web analytics

Cometa ISON ‘cria asas’

Cometa ISON teria criado asas

O Cometa ISON continua a desafiar os cientistas, os quais, em várias ocasiões, acharam que ele estava prestes a se desintegrar, mas não o fez.

Cometa ISON e sua enorme caudaAgora,   o cometa parece ter ‘criado asas’ (foto acima), que obviamente são somente ejeções de seu núcleo.Com isto, novamente alguns cientistas pensam que ele está prestes a explodir, mas outros dizem que, devido ao fato dessas ejeções serem homogêneas, não parece se tratar de uma desintegração do núcleo do ISON, mas sim de algum outro processo ainda não compreendido.

Também vale ressaltar que o astro conta hoje com a maior cauda já registrada em um cometa, como pode ser visto na foto ao lado, que tem agora mais de 15 milhões de quilômetros de comprimento.

Vamos aguardar para ver de que outra forma o ‘cometa do século’ irá nos surpreender.

Enquanto isso, para os teóricos da conspiração de plantão, abaixo está um vídeo comparando o formato atual do Cometa ISON com alguns agroglifos e arte antiga.

Veja:

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Fonte do vídeo: StephenHannardADGUK

n3m3

Colaboração do vídeo: Mario Q

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh