web analytics

Por que os ETs não podem ser parecidos com Flipper, o golfinho?

Don Lincoln, físico do FermilabÉ muito raro vermos em filmes, ou até mesmo em registros agregados por estudiosos da ovniologia, ETs que vivem em mundos aquáticos.  De acordo com Don Lincoln, escritor de um novo livro intitulado “Alien Universe: Extraterrestrial Life in Our Minds and in the Cosmos.” (Universo Alienígena: Vida Extraterrestre em Nossas Mentes e no Cosmos, trad. livre n3m3), há uma boa razão para isso.

E qual seria a razão?  É muito simples: E difícil acender fogo embaixo d’água.

Alguns estudiosos especulam que muitos dos planetas habitáveis em nossa galáxia são mundos aquáticos, sem nenhuma terra firme.  Mas esses não seriam os melhores lugares para uma civilização tecnologicamente avançada se enraizar.

Podem haver homens da caverna alienígenas sob a água“, disse Lincoln, que também é um físico do Fermilab, no estado de Illinois, EUA, para a NBCNews.  “Mas verdadeiramente, você não pode fundir o metal.”  E isso significa que é improvável para os golfinhos desenvolverem algum dia a tecnologia para o voo espacial.

Em seu livro “Alien Universe” Lincoln mistura um compêndio de narrações sobre alienígenas, desde H.G. Wells e até mesmo antes, com uma olhada nos parâmetros científicos que definem a procura no espaço por alienígenas inteligentes.

O livro não é almejado aos fãs veteranos de OVNIs que estejam procurando pelas últimas revelações sobre a conspiração alienígena.   Ele não fala a respeito da procura por vida microbiana em Marte, ou mas luas Europa e Encelado, e ele não se aprofunda na procura por planetas além do nosso sistema solar.  Ao invés disso, o livro é para aqueles curiosos em saber como todas as histórias sobre alienígenas inteligentes começaram, bem como aqueles que queiram saber o quanto de ciência está por detrás dessas histórias.

Não é somente ficção.  Não é somente imaginário“, disse Lincoln.  “Há algum pensamento científico ocorrendo.

 

A química da vida alienígena

Por exemplo, há uma razão porque toda a vida na Terra é baseada em carbono, e porque a vida alienígena também deva ser.  Os átomos de carbono podem aguentar quatro ligações químicas (diferentemente de um fraco átomo de hidrogênio que só sustenta uma ligação), e ainda é relativamente fácil para o carbono mudar estas ligações (diferentemente da química baseada em silício).

Também  há razões químicas porque a água funciona tão bem como solvente para os processos da vida, mas é impossível imaginar outros líquidos servindo um papel similar.  Metano, por exemplo, poderia ter algumas vantagens sobre a água – e o metano líquido existe em abundância em Titã, uma das luas de Saturno.

Isto nos leva a especular que se a vida for um resultado inevitável da química, então Titã deveria ter pelo menos vida primitiva“, escreveu Lincoln. “Se acontecer de [Titã] não possuir vida, então devemos começar a suspeitar que há algo único sobre o ambiente da Terra, talvez incluindo o uso de água como solvente.”

 

A sociologia das narrativas sobre alienígenas
Lincoln faz uma distinção entre formas de vida primitivas, as quais podem ser comuns por todo o Universo, e as formas de vida avançadas que poderiam sair de seus planetas de origem e contactar-nos.   Em seu livro, ele se refere a essas formas de vida como Alienígenas com ‘A’ maiúsculo.  Esses tipos de Alienígenas são o foco principal do livro “Alien Universe“, bem como os milhares, senão milhões de livros e filmes sobre extraterrestres.

Enquêtes sugerem que a maioria dos estadunidenses acham que tais alienígenas já visitaram a Terra, e estão por detrás de pelo menos alguns dos avistamentos de OVNIs que têm sido reportados na última década.  Hoje, o indente de Roswell é muito evidente na lista de narrativas de OVNIs – mas Lincoln disse que a história não causou tanto impacto na época que ocorreu.

O disco de Roswell desapareceu da história“, disse Lincoln.  “Ele somente reapareceu na década de 70, quando o National Enquirer republicou a história  do Roswell Daily Record.”

Lincoln disse que o interesse em OVNIs na verdade ganhou mais fôlego a partir de outras narrativas nas décadas de 50 e 60, tais como as histórias de George Adamski sobre discos voadores e os relatos de Betty e Barney Hill sobre sua abdução por alienígenas.  Tais narrativas ativaram uma longa trilha de produções de Hollywood, desde “O Dia em que a Terra Parou” até “Homens de Preto“.  E tais filmes, por sua vez, fazem com que a população fique mais receptiva às histórias de OVNIs.

Há um círculo entre as histórias, a mídia e Hollywood – eles se alimentam entre si“, disse Lincoln.

Esse tipo de atração alienígena foi o que levou Lincoln a escrever o livro.  Ele é um físico de partículas e não um astrofísico, mas seu interesse na procura por vida inteligente além da Terra começou muito antes de seu interesse pelo Grande Colisor da Hádrons – LHC.

Os Alienígenas são absolutamente fascinantes para mim, desde que eu era criança“, ele disse.

——-

Quando mais e mais cientistas corporativos começam a falar e a levar a sério o assunto ‘vida extraterrestre inteligente”, isso significa que um grande tabu está sendo vencido. Há meros cinco anos, se fizessem isso, ou perderiam o financiamento para seus trabalhos, ou seriam ridicularizados e forçados a encerrar suas carreiras como cientistas.

Estaríamos próximos da grande revelação?

Aguardem…

n3m3

Fonte: www.nbcnews.com, Adaptação: n3m3

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh