Pedaço de alumínio trabalhado de 300 milhões de anos é supostamente encontrado na Rússia

A seguinte notícia foi encontrada no site beforeitsnews.com, sendo originária do site KP UA Daily:

Teria esta peça de alumínio trabalhado 300 milhões de anos?

Teria esta peça de alumínio trabalhado 300 milhões de anos?

A Voz da Rússia está reportando que um pedaço de alumínio trabalhado de 300 milhões de anos foi encontrado em Vladivostok.  Especialistas dizem que a engrenagem parece ser manufaturada e não o resultado de forças naturais.

De acordo com Yulia Zmanskaya, quando um morador de Vladisvostok estava acendendo o fogo durante uma noite fria de inverno, ele encontrou um metal em forma de trilho, que estava incrustado em um dos pedaços de carvão.

Impressionado pela sua descoberta, o cidadão decidiu procurar pela ajuda de cientistas na região de Primorye.  Após o objeto metálico ter sido estudado por especialistas, o h0mem ficou chocado de saber sobre a suposta idade da descoberta.  O metal trabalhado, supostamente tinha 300 milhões de anos e ainda os cientistas sugerem que ele não foi criado pela natureza, mas sim manufaturado por alguém.  A questão de que poderia ter fabricado uma engrenagem de alumínio no início do tempo na Terra permanece não respondida.

A descoberta trata-se de um trilho de metal dentado, criado artificialmente. É parecida com peças que muitas vezes se encontram em microscópios, ou outros dispositivos técnicos e eletrônicos, disse a escritora Natalia Ostrowski no KP UA Daily.

Hoje em dia, encontrar estranhos artefatos em carvão é uma ocorrência relativamente frequente.  A primeira descoberta deste tipo foi feita em 1851, quando os trabalhadores de minas de Massachusetts extraíram um vaso de zinco e prata incrustado em um bloco de carvão, que datava do período Cambriano, de aproximadamente 500 milhões de anos.

Sessenta e um anos mais tarde, cientistas estadunidenses de Oklahoma descobriram um pote de ferro dentro de um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Então, em 1974, uma peça de alumínio de origem desconhecida foi encontrada em uma pedreira de arenito da Romênia.  A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico e não poderia ter sido manufaturada por humanos.  Todas estas descobertas não somente surpreenderam os peritos, mas também desafiaram as doutrinas mais fundamentais da ciência moderna.

O pedaço de metal recentemente encontrado por um morador de Vladivostok é mais outra descoberta que deixou os cientistas perplexos.  A pedra de carvão na qual o objeto estava incrustada foi entregue para Primorye das minas Chernogorodskiy, na região de Khakasia.  Sabendo que os depósitos de carvão desta região datam de 300 milhões de anos, os peritos russos supõem que o metal encontrado nestes depósitos deve ter a mesma idade do carvão.

aluminio reconstrução

A peça acima poderia ter sido parte de um sistema de engrenagem como mostrado nesta foto.

Uma outra questão que interessa aos cientistas russos é se a liga de alumínio é de origem terrestre.  A partir dos estudos de meteoritos, sabe-se que existe alumínio-26 extraterrestre, o qual subsequentemente se deteriora para magnésio-26.  A presença de 2% de magnésio na liga pode muito bem apontar para a origem extraterrestre deste pedaço de alumínimo trabalhado.  Ele também pode ser evidência de alguma civilização desconhecida na Terra.  Mesmo assim, mais testes serão necessários para confirmar esta hipótese.

Este é o primeiro achado em carvão feito na Rússia, de acordo com a pesquisadora e bióloga Valery Brier, que retirou amostras microscópicas do material para teste.  Brier analisou o objeto através de análise de difração de raio-X.  Os testes mostraram alumínio puro com somente 2 a 4% de micro impuresas de magnésio.  A análise foi também conduzida por Igor Okunev, do Instituto de Física Nuclear de São Petersburgo, que confirmou a idade do material, de acordo com Natalia Ostrovsky.

Veja abaixo as fotos dos outros objetos encontrados, que foram  mencionados no início da artigo:

 

Vaso

Vaso de zinco e prata incrustado em um bloco de carvão, que datava do período Cambriano, de aproximadamente 500 milhões de anos.

 

pote de ferro que havia sido impressado em um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Pote de ferro encontrado dentro de um pedaço de carvão de 312 milhões de anos.

Então, em 1974, uma peça de alumínio de origem desconhecida foi encontrada em uma pedreira de arenito da Romenia.  A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico e não poderia ter sido manufaturada por humanos.

Peça de alumínio de origem desconhecida, encontrada em uma pedreira de arenito da Romênia. A peça, de restos de um martelo, datava do período Jurássico.

Como sempre, o OVNI Hoje não pode atestar pela veracidade dos alegados fatos aqui publicados.  Trazemos estas informações para que os nossos leitores possam avaliá-las por si mesmos.

n3m3

Fonte: beforeitsnews.com

Arquivado em: Fotos, Notícias, OH Tags: , , , ,

PARA COMPARTILHAR ESTE ARTIGO EM SUA REDE SOCIAL, UTILIZE OS ÍCONES À ESQUERDA DA TELA.

...

SE VOCÊ NÃO ACESSOU NOSSA PÁGINA PRINCIPAL, ESTÁ PERDENDO UM UNIVERSO DE INFORMAÇÕES: OVNIHOJE.COM

...

Outros artigos de interesse:

Aeronave atípica é fotografada sobre a região de Wichita, Kansas – EUA Aeronave atípica é fotografada sobre a região de Wichita, Kansas – EUA
Chuva de meteoros Lirídeos é esperada para noite de 21 de abril Chuva de meteoros Lirídeos é esperada para noite de 21 de abril
Notícia espetacular e histórica: encontramos outra Terra no Universo Notícia espetacular e histórica: encontramos outra Terra no Universo
Cáucaso russo efetua monitoramento de corpos celestes, etc. Cáucaso russo efetua monitoramento de corpos celestes, etc.

190 Comentários para "Pedaço de alumínio trabalhado de 300 milhões de anos é supostamente encontrado na Rússia"

  1. AAMR disse:

    Pelo que se sabe a 300 milhões de anos não era para ter ninguém na terra.
    Os nossos Arqueólogos vão ter muito que explicar. hahahaha

  2. Ramon Lemos disse:

    Isso ae é bobagem , é coisa pequena !!
    Existe muito mais objetos sobre a arqueologia secreta !
    A elite global esconde os fatos .

    EU acredito que a elite já sabem a muito tempo de onde vinhemos , porque estamos aqui , outros mundos etc !

    Ou uma explicação um pouco tanto convincente, é o homem to futuro indo pro passado em busca de minérios ou fazendo pesquisas . Acabou morto por algum dinossauro e sobrou o martelo e seus objetos pessoais .
    Não ria não , isso é bem provavel , não é toa que existem diversossssss filmes relatando o homem indo ao passado …

    A serie terra nova fala exatamente sobre isso , acredito que a civilizaçao atlanta era homens do futuro indo pro passado .

    • Neto Formiga disse:

      Não não meu amigo, o pessoal de Atlanta não são do futuro, são da Austrália, eu sei, eu sei, é um lugar bem diferente, mas é daqui e do presente mesmo
      .
      (hehe, não pude evitar)

      • Neto Formiga disse:

        brinquis, corrigindo, (confundi com Sidney, não me peguntem como, to muito bem hoje não), é do estado da Georgia, salvo engano, nos E.U.A.

    • Vizzy disse:

      Concordo plenamente, por enquanto esta é a melhor resposta para esse mistério.

    • Joel disse:

      É verdade pq se esse pedaço veio do futuro ele seria mais velho que hoje.

    • Cris disse:

      Não sei não… mas se viessem do futuro, estariam “eles” usando um martelo?
      .
      ou
      .
      será que antigamente já teriam descoberto um jeito de viajar para o passado?
      (eu acho neste caso improvável…)
      .
      e se fosse o caso, pq este período em especial?

      • fotografo disse:

        Cris voce captou tudo, isso é uma grande mentira, o martelo foi colocado ali, entalharam a pedra, colocaram o metal e enfiaram o cabo de madeira, como uma madeira duraria 300 milhões de anos? só idiota acreditaria nisso, acredito que nenhum de voces seje um idiota. Obs. Só o martelo estava “encrustrado” de metira na pedra.

    • jpgomes disse:

      Vídeo muito bom sobre arqueologia antiga…. Vale a pena assistir…. http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=kQv5xvrUn-s
      Abraços

    • Sr. Spok disse:

      eu também acredito nisso. Gostaria tanto de ser mais informado, mas parece que escondem alguma coisa de nós! Porque?

      • Senhor Spock disse:

        Só pra avisar aos desavisados. Este aí a quem respondo é FAKE.
        Obs: Francamente…não sei se é uma “homenagem” ou uma falta de originalidade tremenda de sua parte!
        http://images.quebarato.com.br/T440x/eu+sou+spock+leonard+nimoy+sao+paulo+sp+brasil__621AB3_1.jpg
        .
        Saudações HUMPF!

        • Lua Pequena disse:

          Boa noite Sr. Spock !
          Eu já havia percebido isso a algum tempo. Inclusivo estive para fazer um comentário a esse respeito, mas fiquei meio receosa , pois de repente ,você poderia ter mudado seu estilo de escrita. Fique tranquilo, assim como eu , diversos já devem ter percebido isso. Grande abraço !
          Saudações vulcanas !

          • Senhor Spock disse:

            Olá Lua Pequena…
            Obrigado pela consideração e observação!
            Isso é pra você ver como podem existir inúmeros comentaristas com o “mesmo” nick-avatar…mas o que irá diferenciar é justamente o que você escreveu. O teor e estilo de comunicação!! É como uma assinatura própria…uma impressão digital!
            .
            Enquanto isso…nada do que me preocupar. Estou a treinar edições de vídeo e creio que estou melhorando. Acabei de assistir El Cid e resolvi fazer um tributo postando no You Tube e assim treinar um pouco mais. Algo como um relaxamento até mesmo para um tema totalmente diferente do que racionalizamos e debatemos aqui. É como disse para o Neme tempos atrás…Um momento descontração. A música final de El Cid cantada em Coral é no mínimo soberba!! Meu gosto e opinião…
            Saudações Vulcanas.

            • Lua Pequena disse:

              Boa noite Sr. Spock !
              Gosto e opinião ,perfeitos!
              A música é , realmente soberba e bate profundo na alma da gente.É arrepiante !
              Grata.
              Abraços.
              Saudações lunares !

    • Zafar disse:

      Concordo com você. Os donos do mundo não querem que os simples mortais conheçam a verdade.

  3. Sakya disse:

    Quem está datando esses objetos? Está com cara de ser o avô de alguém.
    “Olha vô o que achei!” “Aaah meu neto, isso é coisa antiga, da época da sua avó..uns 500 milhões de anos por baixo….”
    ¬¬

    • starcraft disse:

      Você pode datar um objeto usando vários métodos cientificos por exemplo o teste de carbono18 usado para datar fosseis.

      • Valdeci disse:

        Amigo essa datação é feita através do Carbono-14!

      • r4f4b3ml0c0 disse:

        Este tipo de teste é feito através das camadas de rocha onde os artefatos, ou fósseis são encontrados, dai vem essa idade de 500 milhões de anos, ou 200, então ele é baseado no processo geológico, não carbono, e datação por carbono tem um limite, não lembro mais é por uns 20.000 anos, depois já era, e não funciona direito com metais, tão pouco com pedras, por isso os fósseis são datados pela camada de rocha onde são encontrados, pois são rochas, não ossos. E para estar entre carvão, ou foi posto lá por um terremoto, uma fenda, ou foi deixado com a matéria que originou o carvão( que eu não sei como se forma ; ) ….) então provavelmente o que foi datado foi o carvão, não o artefato. Espero ter esclarecido. Tem uns videos legais na rede sobre contradições arqueológicas, vale dar uma pesquisada e ampliar o conhecimento.

        PS: Minha opinião é que já estamos aqui nesse planeta a bilhões de anos, e fomos dizimados por desastres naturais, guerras ou ets, sempre sobra alguns, e começamos de novo, e denovo e novamente, como os maias acreditavam, dai vem essa lenda da atlantida, e o que esplicaria muita coisa fora de lugar.

        • sapo disse:

          Rafa é bem loca essa sua ideia :D :D

          • fran disse:

            É louca não, Sapo.

            Ele tem razão.
            O limite de datação por carbono não chega a 300 milhões de anos.
            Embora o r4f4b3ml0c0 tenha colocado como 20.000 anos, o correto é que a data limite de datação do 14C é de aproximadamente 70.000 anos.E, somente para materiais como carvão, madeira, turfa, solo, sementes, pollen, ossos, conchas calcáreas, casca de ovo, couro, pelos-cabelos, papel, gelo e água, tecidos, cerâmica, pinturas rupestres, espeleotemas, resinas e colas.Logo, chega-se a conclusão que o que dataram foi o carvão e não o material metálico, mesmo assim, o próprio carvão não poderia ser datado pelo 14C devido ao tempo.

            http://www.oceanografia.ufba.br/ftp/Geologia_Marinha/AULA_6%20_Metodos_Datacao.pdf

            É estranho como conseguiram chegar a conclusão que o pedaço de metal tem 300 milhões de anos.

            • sapo disse:

              Fran, beleza :D

              Traduzindo: “bem loca” = genial

              Bem loca ou genial é a hipótese colocada por ele:

              “PS: Minha opinião é que já estamos aqui nesse planeta a bilhões de anos, e fomos dizimados por desastres naturais, guerras ou ets, sempre sobra alguns, e começamos de novo, e denovo e novamente, como os maias acreditavam, dai vem essa lenda da atlantida, e o que esplicaria muita coisa fora de lugar.”

              No mais foi também um trocadilho com o nick dele “r4f4b3ml0c0 ” ;)

              Bjs

            • JorgeRDM33 disse:

              Fran e sapo, talvez seja essa a resposta.
              .
              “Como a meia-vida do carbono 14 é de 5.700 anos, ela só é confiável para datar objetos de até 60 mil anos. No entanto, o princípio usado na datação por carbono 14 também se aplica a outros isótopos. O potássio 40 é outro elemento radioativo encontrado naturalmente em seu corpo e tem meia-vida de 1,3 bilhão de anos. Além dele, outros radioisótopos úteis para a datação radioativa incluem o urânio 235 (meia-vida = 704 milhões de anos), urânio 238 (meia-vida = 4,5 bilhões de anos), tório 232 (meia-vida = 14 bilhões de anos) e o rubídio 87 (meia-vida = 49 bilhões de anos).

              O uso de radioisótopos diferentes permite que a datação de amostras biológicas e geológicas seja feita com um alto grau de precisão. No entanto, a datação por radioisótopos pode não funcionar tão bem no futuro. Qualquer coisa que tenha morrido após os anos 40, quando bombas nucleares, reatores nucleares e testes nucleares em céu aberto começaram a causar mudanças, será mais difícil de se datar com precisão.”
              .
              http://ciencia.hsw.uol.com.br/carbono-142.htm
              .
              Um abraço :-)

              • Gabriel Lobo disse:

                Desculpe a minha ignorância sobre o assunto, mas se o universo tem supostamente 13,7 bilhões de anos, como afirmar que o Tório e o Rubídio tem suas “meias-vidas” com tempo maior do que a própria existência do Universo? Como prever a meia-vida de algo de “49 bilhões de anos”?
                Se puder explicar ou citar uma fonte que explique isso ficarei muito grato.
                Grande Abraço.

        • Cyberjunior disse:

          Esta sua teoria da qual também compartilho opinião semelhante foi colocada no filme Matrix , Zion a ultima cidade humana ja teria sido reconstruida diversas vezes.

        • Edison40 disse:

          Pois é, sempre tive essa impressão, inclusive tenho muitas dúvidas quanto se os “extras” não são apenas civilizações terrenas que sairam da Terra a milhares de anos e voltaram ……
          .
          Abraço a todos…..

        • paulo disse:

          Somos deuses.A única espécie que durou bilhões de anos, fora as bactérias.Sei…Faz mais sentido ser uma simulação que é refeita de tempos em tempos.

          • r4f4b3ml0c0 disse:

            Não há deus se não o homem, viva a sociedade alternativa…. Brincadeiras a parte, estrapolei a datação, o que pretendia dizer é que eu acredito, que, como espécie somos muito mais antigos do que nossa arqueologia diz que somos… vejamos nossa sociedade, se algo realmente catastrófico acontecesse, supervulcões, meteoros, ou um apagão geral da rede elétrica, quanto tempo levaria para nosso conhecimento se perder, meses, anos, horas… então se os sobreviventes não fossem fisicos, quimicos, matematicos, ou pessoas com um amplo conhecimento, o que provavelmente não seriam esses que sobreviveriam, então haveria uma redução gigantesca em nossa cultura e sociedade, pois “somos” muito dependentes do sistema social e infraestrutura para sermos espertos, e fazer todas as maravilhas tecnológicas que usamos… em um cenário sem computadores, bibliotecas(livros, se não forem bem conservados se perdem em anos,ou menos), com poucos recursos para sobrevivencia, haveria uma redução significativa de humanos, e o conhecimento se perderia em décadas, em séculos seriamos história, em milenios seriamos uma lenda, dependendo das condições e do lugar, não sobraria nada de nossa sociedade. Opinião pessoal, nada muito cientifico.

  4. joseafonsoazevedo disse:

    SE A 300 MILHÕES DE ANOS ATRÁS JÁ EXISTIAM PESSOAS INTELIGENTE NA TERRA, NÓS NA EPOCA DE HOJE, ERA PRA TÁ BEM MAIS EVOLUIDOS! SERÁ QUE ESTAMOS FICANDO CADA VEZ MAIS BURROS?

    • Francis disse:

      Dizimadas como ou com os dinossauros!!
      Tudo tem que recomeçar do zero!!

    • Eduardo LBM disse:

      É que de tempos em tempos nós nos dizimamos e depois temos que começar tudo de novo! Por isso não evoluímos!
      .
      Sobre estarmos ficando mais burros, sou obrigado a concordar, pois em apenas 30 anos eu presenciei um emburrecimento real na população. As pessoas não tem mas discernimento, não lêem mais, não observam as coisas à sua volta, simplesmente agem como bois indo para um matadouro. Apenas caminham!

      .

      • Sergio disse:

        Quando a bíblia fala das cidades e civilizações que foram extintas pela ira de Derus, eu não posso deixar de lembrar das nossas civilizações terráqueas que a arqueologia já descobriu tem estado em nosso planeta.

        Daí eu penso, quando os profetas que lançaram os textos bíblicos narram essas passagens, será que é mesmo uma profecia ou será que eles apenas tentaram explicar o sumiço de tantas civilizações, extintas por desastres naturais que sempre ocorreram e sempre ocorrerão no universo como um todo?

        • Francis disse:

          Fica para mim apenas a dúvida, se foram DESASTRES NATURAIS Provocados ou simplesmente Naturais!!!

        • Senhor Spock disse:

          Fico com sua segunda opção.
          E moderação…favor liberar este comentário e o anterior para o meu comentarista-Fake.

      • Gliese581g disse:

        Concordo com você Eduardo, as pessoas não estão tendo o minimo de cuidado com o próximo! Repara que muitas vezes poucas são as pessoas que desviam você na rua, pareçe que eu somos invisíveis!

        Abrçs

      • paleoseti disse:

        Complementando….A 30 anos atras, não tinha:
        >BBB, funk e afins
        >Tantos profissionais incompetentes, em várias áreas
        >Tantos jovens alienados e ignorantes
        >Tantos bandidos
        >Tantas familias desestruturadas
        >etc…
        .
        Mesmo assim, tem muita gente que acredita que estamos evoluindo
        Pessoalmente, acredito que estamos indo para um o buraco e se não acontecer algo extraordinário, para que se faça uma ruptura, cairemos nele.

      • alex lima disse:

        Eduardo,voce,sempre com sensatez pensa com logica.As pessoasteem repudiado os ensntos bíblicos que são ,não apenas o caminho que nos leva ao Pai,mas,ensinamentos para qualquer ser pra que viva melhor na sociedade,amando e respeitando seus semelhantes.
        No livro do Eclesiastico,p/ exemplo,existe uma verdadeira escola de como viver bem,livro este que foi excluido da bíblia protestante.
        A perca da racionalidade torna os individuos gradualmente irracionais e consequentemente burros.Ao meu ver,o sistema quer isso,uma vez irracionais destruirão uns aos outros e despovoarão a terra.Quando vejo alguem falando contra Jesus ou seus ensinamentos,vejo o quanto estão regredindo,ou que sequer evoluiram em 2.000 anos,não tenho nem palavras para tais,pois,Jesus é o verbo encarnado que nos instruiu com palavras e sinais.O catolicismo,nascido desde a contagem do tempo cristão fortaleceu-se a ponto de ser um forte opositor ao sistema e suas trapaças.E´como o exemplo dos gravetos,um sozinho pode ser quebrado facilmente,mas um feixe não pode.È obra do sistema causar uma confusão mental nos individuos,assim em vez de serem inteligentes regredirão.Usam a midia,filmes,desenhos,documentarios,fatos historicos,provas produzidas,tudo com a finalidade de enfraquecer a igreja e assim dominarem completamente.

        • paulo disse:

          A Biblia tá cheia de genocídio em nome de Deus.E tome espada em crianças e mulheres.Não serve de guia moral para ninguém.Se o mundo melhorou um pouco, foi por afastar religião do poder politico(pelo menos em algumas partes do mundo).E chega de papinho paranóico para se justificarem.Vocês é que tem crimes históricos para se justificarem.

      • fotografo disse:

        E voce Eduardo, onde fica nesta historia?

  5. sapo disse:

    Tentando entender os fatos, pergunto: Qual a possibilidade destas peças irem parar onde pararam devido a ação de fendas profundas na crosta terrestre devido a ação de terremotos, tempestades e vulcões, por exemplo?

  6. Alfonolbr disse:

    Caramba!
    .
    Isso é incrível!
    .
    Quer dizer que houve alguma civilização (de alguma espécie) que habitou a Terra há 300 anos…
    .
    Nossa, fiquei confuso… Isso vai contra minhas crenças!
    .
    Vou pesquisar a respeito!
    .
    Hebete
    .
    Abraços

    • Alfonolbr disse:

      Qual a chance destes objetos serem da própria raça humana?
      .
      Pense na possibilidade futura, onde as viagens no tempo serão possíveis! Estilo aquele seriado Terra Nova.
      .
      Daqui mil anos o ser humano já destruiu mais de 90% da Terra e decide utilizar uma maquina do tempo para voltar uns 300 milhões de anos e recomeçar direito.
      .
      Parece impossível e papo de louco, mas falavam a mesma coisa sobre o avião e os smartphones com FaceTime.
      .
      Abraços.

      • r4f4b3ml0c0 disse:

        Ai vai depender de como o tempo funciona, se for linear a idéia é boa, se for de multiplas e infinitas linhas temporais, o esforço é em vão, pois só vão alterar uma das linhas, e possivelmente não seja a sua. mas a ideia é legal.

      • Marcelino S. de Melo disse:

        Um relato de viagem no tempo verídico para uns e grande ficção para outros:
        Operação Cavalo de Troia: Um major, de nome não revelado, e um piloto voltam no tempo até a época de Jesus Cristo e presenciam muitos fatos narrados na Bíblia. Na verdade a Biblia é tomada como referência, uma vez que contém as datas e eventos da época. Fornecem, também, dados da sociedade da época: costumes, leis (principalmente as leis do judaismo), crenças (judaícas e pagãs, geografia, ambiente, etc). O major, que durante a viagem adota o nome de Jasão, é escolhido para a operação pelo seu ceticismo e imparcialidade, mas quando encontra Jesus – o Mestre – é tocado profundamente por sua mensagem e a narrativa ganha um tom delicado e humano.
        Os detalhes da vida de Jesus, assim como as conversas em que Ele fala abertamente sobre sua origem divina e sobre o que é a sua missão na Terra, deixam claro que a Igreja Católica teria passado longe da mensagem original. A diferença entre os acontecimentos presenciados pelo Major e os narrados nos textos sagrados é enorme, mas compreensível. Segundo as próprias observações da personagem, os evangelistas nem sempre estavam presentes aos acontecimentos que narraram anos depois e, mesmo quando estiveram, sua formação cultural não permitia que compreendessem totalmente os acontecimentos.
        Segundo esta obra, a mensagem de jesus fala de um Deus-pai – sempre bom e generoso. Um Deus que não exige templos nem rituais. Algo que precisa ser vivenciado para ser compreendido, e que não pode ser comprovado, como desejavam os militares (e a ciência).
        E ele JC, ao se encontrar a sós finalmente, com o Major da força área americana, de modo extraordinários identifica o major como um viajante do tempo sem que ele sequer abrisse a boca para revelar-se agradece pelos esforços da pesquisa no tempo e ao ser perguntado sobre o dogma da Trindade sorri e diz: Não vim a este mundo para ser transformado em um Deus e muito menos justificar pecados, como os homens do seu tempo pregam em sues templos.
        Será que já é possível terem hoje essa tecnologia, a viagem foi na década de 60??? Mistérios.

        • xuxuzinha disse:

          boa tarde marcelino! vc poderia passar a fonte do seu texto? achei interessante. obrigada!!

        • Marcelino S. de Melo disse:

          Correção: As viagens no tempo do Major e seu co-piloto foram várias e começaram supostamente em 1973, embora esta obra é considerada ficção, para alguns o Major existiu e seu história verdadeira. Eu pessoalmente não duvido de mais nada, e mesmo que seja ficção é uma boa história.

        • EnteHumano disse:

          Muito bom caro Marcelino S. de Melo.
          Estava acompanhando o assunto e já ia mencionar estas obras… Lembro-me de ter lido até o 4 (isso na época em que foram lançados em português), hoje já tem até o 9. São obras que realmente te fazem pensar os fatos por outro prisma, e diga-se de passagem, os fatos relatados tem uma coerência muito maior do que os divulgados pelos meios oficiais. Na época fiquei bem impactado com o que li!
          Hoje não acredito em viajem no tempo, pelo simples fato que o passado passa a não mais existir a cada instante. Todo o universo está em permanente movimento e transformação… Tudo muda a cada ínfima fração de tempo. Se jogo uma bola para o alto ela cai, se jogo ela novamente, estarei jogando com um corpo diferente (células morreram e outras nasceram neste “meio tempo”) a Terra não estará mais na mesma posição e nem o sistema solar, aliás nada mais será como no momento em que joguei pela primeira vez. Ora, como poderemos voltar ao momento em que a bola foi jogada pela primeira vez? O universo nunca mais estará “daquele jeito”, eu nunca mais terei os mesmos átomos compondo o meu corpo, o planeta nunca mais estará naquela posição… Aquilo tudo deixou de existir no mundo físico, só existirá na minha memória. Penso que o mesmo se aplica para o futuro. Como irei para amanhã, por exemplo, se a Terra ainda não chegou na posição que estará amanhã? Me parece que esta possibilidade de viajem no tempo só é possível pelos conceitos distorcidos que temos de passado, presente e futuro. Penso que na realidade só existe o agora, passado e presente são conceitos puramente intelectuais humanos que não existem no mundo da matéria.
          Agora, se falarmos em “registros” do que já se sucedeu (sem a possibilidade de interferência nossa, apenas consulta) ai é outra conversa, creio que isso exista e seja possível acessarmos. Isso até corrobora com filosofias como a Espírita, o Hinduísmo e outras… Inclusive estes registros serviriam de base para a aplicação natural do Karma.
          Mas vamos parar porque estamos “fugindo do assunto”.
          Um fraterno abraço.

        • Senhor Spock disse:

          Segundo a FICÇÃO criada por Benítez…plagiada de um outro livro; a história foi em 1973 em pleno coração de Israel cujo o general Curtiss, chefe do major se revelou apenas um fanático religioso que queria o sangue do JC, trazido de volta pelos dois militares, para cloná-lo e “salvar” a Terra…Humpf! E olha que o livro 9 é um tijolão…mais de 600 páginas dismistificando João batista e Salomé e com evidente introdução de intervenções extraterrestres travestidas de anjos…só para adequar ao livro plagiado pelo esperto espanhol. Detalhe: a predecessora de Operação Cavalo de Tróia, segundo a criação de Benítez, foi a Operação Marco Pólo, a experimental! Ufa!

  7. Francis disse:

    Publicado em 25/08/2012
    ” Esculturas antigas, mostrando dinossauros com humanos…

    Pegadas fossilizadas de dinossauros e homens descobertas lado a lado…

    e altos níveis de radiação encontrados nos ossos de um Tiranossauro Rex…

    Será que os dinossauros foram vítimas de uma colisão cósmica? Ou foram deliberadamente dizimados?”

    http://www.youtube.com/watch?v=OPkMuqz0jwU

    Se juntarmos as peças, tudo acaba fazendo sentido!!

    • Marujo disse:

      (Pegadas fossilizadas de dinossauros e homens descobertas lado a lado…)

      Francis:
      Curiosidade típica de um “não-cientista”:
      lado a lado, o “dono e seu mascote”?
      lado a lado, o “dono e seu lanchinho”?
      e quem era quem?

  8. Valdeci disse:

    É parece que a nossa história está mal contada, incrível ironia, esperamos o futuro revelar a verdade e no entanto ela pode estar no nosso passado!

  9. joseafonsoazevedo disse:

    FRANCIS. FOI OU NÃO FOI, EIS A QUESTÃO.

  10. Stella disse:

    Um dia, verdade vem á tona, e descobrimos, que os povos antigos não eram primitivos como se pensava. . Cada dia aparecem mais evidencias, que comprovam essa teoria, vejam a cidade de Puma Kumpu., ruínas com cortes e encaixes precisos, que nenhum homem da caverna conseguiria fazer com suas armas primitivas. E agora, devemos esperar a explicação que os arqueólogos vão dar.

  11. RayN disse:

    Hipoteses: 1) Calculos de idade estão errados. Em algum momento o Carbono 14 ou outro elemento pode ter tido sua atividade acelerada.
    2) Os objetos podem ter sido afundados em um terremoto ou na queda de um meteoro.
    3) O mundo pode ter tido civilizações mais antigas do que pensamos, de antes de nossa era conhecida, de antes do surgimento dos dinossauros (ou juntos a esses).

    • Neto Formiga disse:

      deixa eu der minha opinião pra cada uma dessas ai:
      .
      1) Os cálculos podem estar errados mesmo, mas isso é pouco provável se tiverem sido usadas mais de uma técnica de datação, o carbono 14 as vezes erra, mas geralmente por conta re reagentes ou contato e exposições diversas e posteriores da sua origem, assim, quando da errado, normalmente é datando pra menos. (assim, há a possibilidade de muitos registros antigos estarem errados com datação mais recente, e na verdade ser quase tudo assim tão mais antigo)
      .
      2) Mesmos que os objetos tivessem sido afundados, teriam se fossilizados, e não incrustados e meio ao carvão, até por que o carvão é um processo de fossilização vegetal e mineral, gerados da decomposição e acumulação de algumas substancias biológicas.
      .
      3) Totalmente possível ao meu ver, e até mesmo (oia as teorias surgindo na mente ai), o nosso não aclamado elo perdido, ter vivido na mesma época na qual os dinossauros foram dizimados ‘-’ quem saberá saber…
      .
      essa é minha opinião

    • fran disse:

      Opinando sobre a 1ª hipótese:

      (” Em algum momento o Carbono 14 ou outro elemento pode ter tido sua atividade acelerada.”)

      A datação de amostras, por Carbono, muito velhas de aproximadamente 35.000 anos requer pelo menos 100 g de carbono, por amostra.

      Eles devem ter usado outro método de datação para o carão que não o 14C.

  12. Leafarh disse:

    Ah sim, encontraram uma engrenagem de alumínio de 300milhões de anos de acordo com os testes realizados por quem mesmo ?
    Lendo novamente deu um rolo aqui na minha cabeça, primeiro A tal de yulia começa relatando, mas não diz quem ela é. Segundo aparece a tal de Natália (escritora que quer dizer de onde peças como aquela são usadas) e por fim a bióloga valery diz que foi feita a datação do material. E por fim o tal do Igor do instituto de física comprova a idade do material.
    Isso para mim parece um telefone sem fio….

  13. kon fran disse:

    Srs.,

    Bem, isto mostra + uma vez que o Karran havia dito a verdade sobre nós… transcrevo parte do diálogo entre a contatada Bianca e o Extraterrestre do livro “As possibilidades do Infinito”.

    Bianca – As muitas raças, existentes na minha Terra, são de diferentes mundos. Como você me disse, nossa origem vem de diferentes mundos, inclusive do seu, então por que nos abandonaram?
    Karran – Vocês nunca foram abandonados. Eis uma prova da nossa presença: não estamos aqui? Nossa presença foi sempre sentida em seu mundo. Em todas as épocas, sempre estivemos aqui. E seus registros mostram isto. Num tempo ainda desconhecido do homem da sua Terra, por uma razão que não pudemos evitar, o planeta luz (referindo-se ao sol) emitiu forte carga de energia que atingiu seriamente o seu planeta e todo o seu sistema solar. Isto impediu qualquer viagem de socorro a sua Terra, devido a barreiras magnéticas que se formaram em torno do seu planeta como também, em torno de todos os corpos celestes existentes dentro do seu sistema, bloqueando os canais de comunicações e ligações. A sua Terra ficou assim desligada e sem nenhuma ajuda por aproximadamente três mil anos do seu tempo. Nossas naves não tiveram condições para romper esta grande intensidade de energia, desprendida pelo planeta luz, que atingindo a sua atmosfera danificou grandemente o sistema de proteção à vida no seu planeta.
    Isto resultou em grandes prejuízos para a humanidade. O seu planeta foi deslocado de sua posição original, o mar trocou de lugar com a terra, invadindo e destruindo nossas cidades, como também quase toda espécie de vida. Seus dias ficaram mais curtos, porque a rotação da sua Terra foi bastante acelerada. O desastre maior, o que causou seu desligamento com os habitantes de outros planetas, foi à penetração em sua atmosfera de excesso de radiações solares, que afetaram enormemente seus cérebros. A penetração desta radiação em seu planeta se deu devido a uma ruptura em uma das camadas de proteção. Ruptura esta causada por fortes ondas magnéticas provocadas pelo excesso de explosões solares. Quando, finalmente, tudo se acalmou e as condições de turbulência passaram, retornamos à sua Terra. As primeiras imagens que tivemos não foram boas. Tudo o que era nosso havia se acabado, os lugares antes habitados tinham desaparecido. O homem tinha perdido todo o seu conhecimento. As pessoas, que aqui havíamos deixado, não mais existiam neste planeta e as gerações que restaram não mais nos reconheciam, chegando mesmo a nos confundir com deuses. Pois o homem consciente ou inconscientemente traz dentro de si o conhecimento de algo superior. E que, sempre nós esperamos que esta força superior venha do céu. Isto porque quase todos os seus neurônios haviam sido danificados pela radiação. E, com eles, todo conhecimento que tinham foi esquecido, todos estavam embrutecidos e inconscientes, mas a vontade que tinham de sair daquela situação era tão grande, que um dos registros do homem não foi destruído; o que mostrava que a única maneira de sair seria se a ajuda viesse de cima (do céu). Tentamos ajudá-los, cedendo novamente muitos dos nossos recursos e informações, mas quando recusávamos qualquer gesto de adoração, ficavam furiosos e se negavam a aceitar que não éramos criadores ou deuses e, sim, pessoas iguais a todos. Por isso, não havendo condições para que pudéssemos corrigir esse defeito, nós recebemos instruções para nos afastarmos do homem da sua Terra.

  14. André disse:

    Sem desprezar as hipóteses de que a datação pode estar incorreta e/ou que a história seja uma fraude, podemos trabalhar com a possibilidade de seres (humanos?) do futuro terem vindo fazer pesquisas no passado remoto do planeta e “esquecido” esses objetos por lá.

    • r4f4b3ml0c0 disse:

      Possível, porém pouco provável, pois se eles voltassem, eles saberiam através da história que tal objeto foi deixado para trás e voltariam antes de partir e avisariam a si mesmos que eles iriam esquecer algo, ou voltariam e buscariam esses objetos, não acredito que uma civilização que consiga viajar no tempo cometa erros de poluição histórica, teoricamente isso poderia destruir seu futuro, alterando ele para uma realidade diferente, onde quem desenvolveu a máquina do tempo não exista, isso considerando um universo e uma linha de tempo linear e única, em casos de multiplos universos ou linhas temporais, a coisa complica, ai sim é possível, mas ainda assim pouco lógico, o que esses caras super avançados estariam fazendo com martelo? e teria ao invés de um pedaço de engrenagem acho que teria uma máquina inteira. Minha opinião, meio cientifica mas não muito.

    • Sergio disse:

      Engrenagens no futuro?

      Será mesmo que uma tecnologia super avançada ainda precisaria de forma mecânica em suas máquinas ?

      • r4f4b3ml0c0 disse:

        Acredito que sim, tirando coisas espirituais e ou psicodélicas, sim acredito que não importa o nivel tecnológico de uma civilização ainda terá engrenagens, rodas e circuitos, os materiais podem, e provavelmente sejam diferentes, mas acredito que ainda existirão elementos mecanicos básicos, pois funciona, é simples de trocar, e fáceis de fazer.Minha opinião pessoal é que sempre haverá elementos sólidos em qualquer máquina de qualquer civilização, não importa quão avançada seja.

  15. calimêro disse:

    Imforme oficial: Esta era a engrenagem de um balão metereológico que caiu em uma mina de carvão,com o impacto o material se fundiu ao carvão,dando a impressão de fazer parte do mesmo,ponto final.

    • Neto Formiga disse:

      balão meteorológico, com engrenagens?
      .
      esses balões são feitos de bombril, só pode, mil e uma utilidades, servem de desculpas pra tudo, acho que quando eu fizer alguma besteira, bater o carro ou algo assim, já sei o que vou dizer hehe.
      .
      “balões meteorológicos”

  16. calimêro disse:

    informe

  17. christian disse:

    então… uma questão interessante… a quem possa interessar…. o “vaso” (foto com fundo vermelho) parece muito com um “cadinho”

    (cadinho
    ca.di.nho
    1 Vaso de argila refratária, porcelana, grafita, ferro ou platina, geralmente em forma de tronco de cone, e próprio para nele se fundirem metais e outros minerais; crisol. 2 Parte do forno em que se realiza a fusão. 3 Prova: O cadinho da experiência.)

  18. Valdemir Faleiros disse:

    Vaso de 500 milhões de anos? Esse vaso com certeza deve ter pertencido a algum antigo Imperador chines…

  19. Maharet disse:

    Salvo erros de datação, na minha opinião, essa descoberta indicaria que a humanidade se reconstrói de tempos em tempos. Como na lenda hinduísta de criação, expansão e retração, se alternando. Talvez estejamos seguindo o mesmo caminho de nosso antepassado de outras civilizações, afinal “Quem não recorda o passado está condenado a repeti-lo.”

    • r4f4b3ml0c0 disse:

      Culturas mais antigas tem esses pensamentos, brilhante citação…. : )

      • Maharet disse:

        Estava lendo o que vc comentou como Paulo, sobre como a sociedade perderia o conhecimento, e me lembrou um livro que li. No enredo a maior parte da humanidade é dizimada, e os poucos sobreviventes são pessoas comuns. Durante muito tempo eles sobrevivem com os restos da civilização, produzindo muito pouco. O personagem central tenta mas não consegue estimular as pessoas, a pelo menos, tentar manter o conhecimento, e assim as novas gerações sabem cada vez menos. Todos pensam só na sobrevivência imediata. A verdade é que a grande maioria de nós sabe muito pouco de como as coisas funcionam, a maioria se limita a sua área de conhecimento. Acredito que em poucas gerações regrediríamos a Idade Media.

        • alex lima disse:

          Utiliza-se a tecnologia e todo seu farto material a disposição,mas são poucos os que sabem desenvolver e produzir tudo.Sábias palavras.”’

          • Maharet disse:

            Tudo ninguém sabe, entretanto existem pessoas capazes de produzir conhecimento, existem os curiosos e existem os gênios. Só que percebo que são uma pequena parcela da população. A grande maioria passa toda a vida sem jamais sair de sua zona de conforto, são os seguidores, não contestam, não questionam, não pensam.

  20. Marcelino S. de Melo disse:

    O GÊNERO HOMO E SUA SUBESPÉCIES ATÉ O SURGIMENTO E PREDOMÍNIO DO HOMO SAPIENS SAPIENS, NÃO PASSA DE UMA TENTATIVA EXECUTADA POR VISITANTES EXTRATERRESTRES QUE JÁ POSSUÍRAM VASTAS COLÔNIAS NO PLANETA TERRA, HÁ MILHÕES DE ANOS PARA REPOVOAR O PLANETA COM SERES DA ESPÉCIE HUMANA, APÓS A EXTINÇÃO DAS ANTIGAS E TECNOLOGICAMENTE AVANÇADAS CIVILIZAÇÕES QUE AQUI VIVERAM NO PASSADO REMOTO. ISSO UM DIA VAI DEIXAR DE SER ENREDO DE FICÇÃO PARA VIRAR A MAIS PURA VERDADE PALEONTOLÓGICA E ARQUEOLÓGICA. ESSES ARTEFATOS ENCONTRADOS ESTÃO SOB O MESMO MANTO DE SEGREDOS OBSCURIDADE QUE A ORIGEM DOS OVNIS, POR PARTE DE QUEM DESEJA A HUMANIDADE IGNORANTE, MANIPULÁVEL E SERVIL.

    • fotografo disse:

      Marcelino, estes que voce fala ai acima é voce.

    • Leo D'Alessandro disse:

      Cara vc perdeu a moral quando disse que o cubo acolhedor da lampada (vulgo poste de luz) em uma foto tirada e que dava impressao de ser alguma coisa flutuando sobre uma cidade era uma “nave do tipo cruzadora”… se liga cara não acredite em tudo que te contam… acredito que a opiniao do amigo rafbemloco sejam as mais corretas.

    • Lua Pequena disse:

      Boa noite Marcelino!
      Tenho a mesma opinião que a sua !
      Acho sim, que os extras estiveram aqui , como acho que ainda estão. ,sempre com o intuito de fazerem experiências com o ser humano , para aperfeiçoá-lo e torná-lo cada vez mais parecido com eles mesmos.
      Essas viagens remontam a tempos imemoriais . Antes mesmo da existência de vida neste planeta, pois na minha opinião,opinião esta , de lega em termos arqueológicos,os cientistas do cosmo, viajantes das galáxias ou qualquer outro termo que caiba para designá-los, estiveram pelos diversos mundos , mundos estes pesquisados , estudados e analisados por eles mesmos , espalhando as sementes da vida .Inseminavam o planeta e esperavam até que desse frutos. Então voltavam e realizavam novas experiências e assim sucessivamente.
      Bem ! Essa é a minha opinião !
      Desculpem se viajei na maionese !
      Abraços caro amigo!

  21. André disse:

    Esse site aqui lista várias descobertas desse tipo em uma série de 3 partes. Os achados vão de cordões de ouro a esqueletos humanos modernos e solas de sapato!

    http://misteriosantigos.50webs.com/arqueologia-proibida.html

  22. Bianca Vidigal disse:

    ooii (:
    aah, eu acredito sim que pode ter vindo e ter sido fabricado por aliens fora da terra..
    quem a 300 milhões de anos atrás saberia realizar um tipo de trabalho deste? não tem lógica..

  23. marcelone disse:

    Daqui 300.000.000 de anos restará alguma evidência da nossa existência?

  24. RCa disse:

    Quando aparecem notícias deste tipo por ai, é importante o leitor ter cautela. Diria que em uns 95% dos casos, como o deste artigo, se tratava de um simples HOAX. Fotos são copiadas de outras fontes sem vínculo algum, os nomes não batem com as instituições de pesquisa e o país de origem é sempre de uma língua de difícil tradução, como no caso , Russo. (novidade..).

    Se puxarmos do beforeitsnews.c0m, o artigo vincula junto a notícia, aquele artefato que foi desmascarado aqui mesmo no OH, o que se dizia ser engrenagens pré-históricas mas na verdade eram Fósseis.

    Mecanismo de 400 milhões de anos
    http://ovnihoje.com/2012/03/20/mecanismo-de-400-milhoes-de-anos/

    Além do site-raiz (talvez o de origem), trazer notícias de porte duvidoso:
    http://kp.ua/daily/140113/374931/

    Incrivelmente esta notícia da máquina ainda rola por ai propagada como verdade e esta “Nova Descoberta” possui todos os indícios de ser água da mesma fonte. Mas hoje em dia.. hoax cheira a hoax… nem é preciso cavar tanto para perceber.

    Приветствия

  25. Tales disse:

    A questão é…

    Que a plebe ( Nós ) vamos ser sempre os ultimos a ficar sabendo das coisas, como sempre foi…

    Enquanto só os mais poderosos ($$$$$$) sabem de tudo, nós ficamos na brincadeira da adivinhação e da especulação…

    Quando eu for rico eu conto pra voces hehehe ok ?

  26. Facepalm disse:

    Correções ao texto:

    “fazendo o foto” => fazendo o fogo

    “impuresas” => impurezas

  27. adotta disse:

    Ainda acredito na teoria que aqui houveram várias evoluções, vários recomeços..

  28. FFernandes disse:

    300/312/500 milhões de anos : Saber como estes valores são dados ? no chute ….

    Melhor classificação a estes objetos é que foram manufaturados por alguém ,

    quanto as datas registradas pelos analistas são épocas muito recente …kkkkkkkkkkk

  29. WAGNER SECHAS disse:

    Acredito que o passado sempre nos mostra a verdade !

  30. Valdemir Faleiros disse:

    Muito interessante certas coisas, né gente?! Sim, interessante… Temos algo que pertenceu a Jesus? Alguma coisa que foi de Maria? Ou até mesmo, alguma ferramenta que foi de José? Não! Estranho isso, né…Não temos nenhum objeto que foi dessas pessoas que aqui viveram há pouco mais de 2000 anos, e por outro lado temos um vaso de “500 milhões” de anos novinho em folha… Me engana que eu gosto, vai…Eita vazinho bem conservado esse, em sô…obs: Até uma criança de 5 anos, consegue perceber que isso não tem mais que alguns milhares de anos…

    • Maharet disse:

      Pode até ser provado que este vaso é bem mais novo do que 500 milhões de anos, mas o que isso tem a ver com não termos encontrado nada de Jesus, ou da sagrada família?Onde uma coisa elimina a outra?

  31. Luiz Rasiel disse:

    É uma analogia estranha ou mais alguém concorda comigo que esse negócio de esperar a confirmação da existência de vida extraterrestre é como ter certeza de que a mulher tá traindo mas não tem uma prova material!! :D

  32. Lissao disse:

    O que me deixou perplexo foi a história de como o russo encontrou o pedaço de alumínio e teve a iniciativa de encaminhar o pedaço para um cientista?!?! Não conheço a cultura russa, não faço idéia de como eles são, mas imagine se eu tivesse a mesma boa vontade aqui no Brasil, de levar o pedaço de alumínio a um cientista. Levaria em alguma universidade, no departamento de ciencias exatas e ou biológicas, pediria para falar com algum “doutor”, imagine o chá de cadeira que levaria. Depois de muito espera viria um auxiliar administrativo dizendo que não tinha ninguém para me receber e sobre o que se tratava. Mostraria o pedaço para o funcionário e diria que gostaria que analisassem o material. Ele com certeza me olharia friamente e diria: deixa aqui que depois eu entrego. Entregaria com muita desconfiança, mas com certeza retornaria para saber em qual dos móveis da sala deste funcionário o pedacinho de alumínio estaria servindo como calço….ahahahahaha

    • Cristina Santos disse:

      Lissão tudo bem? Contrariando você eu já fiz algo parecido eu adoro mato gosto mesmo, e um dia em um passeio que fiz sai andando polo mato, e próximo a um local onde tinha muitas pedra, comecei a olhar as pedras e comecei a observar com mais cuidados e vi que tinha algo de diferente, separei algumas e as levei a uma Universidade de onde morava me receberam foram super atenciosos e deixei o que levei com eles e poucos dias depois me contactaram e os levei até o local, enfim descobri algo eles me comunicaram com muita alegria que foi emocionante enfim tá lá, mudei de estado, mais fiz porque era o correto, porque era uma coisa diferente do que eu ja tinha visto e acertei, eles podem ter feito o mesmo por que não acreditar?

  33. Derico disse:

    Todos os dias eu entro no site mas não sou muito de entrar nas discussões. Prefiro apenas acompanhar o que os frequentadores comentam. E gostaria de dizer que estou gostando muito do nível dos debates, sem ofensas e com muito respeito aos colegas. Parabéns ao OH e aos usuários!!!

  34. arrobita disse:

    As teorias que dizem que houve várias destruições completas de civilizações terrestres e tudo começou de novo tem todo o cabimento e isso levanta a questão de não levar muito a sério quem diz da existência de extraterrestres na antiguidade do nosso planeta, afinal seríamos nós mesmos num estado bem evoluído que acabou se destruindo e recomeçando tudo de novo. Porquê relacionar tudu sempre com os extraterrestres? O Universo está cheio de vida inteligente, porquê eles andarem sempre por aí? Haverá sítio muito mais interessante e com mais recursos que no planeta Terra.

  35. Sel disse:

    Vamos as teorias… viagem no tempo sempre teria de ser linear, ou seja, hipoteticamente não posso enviar para o passado algo que lá não existisse, ou seja, seria desintegrado no momento do retorno espaço/tempo (em tese é o que e teoria diz). Então os viajantes do tempo sempre teriam de ir em direção ao futuro, à frente do exitente ponto de origem… A única maneira de ordem inversa seria se (veja bem, escrevi “se”) nossa linearidade não é conforme condicionamos, então estaríamos vivendo de trás para frente ( benjamin burton que o diga, rs) então, caminhamos para o princípio na verdade e toda a produção ascendente chega ao nosso conhecimento… Se as pirâmides ficaram ocultas por séculos, imaginem o que mais está oculto “em baixo” de nossos pés! Se os moais estão sendo só agora escavados na Ilha de Páscoa… Dizem que datam de 5 mil anos atrás… há uma imensa dificuldade de datação em pedras, queridos meus… nunca são precisas na checagem… melhor mesmo é a utilização paleomagnética, mesmo assim datamos a pedra e não quando ela foi manipulada… é só por aproximação mesmo… enfim, estão somente agora descobrindo o óbvil, ou seja, que eles tem corpos! E o que tem abaixo dos corpos dos moais??? Imagine quando conseguirmos compreender o rico contexto da humanidade! Ah… será simplesmente fantástico (se não destruirmos tudo antes!)

    • Marcelino S. de Melo disse:

      Não entendi porque o tempo teria de ser sempre linear e acho que já existem teorias onde o passado , o presente e o futuro coexistiriam, as teorias sobre universos paralelos são uma das alternativas para o paradoxo temporal, toda viagem no tempo ao passado geraria um realidade alternativa ou flecha do tempo paralela. Acredito que algumas teorias baseadas na Teoria das Cordas apoiaria essa ideia de universos paralelos.

      • Sel disse:

        Marcelino, teorias não se mostraram “na prática” a viabilidade, enfim, na prática, seja de luz ou de aceleração de partículas, aliás se pergunte porque acelera-se prótons (LHC) e porque a ejeção solar (EMC) é justamente dos mesmos… enfim, na prática caímos sempre no “não existente” em relação a um despreendimento espaço/tempo “anterior”. Compreendo a teoria das cordas com propriedade, entretanto não a exequibilidade do tráfego, chame como chamar, túneis de minhoca, vortex, enfim… o que vemos é que podemos diminuir o “espaço tempo”, ou seja, de fato estar a 30 seconds to mars, rs, mas em um contexto realmente linear. Além do contexto do “paradoxo” lidamos com o contexto da impossibilidade do “universo infinito”, isto é possivel sim, mas só para H.G.Wells!!! Enfim, não estou falando de teorias, realmente o contexto “passado” até cientificamente se aprendeu que fica “no passado”! Beijos em seu coração!

        • Marcelino S. de Melo disse:

          Viajantes do tempo é uma das minhas possíveis explicações sobre ovnis, posso riscá-la da lista então. shshshshshs
          Um outro beijo no coração

          • fran disse:

            Marcelino….

            Já ouviu falar em John Titor?

            Sua presença foi revelada no ano 2000, no “Instituto Viagem no Tempo”. Ele dizia ser um soldado americano de 2036.
            Entre outras coisas, se dizia um viajante do tempo e sugeriu que OVNIs e visitantes alienígenas podem, também, serem viajantes no tempo de muito mais longe no futuro de que seu próprio tempo(2036) e, que possuam máquinas do tempo superiores as deles (do seu tempo 2036).

        • Marcelino S. de Melo disse:

          Só mais uma questão Sel , você disse que hipoteticamente seria possível viajar ao Futuro,contudo, se um viajante do tempo se deslocar para 50 anos no futuro, para o ano de 2063 ele obviamente pretenderia assim que terminasse sua excursão ao futuro retornar ao seu tempo ou seja 2013. Pois bem:
          Se ele interagisse e fizesse amizade com um observador no ano de 2063 e retorna-se depois ao tempo presente 2013, para este observador que pertence ao futuro e do ponto de vista deste, o seu amigo viajante do tempo estaria então na sua viagem de Volta, saindo de 2063 para 2013 ou seja retornando ao passado. Presume se então que quem poderia viajar para o futuro e retornar, também poderia viajar ao passado, pois a viagem teria que ter ida e volta não ????????????

          • Sel disse:

            Marcelino querido, tudo é lindo e maravilhoso até chegar no paradoxo da continuidade, ou seja, se eu criar um movimento nucleico no tempo ( funciona como rotatória infinita ) ele sempre existirá, repetindo-se ciclicamente, como se você colocar um espelho na frente do outro ( pelo menos é o melhor modo que “tento” explicar como é que isto funciona mais compreensivamente possível) então você entra em Looping, ou seja, sempre que o linear chegar à marca terá de retornar e isto de modo infinitesimal impedindo a contunuidade sempre e sempre novamente. O mesmo não ocorre linearmente, pois então cria-se uma “lacuna” , seria como um “jump”, porém em continuidade (evitando o “vício” do ciclo) e na verdade o tempo que se “pulou”, supondo que o indivíduo tenha feito o percurso, ele “perdeu” (lapso) mas não houve um nado causado na continuidade que pudesse afetar outras realidades “ao infinito e além”… Outra coisa, foi, foi, não tem volta… sem risco de não existência, entre outros critérios, pois o viajante para o futuro “existe em seu tempo”. Enfim, lhe indico um link ( não sou adepta de tudo que ali está, ok? Mas é uma síntese interessante). É é o único modo de lhe demonstrar como isto funciona a nível de análise consciente. Beijos em seu coração! http://www.xr.pro.br/FC/paradoxtime.html

            • Marcelino S. de Melo disse:

              Vou dar uma olhada mas sei que com o passar do tempo e o conhecimento humano sobre o tempo e espaço forem aumentando, acredito que muito do que hoje é em teoria uma certeza científica poderá ser modificado ou até revisto. Por enquanto só podemos teoria em cima do conhecido por nós. Pessoalmente acho que os cientista estão apenas engatinhando nesse campo de estudos. Exemplo: Eu ainda espero ver um dia mesmo que esteja de cabelos brancos a teoria da Relatividade ser obrigada a modificar-se ou até abandonada em virtude de novas descobertas que poderão acontecer.Não sei porque sempre achei desde adolescente que a velocidade da luz não é a maior do universo. Pena que não tenho a menor idéia de como provar isso. kKKKKKKKKKKKKK

    • edale43 disse:

      Boa Noite Sra Sel! Como gostaria de possuir neurônios com desenvoltura para assuntos tão complexos! ….; mas que aguçam a minha curiosidade até o ponto de quase neurose. Desde meados da década de setenta venho tentando montar este “quebra-cabeça” desta nossa dupla realidade: essa q agente usa no dia-a-dia em busca do “bem-estar” e outra bem mais sutil, velada que tolhe o conhecimento da grande massa humana em relação ao assunto central aqui do blog e tantos outros, como este que trata do destino daquilo que se descobre abaixo dos nossos pés e que podem explicar questionamentos q são próprios do nosso senso de existência. Tenho garimpado na visão de alguns pesquisadores, “tentando comer esse mingau por outras beiradas”, como: Jean-Jacques Servan-Schreiber (Desafio Mundial), José Rodrigues dos Santos ( O Codex 632), Paul Krugman ( A Desintegração Americana), Carlos Marques (Lá Sou Amigo do Rei). O conhecimento desses autores, entre outros ñ citados, jornalistas por coincidência, me levaram a entrecruzar fatos cujo desenrolar descambou em uma “AGREMIAÇÂO” especifica que teima em ser pano de fundo em vários fatos históricos. E o que mais me chamou a atenção foi descobrir, que uma ata dessa “agremiação” possui um calendário quase gregoriano, mas só que acrescido de 3.000 anos. Assim temos um calendário para esta aGremiação de 5.013 anos. Tenho uma desconfiança de q essa turma faz parte da outra realidade e começaram a esconder coisas desde aquela época. Algo muitíssimo importante estava acontecendo a cinco mil anos atrás que moldou tudo o que vivemos a partir de então: tanto na área política, social e com metas cronológicas cumpridas a risca.

      Abraços!

      • paulo disse:

        Illuminatis.

      • Sel disse:

        edale43, fico muito feliz em encontrar pessoas que lêem, digo leitura de fato, na verdade posso discorrer com muito poucas pessoas sobre conteúdos acadêmicos e até publicações. Raramente expresso pontos de vista como constatações, exceto se eu tiver uma base bastante sólida para me arriscar a este ponto, pois optei por uma escolha de vida diferenciada e nada confortável, assim sendo, não há como ter um olhar passivo sobre minha atuação social, ou se identificam ou simplesmente causa repulsa. Enfim, observo que justamente pela falta de conhecimento histórico, científico e transcendente, a informação se tornou do mesmo modo que a opção de alimentação hoje em fast food, existe sim uma grande oferta de alimentos, mas lhe digo com propriedade que se oferece “veneno” em grande escala… enfim. Não consigo encontrar esta “oferta de verdade” na net, mas encontrei (garimpando muito mesmo) dois sites maravilhosos, sendo um nosso OH que realmente tem um interesse na verdade isento de associações. Enfim, as literaturas existentes e substanciais sobre o contexto da verdade não estão facilmente acessíveis simplesmente porque quem compreende o que se passa não facilita… assim temos nossas literaturas e obras de arte neste patamar e, para ajudar um pouco, agora tudo que “vale à pena” virou “patrimônio da humanidade” (tombado!). As ofertas da “verdade” lucram à mil e criam seus líderes ricos com as vendas de livros!! hehehe, enquanto os livros que realmente nos valem, não estão à venda! E depois o que temos? Temos “os copiadores” que posicionam estas pessoas com ações absurdas como “guardiões da verdade”, mesmo sabendo que pessoas como Tesla, Chaplim, Michelangelo, entre outros… Nem quero citar alguns de nossa atualidade para não causar “frissom”, mas tinham (e tem) uma vida “bastante reclusa” , limitando a convivência realmente à quem desejava ouvir… Um de meus diletos “divulgadores” da verdade foi Mark Twain e sua obra ” o estranho misterioso” conta tanto… tanto… que até produziram um desenho para desvirtuá-la, poucos que lêem captam de fato a essência do que ele demonstra “desnudamente” para nós como um “presente” de quem sabia demais, rs, dedico-lhe uma frase dele que tem realmente conteúdo, beijos em seu coração! “A diferença entre a verdade e a ficção é que a ficção faz mais sentido “.Mark Twain

        • Bond...James Bond disse:

          Sel bom dia!! sempre muito bom te lêr….

          Gostaria de te aporrinhar mais um pouco sobre o “tempo”….vi a alguns coments acima vc conversando com o Marcelino sobre o tema( que sempre queimou meus modestos neurônios) e concordo contigo sobre a impossibilidade de alteração do passado,.. gostaria da sua opinião a respeito do que após muitos neurônios mortos conclui….acredito que o passado fica impresso no cosmos de alguma maneira que não sei explicar e o máximo que poderíamos fazer e acessar uma gravação que ainda assim teria de ser levado o fator “espaço” da questão….o futuro ficaria em “aberto” com “N” possibilidades ( daê os tais “paralelos” que a partir dos movimentos do tempo presente poderiam ser efetivamente concretizados ou desaparecerem”)….e por fim o tempo presente que para mim seria como um “funil” que pega todas essas ramificações de possibilidades futuras e a transformaria em uma unica linha impressa e imutável. .. ….tô quente ou frio??? Abçs!!

          • Sel disse:

            Muito quente aliás… alguns teóricos associam nossa identidade genética ao “de javú” o que de fato pode até ser passível em questão de quando relacionamos um lugar como se já tivéssemos estado ali, mas nunca estivemos de fato, porém cria um buraco imenso quando sabemos o que outro vai responder ( uma frase criada em meio a imensidão de alternativas… parece bem com Neo na Matrix, não? rs), então teoricamente nosso cérebro processaria em uma extrema velocidade as possibilidades e alternativas selecionando as mais plausíveis e nos informaria “antes” do evento… não mesmo? rs, não podemos lidar com alternativas que fazem parte da decisão e da vontade de alguém “fora” de nós mesmos… por isto me preocupa tanto nosso sistema de comunicação atual, assim como os jogos e ainda televisores que identificam “som e movimento”, pois lidam com reações múltiplas criando algorítimos de resposta da população em uma velocidade vertiginosa… mas não quero depositar minhas angústias sobre você, querido Bond… apesar que uma grande parcela da população se permite tornar “previsível” sem compreender que o faz… Gostaria muito de sugerir que assitisse um filme chamado “A viagem”, mas vá desprovido de todas estas teorias que nos apresentam “em nosso tempo”, deixe o viés da narrativa te conduzir da falta de entendimento total à plena compreensão da persistência ( quando o assisti diversas pessoas sairam do cinema nos primeiros 30 minutos!!!) Com certeza os “irmãos matrix” apresentam “algo” ali, vale à pena “observar” e certamente será fantástido discorrer contigo “suas” conclusões! Somos sim “consequências”, mas autores da “sequência”!!! Beijos em seu coração querido meu!

            • Bond...James Bond disse:

              Querida Sel…meu Oraculo, rsr…..sincronicidade pura!….assisti a este filme neste final de semana e gostei muito, como a sinopse entregava muito pouco realmente assisti desprovido de “pré-conceitos”,… na minha sala ninguém foi embora( pelo menos que eu tenha visto)…mas ouvi borburinhos de reclamações durante o filme inteiro e após tbm…confesso que fiquei com a impressão de que os eventos não puderam ser explorados de maneira mais plena devido ao tempo de duração do filme( oque me instigou a querer lêr o livro), mas realmente me chamou atenção particularmente a forma de “futuro” apresentada com a “nova Seul”( realmente de arrepiar e se preocupar)…e um pós apocaliptico de deixar mad max no chinelo…mas o final deixa uma esperança bacana…na verdade estou atrás do livro, para ter uma opinião mais “balizada” a respeito…mas é o tipo de filme que vai fazendo mais sentido a medida que o anos vão se passando…
              Então estou quente quanto as questões “temporais”?? putz, bom saber que meus neurônios não morreram em vão…rs…vou continuar pesquisando seguindo esta linha então e se tiver sugestões agradeceria!….quanto ao que disse sobre os identificadores de “som e movimento” confesso que fiquei intrigado…e se pudesse gostaria de saber um pouco mais sobre o assunto….mais uma vez de coração te agradeço…Beijos!

              • Sel disse:

                Que bom querido meu! Seguindo a linha de raciocínio das interações (inclusive a que Hanks ouvia e via!) compreenderemos que Da Vinci no auge de sua carreira “desaparece” por 2 anos e simplesmente “retorna” não somente dissecando cadáveres, mas também produzindo todo conteúdo armamentista que “temos até hoje”… pode o passado influenciar o futuro? Claro que sim, óbvio que sim, nós mesmos não somos o resultado do que nos contaram que somos? (sem paranóias… mas quem faz teste de dna para saber se é quem disseram que é? Rs… aliás testes de dna nunca são um bom negócio para quem quer a verdade, não é mesmo, FHC que o diga, dna do filho negativo em 2 estâncias, mas o que ninguém conta é que também é negativo para a “mãe”, certamente o teste está “errado”… afinal ela só fez um pequeno procedimento para “engravidar”… hehehe) Aí cutucaremos os babies boom da vida e tentaremos compreender como duas populações, a despeito de tudo e de todos, tornaram-se tal qual são… (China e India) e me parece, querido meu, que não encontro muita gente perguntando “porque” não… aliás desde sempre todos procuram “caminho para índias” não é mesmo, inclusive o saudoso Jobs, rs… 7 meses para ser aceito pelo “clã”, mas saiu de lá um “novo homem” … um novo e “proeminente” homem… Claro que somos um resultado, mas também somos uma resultante e como tal programadores… que façamos “jus” a tão grande oportunidade da “vida” e da produção que nela executamos. Ah querido meu, esta tv aí é um nó… primeiro inventaram um problema: achar o controle remoto, rs, já o fizeram até de vilão (lebra-se?) pois é… agora resolveram o problema: sumiram com ele! A que preço? Isto aí vai piorar… acredite… Deixo-lhe o link abaixo, se puder, leia o Estranho Misterioso! Chalo que insentivo grandemente a ler o livro Cloud Atlas! Espero que o lancem em português para ser de acesso a quem não domina o inglês… aliás, aguarde… vão investir nesta língua como nunca aqui :( enfim.. segue o link, beijos em seu coração ! (PS- ESPERO JAMAIS SE IMPOSTO QUE TENHAMOS UMA EM CASA…snif) https://www.youtube.com/watch?v=yUgL4erl6Uk

                • Sel disse:

                  ooops, erratas: “CLARO que insentivo a ler!” e que jamais “seja” imposto! Bjs! :D

                • Bond...James Bond disse:

                  Mais uma vez agradeço os “toques”…e por sinal é a 2ª vez que me indica o estranho misterioso…tem algum link que conheça? não encontro nenhum, consegui o 1º capitulo e fiquei realmente instigado para lêr o resto…quanto ao que disse sobre o aprender inglês….minha empresa acabou de ser comprada por uma gigante americana que tem mais de 100 fabricas nos E34 , Europa…Ru22i4…agora vão investir pesado por aqui ( fechando varias fabricas que eles tem por lá)…rs..sinais dos tempos?? Bjs!

        • edale43 disse:

          Obrigado Sra. Sel pela gentileza da indicação. Li algumas resenhas, mas já estou providenciando o livro para Lê-lo. Entendo suas reservas. Na minha forma de “garimpar” algumas informações o que importa, para mim , não é identificar o “fomentador dos fatos “ a “nível social”, mas é arcar com o ônus do distanciamento, por ser um “desvio padrão” do comportamento “esperado”, onde a estatística do comportamento produzido é medida a cada segundo. Quando conseguimos “enchergar” “algo “, por mais anuviado q esteja, começamos a dizer não e ai nos tornamos um estorvo ehehehehe!
          Abraços!
          Nós somos Luz, Nós somos Paz, Nós somos Amor!

    • Senhor Spock disse:

      Sel…me permita uma teorização looooonga. Não vou usar a descrição Continuum espaço-tempo mas sim vou utilizar a nomenclatura Continuum temporal( mas você pode abarcar o espaço nesta definição se ficar racionalmente mais confortável ). Vou utilizar de metáfofa xinfrim para expor essa teorização. Eis os…”personagens”:
      Presente( futuro se estiver no passado ) >> Música 1(segundo trecho)
      Viagem no tempo/intervenção >> Música 2.
      Realidade ou Continuum temporal >> Fita-cassete.
      Eu >> Viajante do tempo.
      .
      Não sei se vou me fazer entender, pois estou digitando com uma certa pressa para fazer outras tarefas…
      Algumas frases eu coloquei entre aspas para melhor interpretação própria…ou não! vamos lá…
      .

      Pois é, Sel…tantas teorias. Acredite…uma que me pareceu viável a “milhares de anos atrás” visualizei PARTE em um gibi(pasme!).
      .
      Veja: Tire o espaço. Pense só no conceito Tempo. Como se fosse uma fita magnética das antigas fitas-cassetes. Uma música está gravada nela. A partir de qualquer ponto podemos começar uma outra gravação.
      .
      Assim sendo imaginemos que eu seria esse “ponto viajante” que ao chegar na época desejada já altera toda a “linearidade” da música( os fatos daquela única linha temporal) anteriormente gravada…Pois bem, a gravação( o viajante do tempo ) já está em curso linearmente a partir do momento que adentrou na época desejada. Veja que estou tratando a fita-cassete como a única realidade existente, solapando completamente a idéia, ao meu ver, errônea de criação automática de realidades paralelas de quando acontece uma intervenção no tempo.
      .
      Então continuando…estou naquela época do tempo vivenciando o mesmo continuum temporal que estaria vivendo aqueles que deixei no futuro (meu presente). Ora…então os acontecimentos que minha presença poderia ocasionar só estão sendo “registrados” enquanto eu estiver vivenciando naquela época do tempo a partir do ponto em que adentrei. Aí eu resolvo “voltar ao meu presente”(futuro) antes de chegar no ponto que saí dele!
      .
      Isso na fita-cassete é observável de quando você tem ela com uma música gravada, aí resolve gravar uma nova música não no início da anterior, mas sim a partir de um momento depois. Usa-se este “espaço” alterado na música anterior …mas quando resolve parar a gravação e retornando ao ponto de saída para continuar a ouvir a música anterior no ponto em que estava…esse tecido do continuum temporal “permanece”, pois o agente físico/energia(eu) voltou ao seu “próprio tempo”.
      .
      No entanto… do ponto em que eu saí do passado(antes de chegar no ponto de saída( futuro/ “meu tempo presente” – que partiu para fazer a viagem ao passado)…ficou uma lacuna com a música anterior. Para adequação da nossa racionalidade >> você tem uma fita cassete gravada com a música 1 e está ouvindo-a. Pára e grava um trecho da música 2 antes do início da música 1. Para e retorna a ouvir a música 1 a partir do momento em que tinha parado anteriormente para gravar a música 2. vai ser uma coisa assim > Música 1(primeiro trecho) – Música 2 – Música 1(segundo trecho).
      .
      Observe: o continuum temporal é o mesmo tanto para quem está no passado como para quem está no futuro. Quando adentrei no passado, eu alterei um trecho dele. O que tinha antes não foi alterado. Mas o que foi alterado ficou neste trecho, pois se eu resolvo “chegar até o ponto” em que marcou minha saída do “meu presente”/futuro…DEPENDENDO da extensão temporal…eu não conseguiria chegar até este ponto, sabe porquê? Por causa do continuum temporal ser o MESMO para qualquer momento.
      .
      Ex: Se eu saio em viagem no tempo daqui de 2013 para o ano 30 d.C, nunca vou alcançar biologicamente o ano de 2013 chegando e ultrapassando o ponto em que saí desse ano – 2013 – para o ano 30. Já terei morrido de velhice ou outras causas enquanto vivenciava o ano 30 EM DIANTE.
      .
      Mas se tenho uma tecnologia que me permite “saltar” no tempo fica uma coisa “misteriosa” aí. O que acontece de mudança com o SUB-TRECHO a partir da música 2 em que saí para retornar ao ponto da música 1 que tinha saído anteriormente? Essa lacuna temporal vai continuar existindo com seus acontecimentos e fatos como era antes registrado. Mesmo que façamos alguma coisa que mude consideravelmente o tecido temporal nos seus registros históricos…o continuum temporal parece ser “mais poderoso” do que qualquer intervenção. Esse é um paradoxo mais agudo do que aquele do filho que mata o avô no passado. Ufa! me fiz entender nesta teorização? Nada, nada, ná? Só no texto é difícil…mas se tivesse um recurso visual-ilustrativo…Pelo menos tentei.
      .
      Saudações \\//_

      • Sel disse:

        Spock querido, postei um link interessante sobre a análise da possibilidade de retorno ao que julguemos passado, ainda que nosso passado esteja no futuro do presente dependendo onde tenhamos conseguido ir no futuro… vamos dizer assim. Acredito que seria interessante dar uma olhadinha nele… consigo conceber perfeitamente o conceito buraco de minhoca, “porém” o que quer que viesse “nele” não seria mesmo de nosso futuro… enfim… aliás as coisa “do princípio” de certo modo sempre nos perseguem, não é mesmo??? rs, delongas à parte, dê uma olhadinha no link que postei do paradoxtime ok? Beijos em seu coração querido e caro amigo!

    • mamed disse:

      Sel, desculpe mas creio que vi um furo ai na teoria do tempo linear. Se entendi bem o que vc disse.
      “hipoteticamente não posso enviar para o passado algo que lá não existisse, ou seja, seria desintegrado no momento do retorno espaço/tempo (em tese é o que e teoria diz). Então os viajantes do tempo sempre teriam de ir em direção ao futuro, à frente do exitente ponto de origem…”

      Porque da mesma forma que não existia no passado (depende até onde se vai no passado, pois todos nós temos um), também não existe no futuro. E esse menos ainda, porque o passado é certo de ter existido, mas o futuro não. Ou seja, nem todos temos um futuro. Mas, claro esperamos estar todos aqui amanhã e depois e depois. É só para dizer que esta certeza não existe para ninguém.
      Sds

      • Sel disse:

        Sim querido meu, mas “em tese” existem meios dinâmicos desta viagem, por exemplo, se existe uma grande distância entre os espaços, o mesmo pode ser encurtado, e isto é um deslocamento, do mesmo modo que ocorre quando se faz um vôo em escalas de meridianos distintos, entretanto isto não interfere absolutamente no indivíduo. Você pode dizer, mas deste modo podemos ir para o Japão e voltar para o Br, estarmos lá hoje, porque lá já será amanhã e voltarmos para ontem, porém sabemos que não ocorre este tipo de inserção quando se trata de tempo linear. Então eu tenho como saber que o amanhã existe (tenho esta confirmação hoje) porque posso me “comunicar” com o Japão que está em outro horário… enfim, poderá dizer: mas eles também sabem que o ontem existe porque falam conosco, rs. Assim, vc está coberto de razão e sua teoria foi ricamente explorada em um filme chamado “Fenda no Tempo”, vale à pena assistir se tiver a oportunidade! É antiguinho mas é o único que abordou a teoria em si , como de fato é discutida, embora de um modo nada convencional, tem no tubo, segue o link 1 p – beijos em seu coração http://www.youtube.com/watch?v=S40PMy5gf-A

        • mamed disse:

          Valeu a dica do filme Sel…..Nem quero filosofar muito sobre isso não….rs. Me prendi na situação do tempo linear somente. Porque se teoricamente por essa teoria (redundei) não posso ir ao passado porque num existia lá, no futuro também não. Ou seja, continua como é ainda. Mas acho que entendi que vc quis dizer que sendo o tempo linear ele é de mão única, só podemos ir pra frente mesmo, no entanto, por enquanto, um segundo de cada vez.
          Bjs

  36. Homem da Lua disse:

    Já ouviram falar na teoria dos Dinossauroids?

    https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSkyCAOiKRZV1eirjUa_M8XIZ8Pd3e2VJcCMGUP_rA0spn2B7Jy

    Talvez a raça humana não foi a unica raça inteligente que evoluiu na Terra.

    • paulo disse:

      Essa teoria do Dinossauroids era um especulação de um documentário que passou na Globo em 85 ou 86.Tipo um futuro alternativo onde o meteoro não destruiu os dinos.Tinha essa escultura humanóide da foto.

  37. Valdemir Faleiros disse:

    Maharet, o que eu quiz dizer é que não temos praticamente nada que seja muito velho, e que esteja em perfeitas condições…Já o “vaso de 500 milhões de anos” tá um brinco, né?! Obs: Se por acaso algum objeto que tenha sido de Jesus for encontrado, tenha certeza que estará todo deteriorado, funhanhado, etc, etc…

  38. Maharet disse:

    Existem artefatos muito bem conservado de antes da era comum, por exemplo os encontrados em tumbas de faraós, acho que muitas variáveis contribuem para o estado de conservação. Na verdade só achei peculiar sua colocação porque até mesmo o Jesus Cristo Histórico não foi comprovado, quanto mais artefatos que Ele possivelmente tenha usado. Entretando, entendo muito pouco de arqueologia para discutir a real possibilidade do vaso estar tão inteiro, ainda mais por 500 mil anos!Achei o assunto intrigante.e acabei encontrando o link abaixo da UFO, talvez lhe interesse.

    http://www.ufo.com.br/artigos/vestigios-de-ets-muito-antes-do-surgimento-do-homem

    • fotografo disse:

      não são 500 mil anos e sim 500 milhões de anos, isso é impossivel, só acreditaria nisso o leigo.

      • FFernandes disse:

        Até porque a questão do objeto é em primeiro plano a SUA DATA , demais outros caracteres : composição do material , formato , local encontrado e demais impressões são relevantes ; Já sua data descrita pelos acadêmicos , nem os acadêmicos do salgueiro errariam tanto !

  39. Zido Abdul disse:

    O que eu não concordo é queimar um carvão mineral de 300 milhões de anos só para se aquecer… que desperdício!! Podia ao menos estar fazendo um churrasquinho de boi criado na cerveja! (o Kobe beef) vejam:

    http://500melhores.com.br/comer_beber/gastronomia/kobe-beef-o-bife-mais-caro-do-mundo

  40. Valdemir Faleiros disse:

    Bela Maharet, não seja modesta assim…500 milhões de anos

  41. paulo disse:

    Terranova.Mas tal qual o seriado, estão extintos.

  42. Valdemir Faleiros disse:

    Se eu não gostasse da minha vida e voltasse no tempo para matar meu avô, impedindo assim que meu pai nascesse, por exemplo, e, consequentemente, que eu mesmo nascesse. Uma contradição acontece, aí: afinal, se eu não nasci, não poderia ter voltado no tempo para evitar meu próprio nascimento.E mais. Se eu por exemplo, fosse um velho de 90 anos de idade, eu poderia voltar 70 anos no tempo e bater um papinho comigo mesmo ainda moço? Gente, isso não tem lógica nenhuma!

  43. Chacal disse:

    Cara eu fico sempre com um pé atrás qdo se fala em testes de laboratório e não se informa qual laboratório testou….isso é quase certo indício de fake…tipo a caveirinha Star Child….que no site o cara recusa-se a revelar o tal laboratório que afirmou que a caveirinha era ET…maior furada…

  44. Valdemir Faleiros disse:

    Outra quetão: O inventor da máquina, viaja para o passado. Ele resolve então encontrar ele mesmo e impedi-lo de inventar a tal máquina do tempo, pois teme que um dia ela venha a ser usada para o mal…
    Amigos, mas se a máquina do tempo não foi inventada, como é que o cientista voltou para o passado?

  45. Lua Pequena disse:

    Boa noite OH !
    Sou da seguinte opinião, se os extras estão viajando pelo cosmo, inseminando a vida nos planetas, é claro que teriam que aterrissar . Viriam para estudar as condições do planeta e fazer pesquisas genéticas.Para isso , logicamente, trariam muitos equipamentos para ajudá-los nas descobertas feitas por aqui. Isso acaba me fazendo recordar da tal EBE “Mona Lisa” , que esteve viajando pela lua, a 1 bilhão e meio de anos a trás. Se essa história for verdadeira ,estariam explicadas muitas coisas que os arqueólogos não sabem ou preferem fingir que não sabem . Que não encontram a explicação para tais coisas e acontecimentos.Portanto, não seria nada espantoso que se encontrasse um jarro ou um pedaço da peça usada em algum aparelho tecnológico, da época deles , dentro de uma rocha com milhões de anos.Muitos desses devem ter sido esquecidos por aqui, quando os extras retornavam aos seus mundos.
    Acredito mais ,que sejam , realmente, estes artefatos encontrados nas rochas , produto dos aliens , que nos visitavam ,do que uma viajem no tempo para o passado. Se essa historia for verdadeira , estaria confirmada essa teoria!
    Abraços !

  46. Valdemir Faleiros disse:

    O futuro não está lá pronto como um bolo de aniversário, por favor, né gente…Porque muitas pessoas que fazem previsões do futuro as vezes erra? Simples. Porque nosso futuro está sendo construído agora, por nossas ações em nosso dia a dia…Cada passo que damos, cada pequenina ação nossa agora, poderá mudar algo lá na frente…Então não tem como viajar também para futuro, simplesmente porque ele pode estar sendo mudado há cada minuto…

  47. FFernandes disse:

    Alem de que ess vós da russia dv ser uma esp. de Vodka das mais nociva que existe …

  48. Nebadom disse:

    Boa noite, Sera que estes objetos não batem com as teorias do Livro de Urantia, que foi resumido no livro A Rebelião de Lúcifer de J. J. Benitez , ou talvez o livro perdido de Enki do Arqueologo Zecharia Sitchin ? Algém já leu? O que acham?

    • Anônimo disse:

      Já li os livros de Zecharia Sitchin, especialmente o livro de Enki, que é a tradução de tabuas de argila encontradas por arqueólogos. As tabuletas contam histórias similares as descritas na própria Bíblia (Gênesis), datadas de 6.000 anos atrás. O curioso é que as referidas tuletas se reportam há um tempo bem mais antigo.

      A exemplo disso, a Bíblia [novo e velho testamento] fazem menção aos Nefilins como “anjos caídos”. Na Bíblia esta palavra se refere aos filhos de Elohim, os valentes e heróis da antigüidade como relata o Livro do Gênesis 6:4. – “Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de [Elohim] adentraram às filhas dos homens e delas geraram filhos;estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.

      Elohim em hebraico está no plural e significa Deuses e Deusas trazendo a referência lógica e clara de onde surgiram os Nefilins. Nefilim portanto é o grupo de Elohim que se rebelaram adquirindo o epíteto que corretamente significa: Os Deuses desertores. Assunto interessante para buscar na wikipédia, de onde estou extraindo estes argumentos.

      Se os objetos encontrados não corroboram com essa teoria, ao menos é uma excelente história de ficção científica.

  49. Watson disse:

    Pessoal são apenas objetos de “Terra Nova”….rsrssr :)

    Abraço Pessoal !!!

  50. WALTER LOO disse:

    Todos os achados correspondentes a milhões de anos
    são na realidade outra raça tecnológicamente muito mais
    avançada que a nossa que povoou a terra nesta época
    e que por algum motivo ainda não conhecido deixarão o
    nosso planeta e os que ficarão….seriam as raças que
    ficarão como dominantes e que disseminaram o conhecimento
    básico para evolução de alguns povos como os Incas os
    Astecas …

  51. WALTER LOO disse:

    Nossa evolução terá que tomar um rumo, que não agrida
    o básico que tanto precisamos em nosso planeta que é
    a água o ar e a flora e fauna, pois da forma em que con-
    duzimos a nossa evolução tecnológica passando em cima
    de tudo corremos o sério risco de dilapidar este incrível
    lar que é o nosso planeta TERRA!!!

Deixe um comentário

ATENÇÃO: AO SE REGISTRAR NO BLOG 'OVNI HOJE' E AO ESCREVER SEU COMENTÁRIO ABAIXO, VOCÊ ESTÁ CONCORDANDO SER A ÚNICA PESSOA RESPONSÁVEL PELO QUE ESCREVE. VOCÊ TAMBÉM ESTARÁ CONCORDANDO QUE NINGUÉM DA EQUIPE 'OVNI HOJE' É RESPONSÁVEL PELO QUE VOCÊ ESCREVE, E TAMPOUCO PELO QUE OUTROS LEITORES ESCREVEM DENTRO DO SITE, SENDO QUE QUALQUER DESAVENÇA OU IMPORTUNO CAUSADO POR DISCUSSÕES ENTRE LEITORES É DE RESPONSABILIDADE ÚNICA DOS MESMOS.

AJUDE A RAÇA HUMANA EVOLUIR: TRATE SEU COLEGA DE COMENTÁRIOS ASSIM COMO VOCÊ MESMO QUEIRA SER TRATADO. -n3m3-
Enviar comentário

© 2014 OVNI Hoje!. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.
close next picture next picture
Original Picture...
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
,