Teria um OVNI / UFO sido destruído durante a Guerra do Golfo?

A Internet está repleta de rumores a respeito de uma suposta guerra que estaria ocorrendo entre humanos e alienígenas.  Este blog não subscreve a estas alegações, mas seguindo a nossa promessa de disponibilizar artigos relevantes ao nosso tema, para que o próprio leitor faça sua avaliação, publicamos abaixo um resumo do artigo publicado por John Kettler, que é um entusiasta estadunidense deste assunto cativante:

U.S.S. Wisconsin, alegado ‘derrubador’ de OVNIs.

A história altamente secreta pode ser encontrada na Internet, mas eu a consegui através de meus contatos, completa com níveis de detalhe que simplesmente não estão disponíveis em outro lugar.  Tudo começou inocentemente – se você considerar uma guerra para a disputa de petróleo algo inocente.  A batalha aérea para a operação Tempestade no Deserto começou em 15 de janeiro de 1991.  O OVNI atacou o navio U.S.S. Wisconsin em 24 de janeiro de 1991, logo após a esquadra bombardear o Iraque com os mísseis Tomahawk.  Este ataque consistiu de vôo à perigosa baixa altitude, combinado com um ataque psiônico, percebido por todos como um som ensurdecedor de alta frequência, que ficou muito pior quando o OVNI pairou a 600 metros de altura sobre a esquadra.

O OVNI, que antes de ter saído da água, foi pego pelo sonar à velocidade de 152 nós, ou 281 km/h, aparentemente fervia a água que estava em contato com sua fuselagem ao sair do mar.  A opinião de meus contatos é de que o OVNI saiu da água devido ao sonar ativo da esquadra, que era utilizado para localizar submarinos iranianos, o qual estava continuamente emitindo seu sinal e perturbando os ocupantes da base subaquática…

Como uma das fontes ironicamente observou, “é uma péssima idéia irritar pessoas que acesso a gatilhos”.  É ainda pior se muitos gatilhos estão envolvidos!  A força que foi irritada consistia do couraçado da Classe Iowa – U.S.S. Wisconsin (BB-64), escortado pelo cruzador Classe Leahy – U.S.S. England (DLG/CLG-22), o destróier Classe Spruance – U.S.S. O´Brien (DD-975), a fragata Tipo 22 – H.M.S. Battleaxe (F89) e a fragata classe Leander (Batch E) H.M.S. Jupiter (F60).

A batalha ocorreu em plena luz do dia, no início da tarde, de acordo com minhas fontes.  O OVNI estava diretamente acima da esquadra, quando o comandante do U.S.S. Winsconsin, ciente que toda a tripulação estava ficando louca pelo som estridente, decidiu remover o irritante OVNI do cenário.

Em uma ação que relembrou a Segunda Guerra Mundial, mas com a utilização de tecnologia moderna, canhões e metralhadores foram usados para atacar o objeto.  Quando perguntadas porque mísseis não foram utilizados, minhas fontes opinaram que foi uma escolha deliberada para propiciar um aumento do moral da tripulação.  De acordo com a informação que recebi e de outros relatos, os navios basicamente descarregaram toda sua munição de 40mm e balas de 5 polegadas em vinte minutos de ação…

Canhões 16″ Mark 50 do U.S.S. Wisconsin

Após descarregarem o armamento, o OVNI ainda estava pairando acima da esquadra, aparentemente ileso.  A decisão do mesmo de descer até 150 metros de altura, baseado na percepção de imunidade contra o armamento naval, foi desastroso.  Por que?  O OVNI, agora confirmado como sendo de fontes reptilianas, ficou cara a cara com o mais recente armamento naval daquela época – e perdeu.

Os nove canhões 16″ Mark 50 do U.S.S. Wisconsin não foram projetados para defesa antiaérea, mas se o alvo decide pairar a uma milha náutica de distância, e a 150 metros de altura, então vale a tentativa.  Duas torres de canhões dispararam seis balas devastadores, das quais duas atingiram o alvo, penetrando profundamente o OVNI, e então detonando o objeto em pedaços tão pequenos, que até hoje nenhuma missão de recuperação de destroços foi organizada…

Como era de se esperar, não há prova alguma de que este evento tenha realmente ocorrido.  Mas vamos deixar que o próprio leitor expresse sua opinião a respeito disso na área de comentários.

E para quem queira investigar mais a respeito da possibilidade de que os ETs estejam engajados em uma guerra secreta com os humanos, o site de John (em inglês) está repleto dessas notícias.

n3m3

Fonte: johnkettler.com

Arquivado em: Fotos, Notícias, OH, Opinião Tags: , , , , , , ,

PARA COMPARTILHAR ESTE ARTIGO EM SUA REDE SOCIAL, UTILIZE OS ÍCONES ACIMA, OU À ESQUERDA DA TELA.

...

SE VOCÊ NÃO ACESSOU NOSSA PÁGINA PRINCIPAL, ESTÁ PERDENDO UM UNIVERSO DE INFORMAÇÕES: OVNIHOJE.COM

...

Outros artigos de interesse:

Força Aérea dos EUA notificou o Congresso estadunidense que quer fechar a HAARP Força Aérea dos EUA notificou o Congresso estadunidense que quer fechar a HAARP
OVNI / UFO assusta moradores de Santa Maria, RS – Brasil? OVNI / UFO assusta moradores de Santa Maria, RS – Brasil?
Canal Livre: Vida Extraterrestre Canal Livre: Vida Extraterrestre
Satélite russo não identificado preocupa agências espaciais de outros países Satélite russo não identificado preocupa agências espaciais de outros países
69 comments
Cochese
Cochese

Lenda da internet. Mas que um UFO foi filmado sobre Tel Aviv, ao vivo, foi!

Sergay Bellov Tudorov
Sergay Bellov Tudorov

Ola..........

Essa.história ai, é mais uma historia para bobos acreditarem.

Mais uma auto apologia onde o governo ou outros americanos se dizem que são  e que tudo que possuem é melhor.

Eles se esquecem do Vietnam, que com toda sua tecnologia de guerra, tiveram que sair correndo e ate mesmo na II guerra, se não fosse os Ingleses, e todos outros aliados, não teriam feito muita coisa, e agora dizem que foram eles que venceram os alemães e a guerra.

Contra o Japão, senão fosse as bombas,estariam brigando até hoje, para tanto mataram milhares de inocentes, Hirochima  e Nagazaki.

Como se diz aqui ,  "Isso é para Ingles ver"", essas coisas, como muitas outras, são inventadas e produzidas, como propaganda para o mundo ver, e ficar boqueaberto com a superioridade americana.

O governo americano usa e sempre usou do seguinte artificio:   ""Uma mentira dita, quantas vezes necessárias for, passará a ser uma verdade"", temos centenas de exemplos por ai.

Abraço a todos.

Humbertoum
Humbertoum

PREZADOS LEITORES, ESTA REPORTAGEM NÂO ME PARECE REAL. SE ASSIM FOSSE, HOJE NÂO EXISTIRIA NINGUÉM PARA CONTAR O QUE DE FATO ACONTECEU. VAMOS ESPERAR POR FATOS QUE CONVENÇA À TODOS.

ams
ams

Olá pessoal,

Como faço habitualmente, vou dar a minha "abalizada" opinião e depois vou "descer" as letrinhas:

Vou resumir nessa frase essa historinha marciana: É ruim, hein?!

Essa "batalha" não foi filmada, centenas de homens envolvidos vão guardar "esse segredo" até depois da morte e "as fontes" vão continuar jorrando porcarias na Internet.

Eu também lamento. Sempre.

Boa semana pra todos!

Lua Pequena
Lua Pequena

Boa noite a todos do blog! Me bateu uma ideia agora. Já pararam pra pensar que se essa nave era dos reptóides,como alguns alegam,quem sabe ela tenha sido abatida ,justamente por ser dirigida por esse ets? Afinal,não são esses serem os que andam de mãos dadas com os EUA,fazendo todo o tipo de experiências? Esses alienígenas podem muito bem terem pensado que estavam na frente de fogo amigo e acabaram sendo traídos.Por isso, não tiveram tempo de se defender,pois não esperavam pelo ataque de seus aliados.Posso estar sonhando com borboletas ou a minha imaginação está ficando cada vez melhor.Abraços a todos.

Paulo
Paulo

Impressionante!Além de lutarem contra o terceiro mundo, eles também lutam contra seres de tecnologia superior?Melhor que em Hollywood...

van magnani
van magnani

é por isso que não se pode contar nada...tudo é elevado ao ridículo. Inclusive isso é um dos pontos cruciais que fazem muitas das histórias ficarem incógnitas para o público, as pessoas tem medo de cair no ridículo. Muitos comentários que eu li aqui não tem propósito nenhum de contribuição, apenas de denegrir a notícia. É dessa forma mesmo que a mídia ensina...teve muita gente que aprendeu direitinho rsrsrs...

Marcelo Forest
Marcelo Forest

Camaradas, acho que devemos dar um voto de confiança ao texto narrado, pois sabemos que os EUA, "USA", apesar de eu ter um sentimento anti-americano, buscam de toda a forma provocar contatos, para que eles possam usufruir das tecnologias, através da tecnologia reversa.

Outro ponto interessante ninguém percebeu! O OVNI ou OSNI como queiram pairou na frente do Canhões 16″ Mark 50 do U.S.S. Wisconsin, porque estava usando uma arma sonora ou psico-sônica e quando eles perceberam que as metralhadoras não surtiram efeito presumiram que estavam em vantagem, até serem bombardeados por Canhões 16″ Mark 50.

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Permitam-me uma análise aos dados que são apresentados no texto acima:

1 - Antes de mais, o autor da notícia, John Kettler, diz ser um antigo militar analista de defesa que se tornou um escritor de investigação que cobre assuntos como OVNIs, projectos secretos (Back Projects), tecnologia exótica, ciência alternativa, História escondida e… etc.

2 - Segundo o meu ponto de vista, as peças de artilharia dos navios (canhões) não têm elevação suficiente para apontarem para um alvo que esteja sobre eles.

Estamos a falar não de armamento de pequeno calibre até aos 40 ou 50 mm mas sim de armamento de cerca de 120mm (5’’) e de 400mm (16’’).

No entanto, usando a trigonometria, fiz um cálculo sobre a distância mínima a que um navio deveria estar do objecto para poder acertar no objecto estando ele a 600m de altura.

Para uma elevação de 50º (as peças de artilharia naval não devem ter muito mais elevação do que esta) os navios tinham de estar a mais de 500 m da vertical do objecto.

Para uma elevação de 45º (elevação que confere a um projéctil o maior alcance possível) eles deveriam de estar a mais de 600m.

3 - Por outro lado, embora possa não parecer, uma peça de artilharia naval não é uma arma para fazer tiro de precisão mas sim tiro de zona (como toda a artilharia)… a não ser que o objecto fosse das dimensões de um navio de guerra. Mesmo assim hoje em dia já não se usam pelas de artilharia naval para destruir outros navios. Para isso existem os mísseis.

4 - Achei também curioso o facto de não ter sido ordenado o disparo de um sistema de armas muito mais fiável, os mísseis. Se o alvo estava estacionário sobre eles, o míssil seria a arma que mais garantia daria para acertar no objecto. Claro que alguns vão alegar que os tripulantes do objecto interfeririam na trajectória do míssil. Aceito. Mas mesmo assim, eu como comandante daria essa ordem. Nunca se sabe.

Julgo que o disparo de mísseis iria, isso sim, galvanizar a moral dos marinheiros para o combate.

5 - Porque é que ele não falou nos aviões?

Hoje em dia qualquer esquadra tem um porta-aviões na sua constituição. Principalmente uma que tinha como missão o ataque a um país. Aliás, o porta-aviões é a peça mais importante da esquadra. Todos os navios que constituem essa esquadra são navios de apoio e protecção ao porta-aviões.

6 – Diz John Kettler que a nave era réptiliana.

Para quando uma publicação onde possamos diferenciar e relacionar os diferentes tipos de naves que cruzam os nossos céus com a origem dos seus tripulantes?

Como é que uma raça dita superior a nós vai colocar em risco a sua nave expondo-se e oferecendo-se aos Humanos para serem destruídos? Não estará esta história MUITO mal contada? Será que este senhor é assim tão expert em questões militares?

7 – Das duas uma. Ou durante os 20 minutos de disparos que durou o ataque terrestre nenhuma munição atingiu o alvo (que zarolhos que eles eram e que fracotes os computadores de cálculo de tiro eram) ou os réptilianos desligaram o “escudo de segurança” permitindo que uma simples e arcaica munição terrestre destruísse um veículo altamente tecnológico, preparado para enfrentar viagens interestelares.

De qualquer forma enviei um mail ao senhor. Vamos ver o que ele reponde (se é que responde).

MAIL:

Olá. Gostaria de saber como (e não quem) o senhor tem acesso tão detalhado às informações sobre esta guerra.

Confesso que estou muito curioso.

Porque é que informação não é do conhecimento de outras tripulações da marinha mercante?

Acho estranho que de entre milhares de marinheiros da marinha de diferentes países nem um só veio a público para contar o que aconteceu.

Claro que podemos dizer que lhes foi exigido segredo sob ameaça de morte, mas mesmo assim...

Bom, agora resta-nos esperar e aproveitar para ouvir a entrevista dele de 3 horas ao Projecto Camelot.

666Dark
666Dark

O que aconteceu foi o seguinte: Os ETs para dar moral aos americanos, projetaram um holograma de um UFO e quando foi "atacado", eles projetaram uma explosão do mesmo e por isso não sobrou nada.O resto é estorinha prá boi dormir.

bnch
bnch

Essa estória (não história, pois não é real, é inventada) foi tirada do filme Battle Ship (Batalha dos Mares). Até o ataque com som ensurdecedor tem no filme.

SÉRTIKO
SÉRTIKO

so quem esta fora do ambito real dos ovnis pode acreditar em tamanha mentira, eu fico pensando por que isso, é como se os homens da caverna abatecem um caça moderno com um arco e flecha, que piada.

Ochneto
Ochneto

Opinião de um leigo a respeito do tópico:

A no minimo 20 anos os EUA estão engajados em Invadir/Destruir/Manipular/Controlar países do oriente médio, utilizando-se dos mais variados artifícios, que vão desde armas químicas até o alegado enriquecimento de urânio. É fato e não podemos negar que os EUA possuem uma rede de informação/desinformação meticulosamente alicerçada ao redor do mundo através de suas agências secretas como a CIA e tantas outras que sequer sabemos o nome. É fato igualmente destacado que o principal ingrediente do PIB americano a muitos anos é a produção de armamento bélico. Também é fato, que muitas das guerras civis e das revoltas de rebeldes revolucionários nestes mesmos países, somente tornam-se possíveis com o incremento de armamento. E por último, dentro dos EUA a pressão populacional em relação a guerras e invasões a outros potenciais países perigosos ao mundo é enorme, é so olharmos a recente historia americana, (Vietnã, Afeganistão, Iraque) praticamente todo o confronto armado no oriente médio pode ter creditada alguma influência e/ou participação americana.

Pois bem, todos sabemos que este solo que está incansávelmente sendo palco destes conflitos, nada mais é do que O MAIOR SÍTIO ARQUEOLÓGICO existente em nosso planeta e que pode sem nenhuma dúvida, responder muitas, senão todas as questões que envolvem nossa origem, nosso propósito aqui na terra e nosso destino.

Não há dúvidas que o interesse americano a tempos deixou de ser o petróleo, mas eu permaneço com outra dúvida...

Será que os EUA (bad guys) não teriam se deparado com os verdadeiros guardiões (good guys) dos segredos que eles (americanos) estão se esforçando tanto para dominar???

Se a noticia tiver um pequeno fundo de veracidade, fico eu ainda mais apreensivo, pois tendo a premissa de que pode estar acontecendo uma guerra entre Et's x "humanos"... Muitos inocentes sofreriam as consequências, além daqueles que ja sofreram e os que ainda sofrem com a violência de uma guerra.

Torço para que tenhamos um final de 2012 pacífico e bem diferente dos finais apocalípticos imaginados por muitos até agora.

VERITAS LIBERA BIT VOS

Bruno
Bruno

Por que falam tanto "estadunidensse" ? não e mais facil de ler só "americano" ou "norte americado"?

joseafonso
joseafonso

Imagina nave alienigena sendo abatida por tiros de canhão! Vcs tão de brincadeira. Fala serio. Vcs me mata de vergonha desse jeito.

ademar
ademar

vcs estão de brincadàdeira pura m. de papo furado, se, isso tivesse acontecido teria sido captado por satélites, radares, e ao menos teríamos fotos dos destroços, todo mundo tem a m. de um celular com câmera e acesso à internet.

Mohrphaeus
Mohrphaeus

tsk tsk.... Tanta coisa acontecendo seria e a boataria distraindo.

Meson
Meson

Ridículo! Por causa de estórias como essa que o tema ovni é ridicularizado!

Jacquie 5-0
Jacquie 5-0

Já pensou se o OVNIHoje é monitorado?

Eu não me importo.

joseafonso
joseafonso

Se eles tem tecnologia pra vim de um planeta distante! Como é que eles vão deixar serem abatidos por umas bombinhas terraqueas que se comparadas as deles não passa de trak?

Rafael Rosa
Rafael Rosa

Aconselho-vos a ler a história de ficcão porém muito próxima da realidade do jogo Halo (Bungie/Microsoft) onde conta a história da humanidade ter criado a UNSC (united nations space command) que trava uma guerra contra alieníginas reptilianos dentre outros com material bélico disponível como o que nós temos hoje. Ao pensar bem o descrito não é impossível. Drone ou não, podemos sim ter abatido vàrias naves assim como podemos ser abatidos ao adentrar outros planetas (vide historia do jogo). Não é porque é uma nave de fora que seus tripulantes devam ser mais ou menos responsáveis, podem sim ter feito a cagada de enfrentar o couracado, o que foi péssima idéia. Somos muito mais hostis do que eles, pensem nisso.

Nilton
Nilton

Bom dia,Domingo de manha e mentira deste ...........................................tamanho e dificil de acreditar conta outra porque os americanos sao bons de guerra no cinema abracos..

joseafonso
joseafonso

O que mais me intriga é que nunca encontra nenhuma lasquinha para pesquisa.

Paula Loredana
Paula Loredana

Jacq Mat também gostaria de saber o que era aquilo ao lado da Lua... O Sol tem um Sol, que muitos dizem ser Lens Flare (reflexo) mas... seria aquilo um Nibiru pra Lua??? Eita... Aí não vai dar pra afirmar que é só um reflexo não!!

Pode ser talvez, não sei, que a transição planetária esteja revelando outras estrelas e planetas que antes não podiam ser vistas! Ou então, seria uma nave estacionária?

É bom observar!...

Jacq Mat
Jacq Mat

Ontem aqui em POA/RS a lua estava incrível. Um 'planeta' ou estrela q não brilhava (parecia ter uma textura fosca, estavam ão proximos. Parecia q a lua tinha 'uma lua'. Oq era aquilo?

Blaze
Blaze

Bom, uma coisa é certa, canhões como estes são capazes de rasgar qualquer metal conhecido e a capacidade explosiva dos mesmos causa uma destruição ainda maior. Porem alem do fato de que acertar um alvo a grande distância com este tipo de armamento não é simples e nem é uma ação rápida, portanto o suposto OVNI teria que ter ficado praticamente imóvel por vários segundos, e o controle de fogo teria que ter sido excepcional para tal feito na 1ª salva; tambem existe o fator "tecnologia Alienigena", se este objeto voador foi destruido tão "facilmente" eles não são tão poderosos assim, afinal apesar de ser um dos canhões mais poderosos já feitos ainda são um tipo de armamento não só convencional como até mesmo antiquado.

Dificil acreditar nesta história, porem se ela for real ou foi uma sorte tremenda dos Americanos ou a tecnologia bélica destes "Alienigenas" não é tão avançada assim.

Abraços!!

Dan - (H)
Dan - (H)

Esta história de "ovnis no oriente médio" não é de hoje. Ainda me lembro de um dia a uns 2 anos atrás, em uma conversa que tive com uma pessoa que conheci pela "net", onde ela afirmava categoricamente que a guerra do kwait/iraque, foi uma disputa por tecnologia "extraterrestre", segundo esta pessoa, uma nave "et" que parecia estar com problemas invadiu o espaço aéreo iraquiano e seguiu em direção ao kwait, vindo a cair em terras "kwaitianas". O iraque, vendo a possibilidade de adquirir um "disco" para "pesquisa", teria invadido o kwait com esta finalidade, e o "tio sam" como sempre, não deixaria barato, não permitiria que um país como o iraque pudesse ter acesso a este tipo de tecnologia.

Verdade ou não, provavelmente nunca saberemos...

ams
ams

2º opção.

Paulo
Paulo

O ridiculo não precisa de ajuda para ser ridiculo.

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Van Magnani, não podemos deixar de colocar em causa, de investigar, e até de ridicularizar alguns casos e mesmo pessoas apenas porque depois vai haver outras que não vai contar a sua história

Quem está por bem, sabe ao que vem e por isso segue em frente.

Imagine o que seria desta área sem toda a gente aceitasse como verdadeiro algo que lhe era contado.

Imagina o caos de informação que era?

Por outro lado é bom dissuadir quem quer brincar connosco.

Como referi acima, há que ter metodologia na abordagem de um testemunho e quando a mim essa abordagem é a de desconfiança até prova CONCRETA em contrário.

Devemos filtrar logo de inicio e questionar, mesmo se as questões forem incómodas, tudo aquilo que nos parecer mal explicado.

Claro que aqui a sensibilidade e conhecimentos de quem ouve têm um papel predominante.

vulgo07
vulgo07

...concordo que não é necessário debochar...mas essa história é mais que duvidosa, não acha ?

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Não concordo.

O Sr. está a abordar dois aspectos completamente diferentes.

Um tem a ver com a tecnologia que nos é escondida mas que sabemos existir através de testemunhos mais credíveis que este senhor e outro tem a ver com um testemunho que apresenta falhas técnicas grosseiras (a meu ver).

Essas falhas estão expostas nos meus 7 pontos acima.

Como não costumo escrever (dar a minha opinião) sem antes fazer uma pequena pesquisa sobre o assunto ou individuo, fui à procura e constatei que quem já ouviu a entrevista de 3 horas que ele deu, ele junta nessa entrevista um pouco daquilo que todos nós, melhor ou pior, já conhecemos com a agravante de chamar a si esses factos.

Ele diz-se contactado e é esse seu contacto uma das fontes de informação.

Outro motivo pelo qual não concordo com o Sr. é porque não devemos aceitar como verdadeiro aquilo que nos dizem. Ouvir, ponderar, analisar a testemunha quanto à sua credibilidade já que a forma de falar, postura e fluência de discurso dizem muito quanto à sua segurança e conhecimento do tema or parte de quem está a falar.

Bob Lazar, que muitos dizem ser mentiroso, quanto a mim fala verdade. Uma das evidências disso é que na altura em que ele fez as revelações a sua vida académica e bancária sofreu um blackout.

Perderam-se dados sobre a sua vida académica, os colegas de profissão afastaram-se dele, teve problemas com os bancos, etc.

Quem aparece com uma história extraordinária e fica ofendido por ser investigado e por não se dar crédito imediato então é porque há algo que não bate certo.

Na segunda parte do seu texto o senhor diz que o OVNI pairou à frente dos canhões. Onde é que o senhor leu isso?

Outro facto é que eles não usaram apenas as metralhadoras (armas anti-aéreas, presumo) eles usaram o armamento disponível.

Desde quando uma força tecnicamente superior entra numa combate sem conhecer o material que o oponente tem? Acha mesmo que seres com o avanço tecnológico daqueles ia enfrentar a frota sem ter conhecimento do tipo de armamento que os navios tinham?

Até hoje sempre lemos relatos de ataques a OVNIs por parte de aviões e de sistemas de defesa de bases militares que foram simplesmente desactivados. Porque é que “eles” não desactivaram os sistemas de armas da esquadra?

Já agora, no site do senhor que conta isto, estão à venda livros escrito em PDF por ele. Basta pagar cerca de $9,95 para ter os livros.

Interessante, não? Para quem quer dar a conhecer ao mundo o que se passa…

Rafael Rosa
Rafael Rosa

Concordo, por que não? A história se repete em filmes e livros, um bem parecido com o que dissestes é "The Objective" onde conta um dos reais motivos da guerra no afeganistão.

Lua Pequena
Lua Pequena

Bom dia Bruno! Deve ser para enfatizar o país aonde a pessoa nasceu ou onde ocorreu o fato,pois americanos são todos os que nasceram em qualquer dos países que fazem parte das três Américas e norte americano são todos os que nasceram no Canadá, nos EUA e inclusive,para os que ignoram o fato ,também no MÉXICO. As pessoas não costumam incluí-lo, pois sendo este parte da América Latina é meio que posto de lado quando se fala em norte-americanos.Um grande abraço.Espero ter tirado alguma das suas dúvidas.

Blaze
Blaze

Supostamente um OVNI foi abatido na Russia por um Missil Ar/Ar se não me engano disparado por um MIG 21 entre 50 e 60. Nunca subestime seu inimigo, mas tambem não subestime a si mesmo. A possibilidade e extremamente improvável porem não creio que seja impossivel.

Abraços!!

Blaze
Blaze

Não afirmando que o fato tenha sido real, apenas lhe demonstrando que você deixou passar uma singela informação. Data do suposto combate: 24 de janeiro de 1991.

Abraços!!

vulgo07
vulgo07

...pois é...porque os militares não pegaram seus iphones....

Dan - (H)
Dan - (H)

Você esqueceu da terceira vertente Blaze, poderia ser uma "isca", um "drone et", talvez o objetivo fosse testar a tecnologia do navio. ( logicamente se considerado o fato e a informação como real).

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Bom argumento para um filme de acção.

Eu ia ver...

Blaze
Blaze

Ainda acredito que a guerra na area Iraque/Iran é em busca de reliquias bem mais antigas...

van magnani
van magnani

Fernando não falei de você...achei o sei comentário muito pertinente...o que eu acho é que todos os comentários deveriam ser como o seu...e não simplesmente "é mentira", "é ridículo"... mesmo porque muitas histórias nos são contadas pela metade...hoje em dia você tem que ficar caçando as peças do quebra cabeça...nenhuma história vem pronta...por exemplo, outro dia foi relatado por uma mídia do exercito dos Estados Unidos que frotas de navios de guerra dos EUA e China estavam no pacífico em operação de combate contra uma "ameaça hostil extra-terrestre" . Acho pertinente não descartar as notícias só porque elas não fazem sentido. Muita coisa não faz sentido hoje em dia.

van magnani
van magnani

pode ser duvidosa, pode ser falsa, mas pode ser verdadeira...e dai...pode ser que ela tenha acontecido, mas não dessa forma, pode ser que o relato seja só uma peça do quebra-cabeça...nada vem inteiro hoje em dia

van magnani
van magnani

pode ser duvidosa, pode ser falsa, mas pode ser verdadeira...e dai...pode ser que ela tenha acontecido, mas não dessa forma, pode ser que o relato seja só uma peça do quebra-cabeça...nada vem inteiro hoje em dia

Blaze
Blaze

Muito bem colocado Dan, desta forma seria mais facil explicar como o suposto OVNI teria sido acertado tão facilmente, pois era para ele ser acertado.

Abraços!!

Fernando Ramos
Fernando Ramos

Dan, há outras formas de saber as reacções dos outros.

Podemos fazê-lo analisando a forma com o nosso adversário age em relação aos outros, a sua agressividade, o tipo de armamento e tecnologia que tem, etc.

Isso que refere, em termos militares chama-se "reconhecimento pelo fogo" ou seja, provoca-se o adversário e fica-se a ver a sua reacção e os meios que emprega para o ataque/defesa. A partir daí sabe-se que tipo de armamento possui, as posições desse armamento, a forma de ataque/defesa, etc.

Esta é também a forma mais básica de conhecer o adversário que temos pela frente e é também a forma mais básica que as Unidades de baixo escalão (desde a Secção à Companhia) têm ao seu dispor sem desperdiçar muitos recursos.

clark
clark

eh talvez tenha sido um teste mesmo com uma nave descartavel pq com tal tecnologia q imagino ter sobrado pequenos padacos

Dan - (H)
Dan - (H)

É uma possibilidade Blaze, também considero esta vertente plausível.

clark
clark

explicando a falta de ponto virgula e acento em meus posts]

eh devido uso de config de tecldo e idioma estrangeiro

henderyck dart
henderyck dart

Existe uma alternativa também da nave ser de reconhecimento/paz, e por isto não estar armada.

© 2014 OVNI Hoje!…. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

close next picture next picture
Original Picture...
,