web analytics

Enquanto os ‘professores da impossibilidade’ começam campanha contra aos que acreditam em ETs, avistamentos de OVNIs / UFOs aumentam

EDITORIAL:

Só porque ‘eles’ querem, eu não existo.

O OVNI Hoje detectou que nas últimas duas semanas iniciou-se um movimento agressivo pelo mundo todo para desacreditar matérias relacionadas aos OVNIs e à vida extraterrestre.  Um exemplo disso foi o fato de que Dave Wood, diretor da Associação para o Estudo Científico de Fenômenos Anômalos (ASSAP), disse que uma reunião foi agendada para comentar a respeito da crise no assunto OVNIs, a fim de considerarem se o assunto foi “uma coisa do passado“.

Outras tentativas similares também começaram a circular pela Internet, como por exemplo um artigo que declara que “os entusiastas de OVNIs admitem que a verdade não está lá fora“.

Mas será mesmo?  Será que eles perguntaram para as pessoas certas?

Enquanto isso, o Diretor Executivo da MUFONMutual UFO Network, David MacDonald, diz que a ovniologia está vida, e muito bem, fato esse comprovado pelos números. Nos Estados Unidos os avistamentos de OVNIs estão aumentando, de acordo com estatísticas compiladas até o começo deste mês.

O fato é que a MUFON está recebendo, em média, mais do que 700 casos por mês” disse MacDonald.  “Além disso, a evidência está lá. Nós a temos.  Há pessoas na prisão neste momento, algumas delas à espera de sua execução, as quais foram condenadas com menos evidências do que temos para apoiar a nossa crença de que os OVNIs são reais.  Temos o testemunho de pessoas, depoimentos juramentados, evidência física de traços, fotos e vídeos.

Obviamente, uma alta porcentagem dos casos, não só reportados à MUFON, mas também à todas as entidades de estudos ovniológicos no mundo, são revelados como sendo algo natural, ou feito pelo homem.  Um pequeno percentual desses casos, de 5 a 10 por cento, são investigados e determinados como sendo “desconhecidos”.  E são esses casos que interessam dentro dos estudos ovniológicos.

Fletcher Gray, diretor de investigações da MUFON, que é investigador chefe para o estado do Texas, discorda com as alegações de declínio na quantidade de dados disponíveis e acredita que há um continuado interesse no assunto.

Stanton Friedman, um ovniólogo reconhecido mundialmente, diz que, como físico nuclear aposentado, desde 1967 faz palestras sobre assunto pelo mundo todo e “aprendi muito sobre a atitude das pessoas sobre os discos voadores.  Primeiro, eu tive somente 11 interefentes em minhas mais de 700 palestras.  Dois deles estavam bêbados.  Ao final de minhas palestras, quando perguntei quantas pessoas acreditavam ter visto um OVNI, tipicamente 10% levantaram suas mãos.  Mas 90% deles não relataram seus avistamentos, quase sempre por medo de serem ridicularizados.  Militares que levantaram suas mãos tipicamente alegaram que não podiam falar sobre o que viram.  Não tenho visto diminuição alguma nos 45 anos que tenho palestrado…

Apesar dos bons casos de OVNIs continuarem a ocorrer pelos Estados Unidos e por todo o mundo, vários problemas ainda existem.  A maioria dos ovniólogos acredita que somente 5% de todos os casos de avistamentos sejam reportados.  O padrão de onde e quando os incidentes irão ocorrer ainda é um mistério.  Os objetos aparecem rapidamente em um local, sem nenhuma detecção prévia e desaparecem rapidamente.  A maioria dos OVNIS parecem ser silenciosos, e associado às suas altas velocidades frequentemente deixam as testemunhas confusas quanto a certeza de que viram algo, ou não.

Mas retornando ao fato de estarem começando uma campanha mundial para a desacreditação dos OVNIs e da vida extraterrestre, parece que alguém está ficando muito incomodado com o assunto, ao ponto de escreverem artigos mentirosos.  Será que estamos chegando tão próximos assim da verdade que “os professores da impossibilidade” estão ficando desesperados para desacreditarem o assunto?

Seja como for, alguém precisa dizer a esse povo que eles esqueceram de avisar aos OVNIs para pararem de aparecer por este mundo afora.

n3m3

Dados do artigo: www.examiner.com

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh