web analytics

Observatório Kepler encontra exoplaneta que pode ter água no estado líquido

Representação artística do novo planeta encontrado, Kepler 22b, que pode conter água no estado líquido.

A Nasa anunciou ontem que o observatório espacial Kepler encontrou no sistema planetário Kepler -22, a 600 anos luz da Terra, o primeiro planeta situado na ‘zona habitável’, que pode ter água no estado líquido.

Os cientistas do Centro de Investigação Ames, da NASA, anunciaram ainda que o Kepler identificou 1.000 novos planetas, 10 dos quais tem um tamanho similar ao da Terra e orbitam na ‘zona habitável’ de sua estrela.

O planeta encontrado é o menor já encontrado pela sonda espacial orbitando na ‘zona habitável’, que é a zona onde as temperaturas permitem a existência de água no estado líquido e, consequentemente, condições mais favoráveis para a vida como conhecemos.

Porém, o planeta em questão é maior do que a Terra, e não se determinou ainda se é rochoso, gasoso, ou líquido, mas segundo Natalie Batalha, subdiretora do Centro Ames, “estamos cada vez mais próximos de encontrar um planeta parecido com a Terra“.

O observatório Kepler havia dado pistas anteriormente da existência de planetas de tamanho parecido ao nosso, os quais orbitam em ‘zonas habitáveis’, mas esta é a primeira vez que se constata o fato.

Os cientistas atualizaram a lista do número de candidatos a planetas, que desde quando começou a ser elaborada em 2009, já agregou 2.326 planetas.  Destes, 207 tem um tamanho aproximado ao da Terra e 680 são maiores; os denominados de Super-Terras.  Do resto, 1.181, têm o tamanho de Netuno, 203 são equivalente a Júpiter e 55 são ainda maiores que este planeta, que é o maior do nosso sistema solar.

Lançado em março de 2009, a missão de Kepler é a de coletar dados e provas de planetas que orbitam ao redor de estrelas com condições de temperatura médias, onde possa existir água no estado líquido e, provavelmente, vida.

Obviamente, estes 2.326 planetas já catalogados por Kepler não perfazem sequer uma ínfima fração dos planetas que a nossa galáxia abriga.

A IMPOSSIBILIDADE é a NÃO existência de vida lá fora, e não o contrário.

n3m3

Colaboração: Valdir

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh