web analytics

Por que (oficialmente) ainda não encontramos os ETs?

Certamente, a maioria das pessoas que frequenta este blog, mesmo que não falem abertamente, têm a convicção de que a existência de vida alienígena inteligente é praticamente certa.  E mais, desta maioria, grande parte tem a certeza de que temos sido visitados por estes seres por milhares, senão milhões de anos.

Contudo, por inúmeras razões, as quais não são o foco deste artigo, oficialmente não há nada que nos comprove este fato.  Enquanto não há confirmação, a imprensa corporativa internacional mais e mais sugere à população sobre a existência de vida alienígena inteligente, como se estivesse nos preparando para o inevitável: o dia que oficialmente será reconhecido a existência de seres inteligentes fora de nosso planeta.

Enquanto este dia não chega, aqui está um artigo publicado no site theweek.com, que fala a respeito deste nosso dilema:

Os ETs estão lá fora“, diz Chris Wilson da publicação web Slate. Mas “por que não podemos encontrá-los?”  Esta é uma questão que tem por muito tempo intrigado os estudiosos.  Se existem mais de 200 bilhões de estrelas só em nossa galáxia, não deveria este número gigantesco garantir que há pelo menos um outro planeta como a Terra lá fora, que seja apropriado para abrigar a vida inteligente?  E estes seres inteligentes não deveriam nos contatar? 

Abaixo estão 4 razões enunciadas por Wilson, as quais tentam explicar este dilema:

1. A sincronia de tempo pode estar fora

A distância entre as estrelas e os sistemas solares são enormes, e isso cria o que é conhecido como um problema de ‘sincronicidade’.  Mesmo se os cientistas descobrissem (como provavelmente já descobriram) um planeta como a Terra a 450 anos luz daqui, até que nossos rádio telescópios apontassem para ele, nós poderíamos estar escutando por atividades que estavam ocorrendo lá em um nível tecnológico equivalente à Terra no ano de 1561.  Então, diz Wilson, para detetar qualquer coisa, “a civilização que existe neste planeta tem que estar 400 anos à nossa frente.

2. Talvez perdemos a mensagem

É possível que esta civilização esteja 500 anos na nossa frente,” diz Wilson.  Mas lembre-se, o universo tem aproximadamente 13 bilhões de anos.  Talvez este planeta “similar à nossa Terra já teve civilizações com cidades prósperas” — mas quando estas criaturas nos enviaram sinais, “nós humanos ainda estávamos tentando entender porque nossos polegares eram opostos aos outros dedos de nossas mãos.”   Espécies inteligentes podem estar tentando nos contatar por milhões de anos — mas não tínhamos evoluído ao ponto de estarmos cientes disso.

3. Mas há formas de ainda podermos encontrar os ETs

Primeiro, precisamos olhar para as relíquias das sociedades perdidas, um “farol que poderia estar enviando sinais por milhões ou bilhões de anos.”  Pense nisso como uma “pedra de túmulo” ou uma “pichação galáctica“.  Segundo, precisamos preservar nossa “memória coletiva“.  “Se outra civilização fosse tão gentil em enviar alguns sinais em nossa direção, deveríamos retornar o favor.  Deveríamos construir nosso próprio farol. É uma simples questão de cortesia interestelar.

4. E o futuro oferece ainda mais chances do que nunca

Entre o recentemente reaberto Instituto SETI e a sonda telescópio Kepler da NASA, que está começando a identificar planetas na galáxia, os próximos anos parecerão como a aurora de uma nova “idade dourada na caça alienígena“, diz Wilson.  “As chances de encontrar uma civilização alienígena lá fora estão aumentando dramaticamente.

———-

Para muitos o contato já ocorreu, só não foi divulgado.

n3m3

Fonte: theweek.com

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh