web analytics

Como será a raça humana em 100.000 anos?

A Forbes publicou um artigo interessante sobre como nós seríamos daqui 100.000 anos.

Humanos em 100.000 anos

Seria esta a raça humana em 100.000 anos? Será que isso explica a aparência dos alegados alienígenas conhecidos como “greys“? Será que eles não são nós, daqui 500.000 ou 1.000.000 de anos?

No artigo é mencionado que entre 800.000 e 200.000 anos atrás, as rápidas alterações do clima coincidiram com a triplicação do tamanho do cérebro e do crânio humano, levando assim ao estreitamento do rosto.  Mas o artigo foca no fato de que daqui para frente com a introdução de aparelhos tecnológicos, como o Google Glass e a vontade de sair de nosso planeta, nossos rostos poderão se modificar drasticamente.

Nickolay Lamm, um artista e pesquisador, uniu-se a Alan Kwan, um geneticista computacional da Universidade de Washington, e conduziram um estudo, o qual resultou num desenho que ilustra como poderemos parecer daqui a 100.000 anos.  Eles afirmam que, graças à tecnologia de engenharia de genoma zigótico, futuramente poderemos ser capazes de controlar a biologia e a evolução humana da mesma foram que controlamos os elétrons hoje.

Uma das previsões que eles fizeram é que nossa testa irá aumentar, e que, de acordo com eles, isso já vem acontecendo desde o século 14.

Kwan diz que daqui a 60.000 anos a nossa habilidade de controlar o genoma humano influenciará as nossas características faciais.  De acordo com a pesquisa, “o destino dos rostos humanos será determinado pelos gostos”.  Devido ao fato que a distância do sol aumentará, nossos olhos ficarão maiores; e a nossa pele ficará mais pigmentada, numa tentativa de diminuir os danos dos raios ultravioletas fora da proteção do ozônio extraterrestre, já que estaremos tentando colonizar o sistema solar.

Mas os pesquisadores dizem que haverá uma preocupação estética, pois “a face humana estará inclinada para características que os seres humanos acham atraentes: linhas fortes, nariz retos, olhos profundos e simetria perfeita entre os lados direito e esquerdo“.

Os olhos serão maiores, acostumados com pouca luz e com menos visão periférica, a fim de nos proteger do efeitos danosos dos raios cósmicos.  As narinas ficarão maiores para facilitar a respiração fora da Terra e o cabelo mais denso para manter a cabeça, que será maior, mais aquecida.

Kwan acredita que as tecnologias, similares ao Google Glass e ao iWatch, ainda farão parte de nossas vidas, mas de forma mais discreta.  As pessoas usarão implantes que parecerão naturais, tais como lentes e dispositivos auriculares e daqui a 100.000 anos todos estarão conectados às tecnologias, porém de forma que não atrapalhe a estética humana.

Veja  as ilustrações feitas por Nickolay Lamm:

Fonte: forbesbrasil.br.msn.com

Colaboração: Rafael Ribeiro, Cris

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh