web analytics

O Incidente da Floresta de Rendlesham: Ministério da Defesa do Reino Unido descarta, mas não de forma convincente

alien_2596377b

ETs teriam sido vistos durante o incidente de Rendlesham. Ministério da Defesa do Reino Unido insiste que relatório é falso.

Ontem foi publicado aqui no OVNI Hoje o fato de que o Ministério da Defesa do Reino Unido liberou, pela décima e última vez, arquivos sobre avistamentos de OVNIs naquele país.

O Dr. David Clarke, que analisou todos os documentos, disse que “quase metade” de toda a correspondência sobre OVNIs que foi enviada diretamente aos oficiais de defesa era relacionada a pedidos de informação sobre um incidente que ocorreu há 33 anos: O avistamento de OVNI na Floresta de Rendlesham.

É o caso que sobressai, de todos os avistamentos que vão de 40 a 50 anos“, disse Clarke. “Não há como você obter a verdade do que aconteceu, porque, como um bola de neve rolando colina abaixo, as histórias tem sido mais e mais enfeitadas.

O incidente envolveu um grupo de militares estadunidenses que estava nas bases militares de Suffolk e acabaram indo até a floresta para investigar as luzes misteriosas.

Exatamente o que ocorreu depois tem sido assunto para intensos debates, mas alguns dos homens que foram investigar disseram ter visto uma espaçonave alienígena, inclusive um deles dizendo que chegou a tocá-la

Várias tentativas tem sido feitas de explicar o incidente, com teorias que abrangem desde uma farsa elaborada, até o fato de que os homens foram confundidos pelas luzes de um farol próximo à região.  E estamos falando aqui de militares treinados.

Entre os documentos liberados no National Archive, está um descrevendo o encontro com alienígenas na floresta, cujo o Ministério da Defesa do Reino Unido insiste se tratar de uma fraude.

O documento, que parece estar em papel timbrado oficial do departamento, relata que as “entidades tinham aproximadamente 1,5 metros de altura, vestiam o que parecia ser roupas de astronauta parecidas com nylon, mas não usavam capacetes“.

Aparentemente “flutuavam sobre o solo” e foram gravados falando com “uma versão eletronicamente sintetizada de inglês, com um forte sotaque dos Estados Unidos“.

A posição oficial do governo, repetidamente declarada nos arquivos, é a de que o incidente foi investigado na época pelo Ministério da Defesa e pela Força Aérea Real, e concluiram que não houve indicação de que o espaço aéreo do Reino Unido foi invadido.

Embora muitas alegações subsequentes foram feitas sobre o que aconteceu naquela noite, o Ministério diz que “nada ocorreu nos últimos vinte e cinco anos que nos dá razão para acreditar que a avaliação original feita por este Departamento foi incorreta“.

[Mas o incidente ocorreu há 33 anos, não foi? – n3m3]

O avistamento de OVNI no Reino Unido que mais chamou a atenção depois de Rendlesham foi o Incidente de Cosford, em 1993, quando um número de pessoas relataram ter visto um estranho objeto no céu.

Os avistamentos tem sido explicados como sendo  foguetes russos e luzes de helicópteros.

Para saber em detalhes o que ocorreu no incidente de Rendlesham, assista os vídeos no seguinte link: http://ovnihoje.com/2011/03/05/rendlesham-o-roswell-da-inglaterra.

Em geral, quem não convence são os governos.

n3m3

Fonte das informações: www.telegraph.co.uk

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh