web analytics

Cassini encontra lago na lua Titã de Saturno, similar ao de uma região da Terra

24/04/2012 | Por | 52 Comentários Mais
Compartilhe com a galáxia:

Um recente estudo descobriu que o lago conhecido como Ontario Lacus, na lua Titã de Saturno, é muito similar à uma bacia salgada na Terra denominada de Bacia de Etosha Pan (direita). (Credit: NASA/JPL-Caltech and NASA/USGS) - Clique na imagem para ampliá-la.

Um grupo de pesquisadores liderado por Thomas Cornet, da Universidade de Nantes na França, associado ao Projeto Cassini, encontrou evidências de canais que foram formados há muito tempo na margem sul o leito de um lago descoberto na lua Titã, de Saturno.  Isto sugere que o lago, conhecido como Ontario Lacus, que anteriormente pensava-se conter hidrocarboneto líquido, poderia na verdade ser uma depressão que drena e enche por debaixo, expondo as áreas líquidas cercadas por materiais como areia saturada, ou barro.

“Concluímos que o fundo sólido do Ontario Lacus está mais provavelmente exposto nessas áreas”, disse Cornet, que escreveu um trabalho, o qual foi apresentado em uma recente edição da publicação Icarus.

Estas características fazem do Ontario Lacus muito similar da bacia salgada de Etosha, na Terra, que é um leito de lago que enche com uma fina camada de água que vem do subsolo fornecida pelas águas da estação chuvosa.  A camada então evapora e deixa sedimentos, como  marcas da maré, mostrando o limite anterior do nível d’água.

Algumas das coisas que vemos acontecendo em nosso próprio quintal estão lá em Titã para serem estudadas e para aprendermos“, disse Bonnie Buratti, co-autora e membro da equipe Cassini, com base no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena, Califórnia. “Na Terra, os bacias de sal tendem a se formar no deserto, onde os líquidos podem se acumular repentinamente, assim, parece que a mesma coisa ocorre em Titã“.

Enquanto o líquido em Titã é constituído de metano, etano e propano, ao invés de água, o ciclo parece funcionar de forma muito similar ao ciclo d’água na Terra.  além da Terra, Titã é o único outro mundo conhecido que contém líquidos estáveis em sua superfície.  Lá, o ciclo completo do hidrocarboneto é baseado em hidrogênio, carbono e nitrogênio, e acontece entre a atmosfera, a superfície e o subsolo.  Os lagos de Titã são uma parte integral do processo.

Este último documento publicado é parte de um estudo contínuo do Ontario Lacus, o maior lago da região do pólo sul de Titã.  A sonda Cassini tem estado observando o lago com múltiplos instrumentos, e empregando vários métodos de análise para ver se Titã, como a Terra, muda com as estações.  Durante o período que a Cassini tem explorado o sistema de Saturno, o hemisfério sul de Titã tem mudado do verão para o outono.

Estes resultados dão ênfase à importância da planetologia comparativa dentro da ciência planetária moderna: encontrando características geológicas familiares em mundos alienígenas como Titã nos permite testar as teorias que explicam sua formação“, disse Nicolas Altobelli, cientista do projeto Cassini-Huygens da ESA.

A missão Cassini-Huygens é um projeto de cooperação da NASA, da Agência Espacial Européia – ESA, e a Agência Espacial Italiana – ASI.

n3m3

Fonte da notícia: www.sciencedaily.com

Compartilhe com a galáxia:

Tags: , ,

Category: Fotos, Notícias

close next picture next picture
Original Picture...