web analytics

Cientistas britânicos vão ajudar na procura por vida extraterrestre

17/04/2013 | Por | 61 Comentários Mais
Compartilhe com a galáxia:

charles_cockell

Professor Charles Cockell

Pesquisadores de quinze instituições de pesquisa do Reino Unido se uniram para procurar por vida extraterrestre.

O Professor Charles Cockell, um astrobiólogo internacionalmente renomado, lidera o Centro de Astrobiologia da Universidade de Edinburgh (UKCA) e, de acordo com o jornal The Scotsman, essa instituição irá “liderar a caça por alienígenas conduzida pela Grã-Bretanha, unido pesquisadores de 15 instituições de todo o país“.

Cockell recentemente declarou que, com todos os novos dados disponíveis sobre outro planetas, “está se tornando muito mais fácil compreender se as condições daqueles planetas são habitáveis e se a vida pode lá existir“.

O instrumento chave da UKCA é uma câmera de vácuo de última geração, capaz de simular as condições atmosféricas de planetas alienígenas.  Além disso, dentre as tecnologias pioneiras empregadas, haverá um laboratório enterrado a mais de um quilômetro da superfície, na Mina Boulby, Yorkshire, que permitirá o estudo das criaturas que vivem nas profundidades da Terra.  Cockell descreve que o Boulby International Subsurface Astrobiology Laboratory -BISAL (Laboratório Subterrâneo Internacional de Astrobiologia Boulby) “é na verdade parte de um laboratório que já está sendo utilizado para a pesquisa da matéria negra.  A mina, que é uma mina de sal, também ainda está em uso e é muito profunda.  Você encontra coisas vivendo no sal que são únicas“.

Além de procurar por vida em outros mundos, os astrobiólogos estudam a vida em geral, explorando suas origens e pesquisando os tipos de ambientes nos quais a vida como conhecemos possa existir.  Cockell salienta que “tudo tem a ver com o melhor conhecimento dos ambientes extremos no espaço sideral, baseando-se nos ambientes extremos bem aqui na Terra“.  Ambientes salgados têm sido encontrados em Marte e Cockell explica que, pelo estudo de formas de vida existentes nas profundidades das minas de sal em Yorkshire, os cientistas podem aprender sobre os tipos de vida que possam atualmente existir em Marte.

bisal

Laboratório Subterrâneo Internacional de Astrobiologia – BISAL

As instituições de ensino afiliadas com Instituto de Astrobiologia da NASA são as seguintes:

  • University of Bath
  • University of Bradford
  • University of Bristol
  • Cranfield University
  • Imperial College
  • University of Kent
  • University of Leeds
  • University of Nottingham
  • University of Leicester
  • Open University
  • University of Oxford
  • Birkbeck, University of London
  • University of East Anglia
  • Astrobiology Society of Britain

Imaginem que agora já estão considerando que a vida possa existir ainda hoje me Marte.  Devagarinho os cientistas estão se aproximando da grande revelação.

n3m3

Fonte: The Scotsman

Compartilhe com a galáxia:

Tags: , , , , , ,

Category: Fotos, Notícias, OH

close next picture next picture
Original Picture...