web analytics

Pedaço de alumínio trabalhado de 300 milhões de anos é supostamente encontrado na Rússia

21/01/2013 | Por n3m3 | 192 Comentários Mais
Compartilhe com a galáxia:

A seguinte notícia foi encontrada no site beforeitsnews.com, sendo originária do site KP UA Daily:

Teria esta peça de alumínio trabalhado 300 milhões de anos?

Teria esta peça de alumínio trabalhado 300 milhões de anos?

A Voz da Rússia está reportando que um pedaço de alumínio trabalhado de 300 milhões de anos foi encontrado em Vladivostok.  Especialistas dizem que a engrenagem parece ser manufaturada e não o resultado de forças naturais.

De acordo com Yulia Zmanskaya, quando um morador de Vladisvostok estava acendendo o fogo durante uma noite fria de inverno, ele encontrou um metal em forma de trilho, que estava incrustado em um dos pedaços de carvão.

Impressionado pela sua descoberta, o cidadão decidiu procurar pela ajuda de cientistas na região de Primorye.  Após o objeto metálico ter sido estudado por especialistas, o h0mem ficou chocado de saber sobre a suposta idade da descoberta.  O metal trabalhado, supostamente tinha 300 milhões de anos e ainda os cientistas sugerem que ele não foi criado pela natureza, mas sim manufaturado por alguém.  A questão de que poderia ter fabricado uma engrenagem de alumínio no início do tempo na Terra permanece não respondida.

A descoberta trata-se de um trilho de metal dentado, criado artificialmente. É parecida com peças que muitas vezes se encontram em microscópios, ou outros dispositivos técnicos e eletrônicos, disse a escritora Natalia Ostrowski no KP UA Daily.

Hoje em dia, encontrar estranhos artefatos em carvão é uma ocorrência relativamente frequente.  A primeira descoberta deste tipo foi feita em 1851, quando os trabalhadores de minas de Massachusetts extraíram um vaso de zinco e prata incrustado em um bloco de carvão, que datava do período Cambriano, de aproximadamente 500 milhões de anos.

Sessenta e um anos mais tarde, cientistas estadunidenses de Oklahoma descobriram um pote de ferro dentro de um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Então, em 1974, uma peça de alumínio de origem desconhecida foi encontrada em uma pedreira de arenito da Romênia.  A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico e não poderia ter sido manufaturada por humanos.  Todas estas descobertas não somente surpreenderam os peritos, mas também desafiaram as doutrinas mais fundamentais da ciência moderna.

O pedaço de metal recentemente encontrado por um morador de Vladivostok é mais outra descoberta que deixou os cientistas perplexos.  A pedra de carvão na qual o objeto estava incrustada foi entregue para Primorye das minas Chernogorodskiy, na região de Khakasia.  Sabendo que os depósitos de carvão desta região datam de 300 milhões de anos, os peritos russos supõem que o metal encontrado nestes depósitos deve ter a mesma idade do carvão.

aluminio reconstrução

A peça acima poderia ter sido parte de um sistema de engrenagem como mostrado nesta foto.

Uma outra questão que interessa aos cientistas russos é se a liga de alumínio é de origem terrestre.  A partir dos estudos de meteoritos, sabe-se que existe alumínio-26 extraterrestre, o qual subsequentemente se deteriora para magnésio-26.  A presença de 2% de magnésio na liga pode muito bem apontar para a origem extraterrestre deste pedaço de alumínimo trabalhado.  Ele também pode ser evidência de alguma civilização desconhecida na Terra.  Mesmo assim, mais testes serão necessários para confirmar esta hipótese.

Este é o primeiro achado em carvão feito na Rússia, de acordo com a pesquisadora e bióloga Valery Brier, que retirou amostras microscópicas do material para teste.  Brier analisou o objeto através de análise de difração de raio-X.  Os testes mostraram alumínio puro com somente 2 a 4% de micro impuresas de magnésio.  A análise foi também conduzida por Igor Okunev, do Instituto de Física Nuclear de São Petersburgo, que confirmou a idade do material, de acordo com Natalia Ostrovsky.

Veja abaixo as fotos dos outros objetos encontrados, que foram  mencionados no início da artigo:

 

Vaso

Vaso de zinco e prata incrustado em um bloco de carvão, que datava do período Cambriano, de aproximadamente 500 milhões de anos.

 

pote de ferro que havia sido impressado em um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Pote de ferro encontrado dentro de um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Então, em 1974, uma peça de alumínio de origem desconhecida foi encontrada em uma pedreira de arenito da Romenia.  A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico e não poderia ter sido manufaturada por humanos.

Peça de alumínio de origem desconhecida, encontrada em uma pedreira de arenito da Romênia. A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico.

Como sempre, o OVNI Hoje não pode atestar pela veracidade dos alegados fatos aqui publicados.  Trazemos estas informações para que os nossos leitores possam avaliá-las por si mesmos.

n3m3

Fonte: beforeitsnews.com

Termos recém pesquisados:

Compartilhe com a galáxia:

Tags: antiguidade, arqueologia, artefatos, mistério, OVNI Hoje

Category: Fotos, Notícias, OH

close next picture next picture
Original Picture...
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE