web analytics

A invisibilidade já é possível!

manto da invisibilidadeO ‘manto da invisibilidade’  já não é mais coisa de ficção científica: dois pesquisadores no Departamento de Engenharia Elétrica e Computador Edward S. Rogers Sr. demonstraram um manto da invisibilidade efetivo, que é fino, escalável e adaptável a diferentes tipos e tamanhos de objetos.

O Professor Eleftheriades e o aluno de phD Michael Selvanayagam, projetaram e testaram uma nova abordagem ao que é conhecido em inglês como ‘cloaking‘ (manto de invisibilidade), ao cercarem um objeto com pequenas antenas que coletivamente irradiam um campo eletromagnético.  Este campo cancela quaisquer ondas que tentem deixar o objeto em questão.  Seu trabalho, denominado de ‘Experimental Demonstration of Active Electromagnetic Cloaking’ (Demonstração Experimental de Invisibilidade por Eletromagnetismo Ativo, em português), foi publicado ontem (14/11) no Physical Review X.

Utilizamos a abordagem de engenharia eletromagnética, mas o que estamos empolgados a respeito disso é que é [de uso] muito pratico“, disse Eleftheriades.

Imagine uma caixa de correio colocada numa rua.  Quando a luz atinge a caixa de correio e reflete de volta para seus olhos, você a vê.  Quando as ondas de rádio atingem a caixa de correio e refletem de volta para seu detector de radar, você a detecta.  O sistema de Eleftheriades e Selvanyagam circunda a caixa de correio com uma camada de pequenas antenas, as quais irradiam um campo ao redor da caixa, cancelando quaisquer ondas que refletiriam de volta.  Desta forma, a caixa do correio se torna invisível aos radares.

Demonstramos uma forma diferente de fazer isto“, disse Eleftheriades.  “É muito simples: ao invés de cercarmos aquilo que queremos tornar invisível com um manto pesado de ‘meta material’, o cercamos com uma camada de pequenas antenas, e esta camada irradia de volta um campo que cancela os reflexos do objeto.

Sua demonstração experimental efetivamente tornou um cilindro de metal invisível das ondas de rádio, usando uma camada de antenas.  O sistema pode ser escalável até grandes objetos, usando-se mais antenas, e Eleftheriades diz que as antenas podem ser impressas e achatadas, como um cobertor ou pele.  Atualmente as argolas de antenas devem ser manualmente ajustadas à frequência eletromagnética necessária, mas no futuro elas poderiam funcionar tanto como sensores e antenas ativas, ajustando-se às diferentes frequências em tempo real, como a tecnologia por detrás dos fones de cabeça utilizados para o cancelamento de ruído.

O trabalho de desenvolvimento de um manto da invisibilidade funcional começou por volta de 2006, mas sistemas anteriores eram necessariamente grandes e desajeitados – se você quisesse um para seu carro, por exemplo, em prática teria que envolvê-lo completamente com muitas camadas de ‘meta material’, para efetivamente bloquear as radiações eletromagnéticas.  O enorme tamanho e inflexibilidade dessa abordagem a tornava impraticável para o uso real.   Tentativas anteriores de tornar o sistema mais fino não eram adaptáveis e ativas, e funcionavam somente com objetos pequenos específicos.

Além das óbvias aplicações, tais como a ocultação de veículos militares e operações de reconhecimento, esta tecnologia poderia eliminar obstáculos – por exemplo, estruturas que interrompem sinais de torres de telefonia celular poderiam ser equipadas para permitirem que o sinal passe por elas livremente. O sistema também pode alterar a assinatura de um objeto equipado, o fazendo parecer maior, ou menor. E embora seus testes mostraram que o sistema funciona para ocultar ondas de rádio, ele poderia ser reajustado para trabalhar com Teraherz (raios-T) ou ondas de luz, assim que a tecnologia necessária amadureça.

Há mais aplicações para rádio do que para luz“, diz Eleftheriades.  “É somente uma questão de tecnologia – você pode usar o mesmo princípio para a luz, e a tecnologia de antena correspondente é uma área muito quente de pesquisa“.

E agora, quem pode afirmar que nossos céus não estejam repletos de OVETs (Objetos Voadores Extraterrestres) de civilizações para as quais a tecnologia da anulação das ondas de radar e de luz já seja uma mera brincadeira de criança?

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh