web analytics

Vida extraterrestre pode existir no subsolo de planetas fora da ‘zona habitável’ de suas estrelas

Lua-de-Júpiter-europa

Europa, uma das luas de Júpiter, provavelmente possui vida abaixo de sua crosta gelada.

Um grupo de cientista sugere que a vida extraterrestre pode existir debaixo da superfície dos planetas inóspitos e que a probabilidade da existência de vida alienígena pode ser muito mais alta do que imaginamos.

Estima-se que a zona habitável de um sistema planetário – aquela em que os planetas podem conter água no estado líquido em ambiente estável – é muito pequena.  Para nosso sistema solar, esta região vital se estende desde Vênus até Marte.

Contudo, uma equipe de astrobiólogos das universidades de Aberdeen e St. Andrews (no Reino Unido) redefiniram estas noções convencionais, pois refutam que os outros estudos não se dão conta de que a vida possa existir debaixo da superfície de um planeta.  Os astrobiólogos recordam que as temperaturas aumentam à medida que aumenta a profundidade, e se os planetas frios podem conservar água líquida debaixo de suas superfícies, é concebível que a vida possa existir lá também.

Assim, os investigadores britânicos sugerem que, sendo correta sua hipótese sobre as ‘zonas habitáveis no subsolo’, a vida extraterrestre pode ser muito mais frequente do que imaginamos.  Para demonstrar sua hipótese, os investigadores utilizaram um modelo de computador para aproximar as temperaturas que existem debaixo das superfícies dos planetas, levando em consideração as distâncias existente até suas estrelas mãe.

Os resultados mostraram que o raio habitável ao redor de uma estrela aumenta três vezes se a vida puder existir a uns 5,3  quilômetros abaixo da superfície e, inclusive, que a habitabilidade pode ser 14 vezes maior do que se acreditava.  Segundo seus cálculos, a vida poderia existir em Saturno, ou nas luas como Europa e Ganimedes, que acredita-se possuam oceanos subterrâneos.

O investigador principal, Sean McMahon, disse em declaração para o ‘Internacional Business Times’ que inclusive se abre a possibilidade de que os planetas no espaço interestelar abriguem vida.  Ao mesmo tempo, esta nova noção aumenta drasticamente o número de exoplanetas e exoluas idôneas para a vida extraterrestre.

Obviamente, os cientistas aqui falam de vida microbiana, mas não se pode descartar também a existência de vida inteligente no subsolo de outros planetas.

n3m3

Fonte: www.ibtimes.co.uk, via actualidad.rt.com

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh