web analytics

Estudo encoraja busca por vida em lua de Júpiter

Abaixo, um artigo de Salvador Nogueira, publicado em mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br:

Europa, lua de Júpiter.

Europa, lua de Júpiter.

Um dos lugares mais interessantes (e menos acessíveis) para procurar sinais de vida extraterrestre no Sistema Solar é Europa, uma das luas de Júpiter.

Desde a chegada da sonda Galileo àquelas redondezas, em 1995, os cientistas já sabem que, sob sua superfície congelada, se esconde um oceano global de água líquida. Onde tem água, imaginam os cientistas, pode haver vida. Só que não é fácil estudar água sob 10 km de gelo, numa lua distante.

Por isso o estudo liderado por Mike Brown, do Caltech (Instituto de Teconologia da Califórnia), é empolgante. Ele demonstra que deve haver contato periódico e troca de material entre a superfície congelada e o oceano líquido. Isso facilitaria na hora de enviar uma sonda até lá para verificar a presença de uma possível biosfera alienígena.

Agora temos evidência de que o oceano de Europa não é isolado — de que o oceano e a superfície falam um com o outro e trocam compostos entre si”, afirma Brown. “Isso significa que a energia deve estar indo para o oceano, o que é importante em termos das possibilidades de haver vida lá. Também significa que, se você quer saber o que há no oceano, você pode simplesmente ir à superfície e raspar um pouco dele...”

Clique aqui para ler o restante do artigo…

Desde a descoberta de que a lua Europa de Júpiter poderia ter um oceano por debaixo de sua crosta gelada, astrônomos teorizaram que lá poderia haver vida.  Embora sua superfície seja gelada, devido à ação gravitacional de Júpiter, o maior planeta de nosso sistema solar, e um possível aquecimento interno desta lua, através de magma incandescente, a água estaria sendo mantida no estado líquido.  Isto, agregado ao fato de Europa receber nutrientes vindos de outra lua daquele planeta, faz com que a ideia de que lá haja vida pareça ser muito plausível.

Já se planeja uma visita mais ‘íntima’ à Europa, mas com a situação econômica mundial tão instável e com os cortes nos orçamentos das agências espaciais capazes de tal feito, missões espaciais tão caras quanto esta sempre acabam não saindo da prancheta de desenho.

Uma pena… se é que já não foram até lá e não nos contaram.

n3m3

Colaboração: Josemir

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh