web analytics

Astrônomos amadores estão sendo convocados pelos militares estadunidenses

Devido ao altíssimo número de lixo espacial que circunda a Terra (mais de 500 mil pedaços de foguetes, satélites quebrados, etc.), a Agência de Pesquisa de Projetos Avançados de Defesa dos EUA – DARPA, está recrutando astrônomos amadores para ajudá-los a monitorar o céu.  Para isso, foi criado o projeto SpaceView, e os que se registrarem no mesmo poderão registrar traços de lixo espacial que seja potencialmente perigoso, enquanto realizam suas próprias pesquisas astronômicas.

Uma colisão com um pedaço de lixo espacial pode liberar 20 mil vezes mais energia do que um acidente de automóveis a mais de 100 km/h, ou o mesmo do que a explosão de uma granada.

Para quem estiver interessado em se alistar no projeto SpaceView, é só acessar o site http://www.spaceviewnetwork.com, e clicar na opção ‘Sign In‘ do menu.  Contudo, não é tão fácil assim ser selecionado.  Segundo a DARPA, somente 12 astrônomos amadores serão selecionados para iniciar o projeto em 2013.  Mas à medida que a rede de telescópios cadastrados crescer, mais pessoas serão chamadas.

Assista o vídeo sobre o projeto SpaceView:

[vimeo 53109313]

n3m3

Fonte: revistagalileu.globo.com / www.spaceviewnetwork.com

Colaboração: Pedro Vinícius Borges

 

 

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh