web analytics

Morre aos 82 anos, o primeiro humano da era moderna a pisar na Lua, Neil Armstrong

Em notícia publicada no site noticias.uol.com.br, o astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, morreu neste sábado (25) aos 82 anos. A morte foi informada à imprensa dos Estados Unidos por familiares do astronauta.

No começo do mês, Armstrong passou por uma cirurgia no coração para desobstruir uma artéria coronária. Segundo os familires, a morte é decorrente de complicações da cirurgia.

O astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, morreu neste sábado (25) aos 82 anos. A morte foi informada à imprensa dos Estados Unidos pela família do astronauta, que emitiu um comunicado. “Neil Armstrong relutava em ser um herói americano. Ele acreditava que estava apenas fazendo seu trabalho”, diz trecho do texto.

No começo do mês, Armstrong passou por uma cirurgia no coração para desobstruir uma artéria coronária. Segundo os familires, a morte é decorrente de complicações da cirurgia.

Armstrong tinha 39 anos quando comandou a tripulação da nave Apollo 11. Ao lado do também astronauta Edwin Aldrin, ele caminhou na Lua por quase três horas, no dia 20 de julho de 1969, vinte minutos após a nave aterrissar no satélite natural da Terra.

Durante o ato, realizado no auge da Guerra Fria, o astronauta americano disse a célebre frase: “Este é um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade.”

Biografia

Neil A. Armstrong nasceu em Wapakoneta (Ohio) em 5 de agosto de 1930 e ingressou na carreira de astronauta no Estado de Ohio.

Após trabalhar como aviador naval (entre 1949 e 1952), Armstrong passou a trabalhar na Naca, órgão que precedeu a Nasa. Nos 17 anos seguintes, ele trabalhou como engenheiro, piloto de teste, astronauta e administrador da Nasa.

Em 1966, o astronauta também participou da missão Gemini 8 como comandante. Esta empreitada foi a primeira em que foi realizada com o sucesso o emparelhamento de dois veículos no espaço com sucesso.

Após a missão Apollo 11 e toda a repercussão da missão, Armstrong saiu da Nasa (Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço) e dedicou-se a dar aulas de engenharia especial na Universidade de Cincinnati até 1979.

Discreto, Armstrong evitava aparições e entrevistas. Em maio deste ano, no entanto, lamentou a decisão do governo norte-americano de fazer cortes no programa espacial, anunciados em 2010.

“A Nasa (agência espacial americana) é um dos investimentos públicos de maior sucesso na motivação dos estudantes para que eles façam bem as coisas e alcancem tudo o que puderem alcançar”, disse o ex-astronauta.

Armstrong citou seu próprio exemplo, afirmando que, quando criança, os voos dos militares americanos o motivaram a se esforçar. “É triste que estejamos levando o programa para uma direção em que reduzimos a quantidade de motivação e estímulo que dá aos jovens”, afirmou. (Com agências internacionais)

Fonte: noticias.uol.com.br

Colaboração: Hannah Hertz, Mauro Levandoski

 

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh