web analytics

Estaria a Boeing pronta para lançar o maior avião de passageiros do mundo?

27/07/2012 | Por | 403 Comentários Mais
Compartilhe com a galáxia:

O seguinte artigo foi publicado em maio passado, no site da seção de ‘turismo’ do diário estadunidense USAToday. 

Apesar da notícia e as fotos serem muito impressionantes, não há confirmação de que tal aeronave exista de fato.  O próprio autor do artigo coloca no final que ele não tem certeza da veracidade das informações.

Mesmo assim, publicamos aqui para sua apreciação, pois mesmo se não for real, este artigo dá asas à nossa imaginação (desculpe o trocadilho). 

Eu, particularmente, fiquei muito despontado quando aposentaram o avião Concord, cujo desenho era completamente diferente dos aviões comerciais tradicionais.  Penso que já passou da hora de mudar a configuração tradicional desses aviões, pois ela praticamente permanece inalterada desde os primórdios da aviação comercial.  Quem sabe não chegou a hora!

Leia o artigo, traduzido abaixo e sonhe um pouco:

Ele pode confortavelmente voar 16.000 km à velocidade de Mach 0,88, ou 1,046 km/h, com 1000 passageiros a bordo!  Eles mantiveram isto em segredo por muito tempo.  Esta foto foi tirada por um fotógrafo amador no mês passado (abril de 2012?).

A Boeing está preparando este jato comercial para 1000 passageiros, o qual poderá redesenhar a indústria de viagem aérea.  Seu desenho radical com a fuselagem e a asa em uma só estrutura, foi desenvolvido pela Boeing, em cooperação com o Centro de Pesquisa Langley da NASA.  Esta aeronave gigantesca terá uma envergadura de asa de 81 metros, comparada com 64 metros do Boeing 747, e foi projetado para caber dentro dos novos terminais aéreos construídos para o Airbus A380, que leva 555 pessoas e tem 80 metros de envergadura.

O novo 797 é uma resposta direta da Boeing ao Airbus A380, o qual já possui pedidos para 159 unidades.  A Boeing decidiu parar com seu projeto do 747X Stretched Super Jumbo em 2003, após pouco interesse das aerolinhas, mas continuou a desenvolver seu “Mais Moderno Esmagador de Airbus“, o 797, em suas instalações na Phantom Works Research em Long Beach, Califórnia.

O Airbus A380 tem sido desenvolvido desde 1999 e acumulou US$13 bilhões em custos de desenvolvimento, o que dá à Boeing uma grande vantagem.  Mais ainda porque o Airbus estará amarrado na sua estrutura tubular antiga por décadas.

Há inúmeras vantagens do desenho da fuselagem e a asa em uma só estrutura, sendo a mais importante a relação de ‘sustentação e arrasto’ a qual espera-se aumentar em 50%, resultando em uma redução de peso da aeronave em 25%, a tornando 33% mais eficiente no consumo de combustível do que o A380,  assim fazendo com que o investimento de US$ 13 bilhões da Airbus pareça um desperdício.

A rigidez da estrutura é um outro fator favorável com a tecnologia da fuselagem e a asa em uma só estrutura.  A turbulência é reduzida e é criado menos estresse na estrutura, o que favorece a eficiência do uso do combustível, dando ao 797 uma tremenda autonomia de 16.000 quilômetros, com 1.000 passagerios a bordo, voando confortavelmente a 1.046 km/h, lhe dando assim outra vantagem sobre o desenho de tubo-e-asa do A380, que viaja a 917 km/h.

Ainda não está certa a data de lançamento do 797, mas as linhas de batalhas estão definidas na guerra da supremacia das futuras aeronaves da aviação civil.

Assim, se avistar algo  similar voando nos céus de sua cidade, pense duas vezes antes de gritar “OVNI!”

n3m3

 

Fonte: http://travel.usatoday.com

Colaboração: Alberto Martins

Compartilhe com a galáxia:

Tags: , ,

Category: Fotos, Notícias

403 comments
close next picture next picture
Original Picture...