web analytics

Compilação de vídeos capturados por agências espaciais, mostrando fenômenos anômalos no espaço

fenômeno-OVNI-no-espaçoA compilação de vídeos abaixo mostra algumas ocorrências de OVNIs registradas pela NASA.

De acordo com o canal LunaCognita, que postou o vídeo no YouTube, todos os exemplos, com exceção do penúltimo, foram capturados por astronautas (EUA) e cosmonautas (Rússia) nos últimos cinquenta anos, mostrando muitos exemplos de diferentes eras: Gemini, Apolo, Projeto de Teste Apolo/Soyuz, Skylab, Ônibus Espacial, Estação Espacial Internacional, inclusive adições dos programas soviéticos Zond e Mir.

O penúltimo clip na sequência é o único com filmagem não feita no espaço e não vem de uma fonte oficial (NASA ou Agência Espacial Russa/Soviética).  O clip mostra o que é conhecido em inglês como Lunar Transient Phenomenon – LTP (Fenômeno Transiente Lunar) que foi capturado através de uma câmera conectada à uma lente ocular de um telescópio terrestre que estava apontada para a Lua.  O vídeo foi feito pelo astrônomo amador Alberto Mayer, da Itália. (Aliás, eu mesmo já tive a oportunidade de ver com meu telescópio este mesmo tipo de fenômeno. Infelizmente, na ocasião, eu não tinha uma câmera acoplada ao instrumento.)

Veja:

Fonte do vídeo: LunaCognita

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh