web analytics

Ex-operador de radar da Marinha do Brasil relata avistamento de OVNI a bordo do CT Pará (D27)

ct-para-2-580x460

O seguinte artigo foi publicado esta semana no site www.naval.com.br:

Divulgamos a seguir um relato que recebemos de um leitor que foi operador de radar na Marinha do Brasil. Existem relatos de avistamento de OVNIs ou UFOs na FAB, mas também temos alguns relatos na Marinha. Esse é o primeiro deles que divulgamos.

Fiz parte da tripulação que foi buscar o Paraíba – D28 (contratorpedeiro) em San Diego, em 1989. E depois me tornei Operador de Radar (OR) no D27, CT Pará.

Fui um OR dos bons… da equipe de navegação. Só eu e mais um militar tiramos nota 10 em rosa de manobra no curso.

Era uma noite em dia de navegação às escuras como sempre. Eu estava em meu horário de folga e chamei um amigão meu para irmos para o alto do hangar, respirar e conversar. Quando saímos no convés, não se via um palmo a frente. O ano era 1990 ou 91, acho que durante uma Operação Dragão.

Mas conhecíamos bem o navio, e subimos até o alto do hangar, onde dava para sentar nas espias (cabos de amarração do navio), espias enroladas.
Meu amigo sentado do meu lado, de tão escuro eu não o via, só ouvia a voz.

Depois de um tempo conversando, tudo ficou azul, acredite, absolutamente azul, eu vi o navio todo, pois ficou todo iluminado, eu fiquei azul e o meu amigo também, era uma luz constante, tão intensa como solta elétrica, só que azul e não feria os olhos.

E olhei em um ato reflexo, na direção de onde vinha a luz, que vinha mais ou menos de bombordo, na direção da popa. E vi um objeto, vindo em uma diagonal negativa, sem fazer barulho algum, muito iluminado, parecia cilíndrico. Era rápido, e na velocidade que vinha entrou na água, só que não fez “splash”!

Entrou na água… como se não tivesse a resistência da mesma!

Ele desapareceu, ao entrar na água ainda havia luz, mas a julgar pela velocidade, ganhou as profundezas rápido… e daí não houve mais luz.

Acredite, não sou um caçador de OVNI… mas te relatei o que vi.

 A. V. – Ex-operador de radar da MB

Nossos agradecimentos ao Alexandre Galante, do site www.naval.com.br, pela permissão de publicação, como também aos colaboradores citados abaixo, pela indicação.

n3m3

Fonte: www.naval.com.br

Colaboração: Brender Anjos de Souza, Alexandre Penedo

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh