web analytics

Grupo de quasares recém descoberto nos leva à constatação de que somos nada!

Somos nada.De acordo com nota publicada no site noticias.uol.com.br, astrônomos descobriram a maior estrutura já vista no espaço.

Trata-se de um grupo tão gigantesco de quasares que a luz demoraria 4 bilhões de anos para atravessar sua dimensão.  A distância normalmente atingida por um quasar é de 10 milhões de anos-luz. Ele é tão grande que desafia o Princípio Cosmológico, teoria de Albert Einstein que sugere que a noção do Universo em grande escala parece a mesma, não importa a direção e a localidade de onde você o observa.

A estrutura celeste abrange 1.600 vezes a distância entre as galáxias Via Láctea e Andrômeda e a informação foi publicada originalmente no Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

Se pararmos para pensar na significância desta descoberta, fica perfeitamente óbvio que comparativamente com essa estrutura, a Terra tem uma significância ainda menor do que uma bactéria incrustada em um grão de areia, comparada com o resto do planeta, ou até mesmo do sistema solar.

O que dizer então do nosso corpo físico?

Somos nada, brincando de achar que somos tudo.  Eis aqui uma lição em humildade.

n3m3

Fonte: noticias.uol.com.br

Colaboração: Josemar G. Mendes

Termos recém pesquisados por leitores:

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh