web analytics

Rocha lunar está sendo leiloada

De acordo com a Meteoritical Society, uma rocha lunar chamada de “Dar al Gani 1058″ foi encontrada na Líbia em 1998.  Ela seria originária de rochas sedimentares do planalto lunar, localizado no lado oculto da Lua, que caiu na Terra em forma de meteorito.  Os cientistas não possuem dados conclusivos da data em que a rocha se separou da Lua e caiu na Terra.

A rocha agora está sendo leiloada pela casa de leilões Heritage Auctions, a qual diz que este é o quarto maior pedaço da Lua disponível ao público, já que tais espécimes possuem o status de tesouro nacional nos EUA (as rochas trazidas pelos astronautas do projeto Apollo nunca foram colocada à venda).

A DaG 1058 é colocada ao lado da DaG 400, que foi o primeiro meteorito reconhecido a ter caído na África.  Já que os dois meteoritos foram encontrados próximos um do outro, acredita-se que eles tenham sido resultado do mesmo evento“, diz a Heritage Auctions.

A rocha de 1,825 quilos está disponível em leilão, começando a US$ 170.000.  A Dar al Gani foi colocada a leilão por um colecionador anônimo e peritos dizem que o preço final pode chegar a US$ 340.000, ou mais.

O leilão será no dia 14 de outubro de 2012.

Alguém quer dar lance?

n3m3

Fonte: mesteducation.com

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh