web analytics

Teimando a respeito do OSNI do Mar Báltico

Um editorial seguido de notícias:

Como muitos de nossos leitores sabem, (e quem não sabe pode clicar no seguinte link para se atualizar: Báltico), o OSNI – Objeto Submerso Não Identificado do Mar Báltico, ainda deixou muitas questões a serem resolvidas.

Apesar de muitos comentaristas, muitos deles ovniólogos de carreira, estarem dizendo que tudo não passou de um golpe publicitário, ou coisa similar, ainda não estou totalmente convencido em nenhuma das versões apresentadas.

O OVNI Hoje tem tentado acompanhar esta história desde seu início, em meados de 2011, quando as imagens do sonar foram primeiramente publicadas.  E foi com muita ansiedade que esperamos por um desfecho, o qual parecia ter chegado até nós há poucos dias, mas foi como um rojão que subiu, mas não explodiu.

As informações que foram divulgadas oficialmente foram poucas e vagas, o que contribuiu para com a imaginação humana, e várias versões da história acabaram atingindo a Internet, algumas delas até ridículas.  E isto já era de se esperar, pois esta parece ser a natureza humana.  Eu chamo isso da ‘síndrome da rádio povão’, ou seja, o galo foi escutado a cantar, mas não só não se sabia aonde, mas também nem certeza tinham de que era mesmo um galo.  

Para que você tenha uma idéia do quão distorcida a história se tornou, um dos relatos oficiais dos mergulhadores foi de que o misterioso objeto tinha a forma de um cogumelo.  Pois bem, hoje ainda, conferindo os tweets do meu twitter, me deparei com uma mensagem em espanhol dizendo que o objeto em questão era na verdade um  “cogumelo gigante“.  E acredite, esta não foi a primeira vez que li isso.

Obviamente este foi um caso extremo de distorção dos fatos, mas há outros que não ficaram muito longe deste.  E não é de se espantar, pois as informações trazidas à tona pelos mergulhadores são, no melhor dos casos, incompletas e elusivas.

Assim caros leitores, por não estar ainda totalmente convencido a respeito do que se tem presumido por aí, e por ser fanático por um bom mistério, vou continuar a publicar aqui todas as informações relevantes ao caso.

Pode me chamar de tolo, mas sinto o cheiro de algo importante aqui.  Porém, também entendo que se for mesmo tão importante assim, há uma grande chance de que nunca saberemos a real e verdadeira ‘verdade’  sobre o OSNI do Mar Báltico. 

n3m3

———

Notícias recentes:

Peter Lindberg, co-proprietário do Ocean Explorer, concedeu uma entrevista para Linda Molton Howe, do site www.earthfiles.com, no dia 20 de junho passado, a respeito do misterioso achado.  Abaixo, algumas das declarações importantes sobre o agora mundialmente famoso OSNI:

Temos um sonar muito sofisticado no veículo subaquático remotamente controlado (ROV) e podíamos ver que isso haviam ângulos retos, linhas e paredes.  Tudo em está em 90 gráus.  Assim, neste objeto circular, há muitas destas linhas retas e coisas em forma de caixa.  Estávamos usando um sonar Blue View acima do objeto maior, mas não funcionado direito e tivemos que desligá-lo.

É por isso que não temos todos os dados do sonar Blue View que esperávamos ter.  Alguns dias mais tarde, em um outro projeto submarino, o sonar funcionou o tempo todo, sem nenhum problema.

Quando chegamos próximos o suficiente para ver o objeto através da câmera de vídeo, nossa primeira reação foi que ele era feito de concreto.

…Estivemos trabalhando por muitos nos como mergulhadores comerciais, e temos trabalhado com concreto abaixo da superfície d’água.  Ele parecia como o alicerce de uma ponte, ou algo parecido…

Eu não diria que seja [feito de concreto], mas parece, e enviamos mergulhadores para pegar amostras, a fim de nos assegurarmos sobre radiação.  Era 20 vezes mais alta do que o normal, mas não era perigosa de forma alguma…

Algumas partes [do objeto] parecem muito lisas, como se tivesse sido lixadas pelo gelo de 10.000 anos atrás.  Mas da mesma forma, há estas linhas muito retas e ângulos e tudo mais.  Também, os mergulhadores estavam nadando vagarosamente sobre o grande objeto circular e de repente passaram sobre um anel de rochas, como  uma pequena fogueira da Idade da Pedra, do lado direito…

...Outra coisa é que enviamos para baixo o nosso ROV, somente para ver o que tinha baixo naquela posição… …E quando o ROV estava descendo, de repente um buraco redondo aparece no monitor indo diretamente para dentro da estrutura redonda.  Ficamos impressionados e tomamos uma decisão rápida de voltar com o nosso ROV para não perturbar a visibilidade para os nossos mergulhadores. 

Assim, tivemos talvez 8 a 10 segundo de vídeo do buraco.  Mas quando o mergulhador desceu, sua câmera quebrou.  Assim, tudo que temos do buraco [de aproximadamente 25cm de diãmetro] são alguns segundos filmados pelo ROV.  Na verdade, parece haver algo fluindo para fora, como água, ou algo assim.  Mas isso também pode ser devido à hélice do ROV – não sabemos.  Isto também é algo que precisa ser investigado em nossa próxima expedição.  E não sabemos se há mais buracos na estrutura circular, ou não.

Peter e sua equipe planejam uma terceira expedição com o sonar Blue View e um sonar Multi Beam.  É necessário um processamento de dados especial para montar todas as imagens, para que façam sentido.  Isto está sendo feito agora com o material da segunda expedição.

A meta da equipe é produzir uma imagem tridimensional clara do objeto, lembrando que também foi encontrado um segundo objeto menor na região.

n3m3

 

 

Termos recém pesquisados por leitores:

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh