais eu temo, mais eu não quero ter nada a ver com isso“.

Isto é devido ao fato dele suspeitar que os alienígenas planejam dominar o planeta, pois os humanos permanecem atolados em ignorância e negação.

Este é um fenômeno clandestino“, diz ele.  “Há algo que eu posso dizer com certeza: Eles não querem que saibamos o que eles estão fazendo – porque o que eles estão fazendo beneficia a eles e não a nós.”

n3m3

Fonte: Dana Difilippo, www.philly.com

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh