Voyager-1 acaba de sair de nosso sistema solar

4Solar_sys8A sonda interplanetária da NASA Voyager-1, lançada há 35 anos, cruzou a fronteira da heliosfera e tornou-se o primeiro objeto artificial (feito pelo homem e que nós sabemos) a deixar o sistema solar, escrevem os pesquisadores estadunidenses em um artigo aceito para publicação na revista Geophysical Research Letters.

A heliosfera, ou seja uma bolha no espaço preenchida pelo vento solar, é considerada a fronteira do nosso sistema solar.

Além da heliosfera começa o espaço interestelar, cuja matéria é independente do campo magnético, ou seja, da corrente de partículas carregadas vindas do Sol.

Acho que esta sonda não veremos mais… ou veremos?

n3m3

Fonte: A Voz da Rússia

Colaboração: Carlos de Abreu, Ceticismo Total, Flávio Henrique Rocha

Arquivado em: Fotos, Notícias, OH Tags: , , , ,

PARA COMPARTILHAR ESTE ARTIGO EM SUA REDE SOCIAL, UTILIZE OS ÍCONES À ESQUERDA DA TELA.

...

SE VOCÊ NÃO ACESSOU NOSSA PÁGINA PRINCIPAL, ESTÁ PERDENDO UM UNIVERSO DE INFORMAÇÕES: OVNIHOJE.COM

...

Outros artigos de interesse:

NASA: Mundos habitáveis, com vida extraterrestre, provavelmente estão lá fora NASA: Mundos habitáveis, com vida extraterrestre, provavelmente estão lá fora
OVNIs / UFOs são avistados voando em formação, na Áustria OVNIs / UFOs são avistados voando em formação, na Áustria
A abdução do garoto Janiel A abdução do garoto Janiel
Enorme cratera aparece na Sibéria Enorme cratera aparece na Sibéria
54 comments
Jonas
Jonas

Mas e a Pionner 11? Ninguém fala dela. Pelo que sei ela está à frente das Voyager...

Tiago
Tiago

Nossa, tão longe assim?

A que velocidade ela percorre?

Angel
Angel

O Universo é mais velho do que se pensava

"( E FAÇA-SE SE A LUZ)"

Novos resultados de observações de uma fração de segundo após o Big Bang indicam que o universo é 80 milhões de anos mais velho do que se pensava e fornecem novas evidências que sustentam teorias básicas sobre o cosmos, mais especificamente como ele começou, do que é composto e para onde se expande.

As novas observações do projeto Planck, da Agência Espacial Europeia, conhecida pelas iniciais ESA, parecem sustentar previsões feitas décadas atrás baseadas exclusivamente em modelos matemáticos.

As descobertas divulgadas nesta quinta-feira em Paris reforçam uma teoria segundo a qual o universo passou de um tamanho subatômico para sua hoje observável expansão constante em uma fração de segundo.

"Nós descobrimos uma verdade fundamental do universo", celebrou George Efstathiou, diretor do Instituto Kavli de Cosmologia da Universidade de Cambridge, ao anunciar na capital francesa o resultado da análise dos dados colhidos pelo satélite Planck. "Agora há menos coisas que não entendemos um pouco menos", comentou.

"Em termos de explicações sobre o universo de hoje, acho que podemos dizer que estamos no caminho certo", opinou Sean Carroll, físico do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech).

O Big Bang - mais abrangente teoria sobre o início do universo - sugere que a porção visível do universo era menor do que um átomo quando, numa fração de segundo, ele explodiu, resfriou-se e expandiu-se numa velocidade superior à da luz.

O projeto Planck analisou uma fração de segundo que se seguiu ao Big Bang e permitiu aos cientistas concluírem que o universo tem 80 milhões de anos a mais do que se pensava. Com isso, a idade do universo passa a ser de pelo menos 13,81 bilhões de anos.

A pesquisa, batizada em homenagem ao físico alemão Max Planck, considerado o pai da física quântica, também permitiu concluir que o universo se expande a uma velocidade um pouco menor do que se imaginava anteriormente e tem um pouco menos de matéria escura do que os astrônomos imaginavam, assim como um pouco mais de matéria normal.

Diante de números tão grandiosos quanto os que envolvem a existência do universo, os cientistas observam que as mudanças são relativamente pequenas, mas ajudam a compreender um pouco melhor a intrincada história do universo e sua complexa composição. As informações são da Associated Press.

questionador
questionador

Lembro que em 1983 a Pionner I cruzou os limites do Sistema Solar, ela que foi a primeira a sair do nosso sistema. Agora dizem que foi a Voyager... já não sei de mais nada.

Cezar
Cezar

Acredito que o James T. Kirk e o Spock encontrarão uma tal de V-Ger.

Vamos esperar.

zanac
zanac

Quanto ao fato das ondas de radio da sonda ainda chegarem até aqui, bom, não tem a ver com potencia de sinal e sim com os receptores que captam estes sinais. Um modem Wi-Fi tem muito mais potencia a da sonda em questão porém, notem o tamanho da anteninha do seu modem e comparem com as imensas parabólicas que captam os sinais provenientes de tais artefatos siderais.

zanac
zanac

Não querido Bardo, ondas de radio são ondas de luz e o limite imposto por este universo é regra absoluta para estas particulas-onda sem massa inercial, ou seja, aprox. 300K Km/s.

Marcelino S. de Melo
Marcelino S. de Melo

Será que ela está captando algum tipo de radiação que não mais deveria captar fora dos limites do sistema solar, disseram que ela está numa "nova região" ???

bardo
bardo

Boa noite eu sou meio ignorante e tenho pouco conhecimento mas fica uma pergunta as ondas de radio da sonda viajam mais rapidas que a luz?

EnteHumano
EnteHumano

Este conjunto de comentários (até aqui) está muito bonito, até com um certo viés poético!

Um fraterno abraço a todos.

joseafonsoazevedo
joseafonsoazevedo

VAI DEIXAR SAUDADES! PRINCIPALMENTE PROS ENGENHEIROS QUE A COSTRUIRAM!

antoniofarias
antoniofarias

até a bateria que produz calor em suas antenas acabar, aí ela ela vai virar voyager Ice.

Rubara
Rubara

Duas coisas que realmente me parecem muito estranhas:

1º Se ela está saindo do nosso sistema solar, o que existe para lá do Cinturão de Kuiper? Será o Cinturão de Kuiper é o fim do nosso sistema solar? Não deve ser de certeza, pois, as constelações pertencem ao nosso sistema solar.

2ª Quem controla a sonda? Não me parece que tenha potência para enviar alguma coisa para a terra àquela distância?!

JPG
JPG

...carregam consigo um disco (e a respectiva agulha) de cobre revestido a ouro, contendo uma apresentação para outras civilizações, com 115 imagens (onde estão incluídas imagens do Cristo Redentor no Brasil, a Grande Muralha da China, pescadores portugueses, entre outras), 35 sons naturais (vento, pássaros, água, etc.) e saudações em 55 línguas, incluindo em língua portuguesa, feita por Portugal e pelo Brasil. Foram também incluídos excertos de música étnica, de obras de Beethoven e Mozart, e "Johnny B. Goode" de Chuck Berry.

http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Voyager_1

.

Os ETs vão pirar com chuck berry..rssrs .

mas Beethoven e Mozart. Magnífico.. faltou Chopin..

Darci Unger
Darci Unger

Eu me lembro de ter assistido na tv ha muitos anos atrás um episódio de Jornada nas Estrelas (o antigo) onde os tripulantes da Enterprise, em um futuro distante, encontram a Voyager perdida pelo Universo. A sonda havia sido encontrada anteriormente por uma civilização alienígena que fez umas ¨modificações¨ nela e implantou inteligencia artificial. Deu um trabalhão danado para o Capitão Kirk e companhia porque a Voyager achava todos eles primitivos demais e os queria destruir. Parece enredo de filme abacaxi, mas era uma história legal.

cyberjunior
cyberjunior

Ela vai passa pelo planeta maquina e vão construir uma nave ao redor dela e ela depois ganha conciencia e vem se juntar a seu criador na terra. Star trek o Filme.

Paz_i_fico
Paz_i_fico

Boa noite!

Se ela foi para fora do sistema solar, foi por alguma finalidade, sabe lá qual será esta. Pode ter sido enviada para mandar informações sobre a Anã Marrom. Quem sabe!

Só especulando um pouco......

fotografo
fotografo

sera que ela nos dara noticias? ja pensou se ela pega um buraco de minhoca e chaga rapidinho em outro sistema? seria muito legal....

Leandro Reid
Leandro Reid

Nossa,que fascinante começo do espaço interestelar que deve ter lá ,depois que acabar e além e mas além e mas?lee.

Marcus-BH
Marcus-BH

legal ... só não sei a utilidade dela , pois ela não volta mais pra terra ... e os dados ela não envia pois a distancia é enorme ...

aqui em casa eu mal conecto ao wi-fi , se essa sonda de comunica com a terra a essa distancia ...

clark
clark

esta nunca mais veremos pois esta longe a 123 distancias entre o sol e a terra,sem falar que por volta do ano 2025 nao enviara mais informacoes devido o off dos sistemas consequencia da nao geracao de energia

Marcelino S. de Melo
Marcelino S. de Melo

E acho que este nosso universo nosso reino é apenas um de muitos outros da obra do Criador.

questionador
questionador

Cara, pra mim esse foi o melhor filme de JOrnada nas estrelas para o cinema. Diretor Robert Wise (de "o dia em que a Terra parou"), Gene Rodenberry - o criador de Star Trek - em pessoa assessorando o filme, uma trama com conteúdo filosofico... foi um filme par aum publico bem seleto, sem duvida. Uma obra prima.

Marcelino S. de Melo
Marcelino S. de Melo

Apesar de toda essa teoria estão divergindo sobre a exata localização da sonda pois que a NASA desmentiu a notícia do post, estão batendo cabeça por que???

Doidim2011
Doidim2011

Teoricamente nada poderia viajar mais rápido que a luz, mas já existem experiências científicas que alegam terem conseguido iso, em um sistema parecido com um teletransporte

marcos
marcos

As ondas de rádio são ondas eletromagnéticas, assim como a luz, nó vácuo elas se propagam a 299.792.458 m/s ou 1.079.252.848 km/h

http://pt.wikipedia.org/wiki/Radia%C3%A7

Consideram alguns que a primeira transmissão radiofônica do mundo foi realizada em 1906, nos EUA por Lee de Forest. Atualmente essa transmissão já está a 938.894.953.600.000 km de distancia da Terra, ou seja, ela formou uma "bolha" no espaço com quase 1 trilhão de km de diâmetro.

http://pt.wikipedia.org/wiki/R%C3%A1dio_

A primeira transmisão de rádio vai chegar a galáxia mais próxima no ano 26.906, então ficaria dificil existir uma comunicação com seres que estejam a anos-luz de distancia de nós, porque levariam milhares de anos para as mensagens sairem de um lugar e chegar no outro.

Rubara
Rubara

* as constelações pertencem à Via Láctea.

Régis
Régis

Darci, raramente comento, mas achei oportuna as suas observações.

Também conheço esse episódio de Star Treck e fizeram justamente para lembrar-se dos antigos colonizadores que eram tratados como deuses pelo habitantes das terras distantes.

Lembra:

Os tripulantes da interprise pousaram em um planeta onde o Deus se chamava V-yager; na tradução que fizeram em português se falava em deus VIGIR, e naquele planeta os habitantes realmente cultuavam como Deus aquele objeto que tinha vindo do espaço.

Resumindo, para não e ficar chato para os leitores, quando Capitão kirk limpou as inscrições do objeto apareceu a letra O e viram que era o satélite da terra chamado Voyager, que não era Deus e muito menos fazia milagres.

Agora tratando especificamente do tema OVNI (para todos) existe um ruído de que a Voyager já não conseguiria enviar sinais tão claros pela distancia, mas o que se capta são estranhos sons como se estivesse dentro de outro objeto com propulsão própria. Quem tiver uma noticia diferente ou contrária, por favor, poste. Um abraço a todos, mas infelizmente sei que ninguém vai contestar.

Cris
Cris

Puxa... que bacana incubus!!! :)

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Já viu o dinheirão que a NASA não deve gastar para pagar ao fornecedor de internet (ou sinal rádio) para comunicar com a Voyager-1?

:-)

clark
clark

envia dados sim e demora 16 horas para chegar aqui... nao afirmo eu ja li isso, valeww

Marcelino S. de Melo
Marcelino S. de Melo

Quem sabe um dia no futuro distante pousa alguém aqui e diz: - Acho que isso aqui é de vocês, não joguem lixo no espaço sideral dos outros kkkkkkkkkkkkkkk

marcos
marcos

As ondas de rádio e as ondas luminosas são casos especiais de ONDAS ELETROMAGNÉTICAS, que diferem entre si na freqüência (as ondas luminosas possuem freqüência muito maior do que as ondas de rádio). Todas as ondas eletromagnéticas se propagam com a MESMA VELOCIDADE NO VÁCUO. Assim sendo a resposta é positiva para o vácuo.

Em meios materiais a velocidade de propagação dessas duas classes de ondas eletromagnéticas podem ser diferentes pois é comum que em meios materiais a velocidade de propagação das ondas eletromagnéticas dependa da freqüência. Esta dependência, por exemplo no vidro, já é perceptível até entre ondas luminosas com cores diferentes: o luz violeta se propaga um pouco menos rapidamente do que o luz vermelha. Este fenômeno de a velocidade de propagação depender da freqüência é denominado DISPERSÃO. Uma evidência da DISPERSÃO é a decomposição, por um prisma, da luz branca em luzes coloridas

Ceticismo Total
Ceticismo Total

Pois é amigo Fernando,

.

Se me afastar 50 metros do roteador daqui de casa já era.

.

Como diria o Zeca Pimenteira do Zorra Total: Eu sempre quiz uma rede wi-fi interestelar.... kkk

.

Sds.

Cris
Cris

Aí a terra responde.... "Não sei quem fui!" kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ceticismo Total
Ceticismo Total

Como sempre ficamos apenas com as migalhas da tecnologia realmente existente.

mifongo
mifongo

pois é!! kkkkkkkkkkkkkk

Rubara
Rubara

A nossa Galáxia é a Via Láctea, certo?

vulgo07
vulgo07

....Rubara....o teu comment tava na noderação...só aparecia a correção, por isso parecia confuso....

.

Abç

© 2014 OVNI Hoje!. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.
close next picture next picture
Original Picture...
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
,