web analytics

Dez tentativas “oficiais” de contato com ETs

Desde que a humanidade imaginou que poderia não estar só no universo, ela tem tentado contato com outras possíveis inteligências.  E os métodos utilizados para contato têm sido praticamente tão variados quanto o número de tentativas feitas.

Abaixo, estão 10 das tentativas de contato com os ETs:

 

1. A Mensagem de Arrecibo

Transmitida há 37 anos, a mensagem de Arecibo ainda é a transmissão mais potente já liberada para o espaço.  Ela foi enviada do rádio telescópio da Universidade Cornell em Arecibo, Porto Rico.  A transmissão foi apontada para o grupo de estrelas M13 .  Este grupo de estrelas está a aproximadamente 21.000 anos-luz de nós, perto da beirada da nossa galáxia, a Via Láctea, e contem aproximadamente trezentos milhões de estrelas.

Os pesquisadores trabalharam para criar uma mensagem que contivesse a informação básica sobre a Terra e a vida nela contida, inclusive com um gráfico representando o telescópio de Arecibo, o nosso sistema solar, o DNA humano, a representação da figura humana e alguns dos bioquímicos da vida terrestre.

A mensagem foi transmitida por três minutos, e até agora não recebemos resposta.

[Considerando-se que o grupo de estrelas M13 está à distância de 21.000 anos luz da Terra, e a mensagem se desloca à velocidade da luz, não é por menos que ainda não recebemos resposta alguma.  Pelo menos não do grupo M13, pois levará 42.000 anos para recebermos uma resposta (21.000 de ida e 21.000 de volta, se responderem imediatamente). 

Não seria mais sensato escolher um grupo de estrelas mais próximo para tal tentativa de contato?  Que tal apontar esta mensagem para Alfa_do_Centauro, estrela esta que fica a somente 4,2 anos-luz da Terra? 

Este tipo de ação sem nexo me faz pensar que alguns cientistas se perdem dentro de sua imensa inteligência. Um perfeito exercício em futilidade e desperdício de dinheiro, pois quem de nós estará por aqui para ver o resultado deste experimento? – n3m3]

—–

2. Pioneer 10 e 11 

A Pioneer 10 foi a primeira sonda a alcançar Júpiter e Saturno, e logo após seguir para fora do sistema solar. Depois foi lançado a Pioneer 11, o qual seguiu exatamente o mesmo plano de vôo, e presumivelmente ambas ainda estão viajando, embora tenhamos perdido contato com elas.

Sabendo que estas duas sondas iriam alcançar os confins do espaço sideral, a NASA colocou abordo de ambas algumas informações sobre a Terra.

Estas informações  foram colocadas em placas de aproximadamente 15cm por 23cm, feitas de ouro anodizado, as quais foram parafusadas nas estruturas da sondas.  Elas mostram a figura de um homem, cuja mão direita está elevada, em sinal de ‘boa vontade’, bem como a figura de uma mulher.  Além disso, elas mostram a distribuição dos planetas em nosso sistema solar, e também a posição de nosso sol em relação a um número de pulsares (estrelas que emitem radiação eletromagnética), para que nossa localização possa ser triangulada de outros pontos no espaço.  A esperança é de que os seres que encontrarem as placas possam saber de onde elas originaram.

[Considerando-se a recente notícia da própria NASA, que foi publicada aqui no OVNI Hoje, este projeto parece ter sido um pouco contraditório. Na notícia, uma das equipes da NASA alerta a humanidade quanto a possibilidade de sermos atacados por alienígenas. 

Se há realmente o perigo de sermos atacados por ETs, deveríamos mesmo enviar mensagens para fora, a fim de mostrar a eles aonde estamos?  Mesmo considerando que as sondas Pioneer são missões relativamente antigas da NASA que precederam a notícia da semana passada, será que eles não consideravam a possibilidade de sermos atacados naquela época? 

Para que não haja dúvida quando ao meu posicionamento após ter escrito isso, eu, particularmente, acho que esta possibilidade não passa de algo que só assombra a mente de pessoas beligerantes.  Se inteligências extraterrestres estão mesmo nos visitando — e há indícios de que eles têm nos visitado por milhares de anos — então já teríamos sido atacados há muito tempo, quando somente tínhamos arco e flecha. Certamente não iriam esperar até que pudessemos controlar a energia nuclear.  A não ser, é claro, que eles seja suicídas que queiram ser destruídos junto com o nosso planeta.

Aliás, não precisamos nem de um ataque alienígena para tal cenário ocorrer, pois já quase nos auto-destruímos várias vezes, e muito pouca gente sabe disso.  Mas isto é assunto para outro blog.- n3m3]

—–

3. Disco dourado das sondas Voyager

Quatro anos após o lançamento da Pioneer 11, Voyager 1 e Voyager 2 foram enviadas para explorar Júpiter e Saturno.  Assim a NASA decidiu elevar o padrão da mensagem que seria enviada.

As Voyagers 1 e 2 contêm uma ‘cápsula do tempo’ que, de acordo com a NASA, “foi projetada para comunicar a história do nosso mundo aos ETs“.  As mensagens carregadas por ambas as sondas foi colocada em um disco de 30 cm de diâmetro, de cobre banhado a ouro, contendo sons e imagens selecionadas para representar a diversidade de vida e as culturas de nosso planeta.

Após a seção que contem os sons da Terra, os idealizadores do disco incluíram uma seção de 90 minutos de música com clássicos orientais e ocidentais, bem como um seleção de música étnica de todo o planeta.

As sondas Voyager deixaram nosso sistema solar em 1990, e levará 40.000 anos para que encontrem outro sistema planetário.

[Ficam aqui as mesmas perguntas minhas colocadas ao final do item 2, logo acima. – n3m3]

—–

4. “Uma Mensagem da Terra” 

Apesar do Facebook ser uma rede social que parece conseguir de tudo, a honra de ser a primeira rede a tentar socializar com a inteligência extraterrestre vai para o Bebo, que enviou “Uma Mensagem da Terra” em 2008.

Um pacote de quinhentos e um itens, (fotos, desenhos e mensagens de 12 milhões de usuários) foi transmitido pelo radar telescópio RT-70, da Agência Nacional Espacial da Ucrânia.  Este equipamento é normalmente usado para rastrear asteróides.

As mensagens foram enviadas para o planeta Gliese 581C, que está a 20 anos-luz da Terra.

Os usuários do Bebo submeteram suas mensagens como parte de uma competição, e 501 delas foram  traduzidas para o formato binário, para assim serem enviadas ao planeta Gliese 581C, que fica a 209 trilhões de quilômetros da Terra.

As regras da competição ditavam que as mensagens poderiam cobrir uma gama de tópicos.  Estas mensagens alcançarão seu destino em 2028.

[Devemos sempre considerar que levará pelo menos o dobro do tempo para que uma resposta retorne à Terra. Assim, poderemos potencialmente ter uma resposta em 2056.  Muito tarde para mim, mas muitas pessoas viventes em nossa época terão a chance de presenciar um retorno. Penso que esta iniciativa foi substancialmente mais prática do que as da NASA; e seguramente muito mais barata, considerando-se somente o quesito ‘comunicação com ETs’. – n3m3]

—–

5. Chamadas Cósmicas 1 e 2

As Chamadas Cósmicas 1 e a 2, foram transmissões de pictogramas enviados de Moscou, Rússia, para vários sistemas solares, os quais apresentavam uma “Pedra de Roseta Interestelar”.

Esta “Pedra de Roseta”, foi desenvolvida por Yvan Dutil e Stephane Dumans, e baseada em conceitos matemáticos e científicos que se acredita serem universais.  A esperança era a de que qualquer forma de vida alienígena que interprete as chamadas poderiam ser capazes de usá-la, assim decifrando as mensagens.

As chamadas foram enviadas por Alexander Zaitsev, da Academia Russa de Ciênicas em Moscou, para estrelas similares ao nosso Sol, dentro de um raio de 70 anos-luz da Terra.  A primeira Chamada Cósmica foi enviada para quatro sistemas estelares: 16 Cyg A, Gliese 777, HD 178428 e 15 Sge.

A segunda foi para cinco estrelas, inclusive a 55 Cancri, que é o lar de complexos sistemas planetários. Esta segunda mensagem também incluiu 50 mensagens pessoais de pessoas como David Bowie e de alunos de uma escola de ensino fundamental da Ucrânia.

—–

6. A Mensagem dos Adolescentes

Além das Chamadas Cósmicas, Zaitev também fez parte da Mensagem dos Adolescentes, que foi uma transmissão idealizada pelos estudantes de toda a Rússia.

Esta transmissão foi enviada em seis sessões, em agosto e setembro de 2001, a partir do Centro Evpatoria de Espaço Profundo.  Ela foi transmitida para seis estrelas similares ao Sol que estão próximas a nós, algumas delas com pelo menos um planeta.

Como a mensagem de Arecibo, a Mensagem dos Adolescentes continha informações digitais, mas Zaitsev e os alunos também decidiram incluir informações no formato analógico, “para compensar pelas incertezas do que realmente é melhor compreendido pelos extraterrestres“.

Nestas mensagens estavam incluídas saudações pessoais, mensagens sobre a Terra, e músicas de um teremim, que é um instrumento o qual reproduz os sons usados nos filmes classe B de ficção científica dos anos 50.

—–

7. Comercial Doritos

Em 2008, uma campanha publicitária utilizou radares no Círculo Ártico para transmitirem seis horas de comercial de Doritos.  Surpreendentemente, isso não causou, pelo menos ainda, um ataque alienígena.

O comercial foi apontado para o sistema solar da constelação de Ursa Maior, a qual está somente a 42 anos-luz da Terra. Este sistema estelar tem uma ‘zona habitável’, na qual os cientistas acreditam que possa possuir um planeta similar à Terra, bem como vida extraterrestre.

A estação espacial européia EISCAT, na ilha norueguesa de Svalbard, enviou a mensagem usando seu conjunto de radares.  Foi enviado um arquivo codificado em MPEG e os pesquisadores concordam que a mensagem seria similar à uma série aleatória, mas mesmo assim esperam que através de sua repetição os ETs possam identificá-la como algo proveniente de uma fonte inteligente.

[… e após os ETs descobrirem que se trata de um comercial de Doritos, irão imediatamente duvidar de que a mensagem seja de fonte inteligente e assim descartá-la como mero ruído proveniente da explosão de uma supernova. (Nada contra Doritos; até gosto muito desses chips 🙂 ) – n3m3]

—–

8. A Mensagem RuBisCo

No trigésimo quinto aniversário da mensagem de Arecibo, Joe Davis, um artista e graduado em biologia pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, enviou o código genético da enzima RuBisCo para o espaço.

RuBisCo,que serve essencialmente para a fotossíntese, é a proteína mais abundante da Terra, e por isso Davis a escolheu para nos representar no espaço.

De acordo com Peter Weigele, do New England Biolabs, “A escolha desta molécula para ser transmitida, comunica a importância central de nosso Sol na sustentabilidade da vida, bem como uma compreensão implícita de seu papel em nossos sistemas biogeoquímicos.  Esta é uma mensagem que tanto é atual e como nunca expirará – para o universo e aqui na Terra“.

Esta também foi a primeira transmissão que utilizou um iPhone.  Quando Davis chegou em Arecibo, o codificador normalmente usado para modular a transmissão estava quebrado, assim ele usou seu iPhone como uma fonte improvisada para modular a nova mensagem codificada para a antena parabólica de 300 metros de diâmetro e 2 milhões de watts de potência.

—–

9. “Olá da Austrália”

Em 2009, a revista australiana Cosmos copiou a dica do Bebo e solicitou aos seus leitores para criar uma mensagem de boa vontade a fim de que fosse transmitida ao espaço.

O site da revista coletou sentimentos em forma de texto de pessoas do mundo todo.  A primeira veio de Kim Carr, ministro australiano da inovação, indústria, ciência e pesquisa.  Ela dizia: “Olá da Austrália, no planeta que chamamos de Terra.  Esta mensagem expressa os sonhos de nosso povo para o futuro.  Queremos compartilhar estes sonhos com vocês“.

A mensagem foi enviada do Complexo de Comunicação do Espaço Profundo em Canberra, para o planeta Gliese 581d, o mesmo que foi o destinatário da “Mensagem da Terra” [supra mencionada].

A mensagem da Austrália deverá alcançar seu destino no final de 2029.

—–

10. O DVD da Sonda Kepler

Mantendo-se no seu estilo anterior, dois atras a NASA incluiu um DVD na sonda Kepler.

A Kepler foi especificamente projetada para varrer uma região da Via Láctea à procura de planetas habitáveis do tamanho da Terra, bem como de planetas menores.  Caso a sonda encontre vida ET, terá uma mensagem para entregar.

Diferentemente das mensagens das sondas Pioneer e Voyager, as mensagens do DVD da Kepler vieram da população em geral.  Por um período de seis meses, dezenas de milhares de pessoas enviaram mensagens explicando porque a missão Kepler era importante.  Estas mensagens foram gravadas no DVD, que agora está abordo da sonda.

A sonda ainda está ativa, assim há uma chance de que a mensagem seja encontrada.

[Parece que estou implicando com a NASA, mas não estou. Isto posto, pergunto: Será que a NASA incluiu um toca DVDs junto com a sonda, ou ela acha que os ETs fabricam os mesmos em seu planeta? – n3m3].

 

n3m3

Fonte das informações: www.innovationnewsdaily.com

—————–

EDITORIAL:

Apesar de todas essas e outras tentativas de contatos com outras inteligências de nosso universo terem sido feitas, todas elas possuem algo em comum: requerem de médio a longuíssimo prazo para que alguma resposta seja recebida.

Mesmo assim, são tentativas louváveis.

Contudo, tenho a distinta impressão de que elas sejam completamente desnecessárias, pelo mero fato de que a probabilidade de estarmos sós no universo é quase nula;  a não ser, é claro, que os bilhões de galáxias que vemos com nossos telescópios sejam nada mais do que uma ilusão de óptica.

Outro argumento que tenho, o qual afirma minha certeza de que não somos a única inteligência avançada no universo, mas que também estamos sendo visitados por outras inteligências, não está focado somente nas experiências por mim presenciadas de objetos voadores anômalos, mas sim no testemunho de centenas, senão milhares de pessoas de reputação pelo mundo todo, tais como astronautas, militares, governantes, etc.

Por todos os anos que tenho silenciosamente coletado informações sobre esse assunto cativante, postando algumas delas aqui neste nosso blog, tenho um altíssimo grau de certeza de que já estamos sendo contatados por estas entidades, contudo este fato não chega até as massas.

Vivo para o dia em que a minha certeza de que não estamos sós no universo será confirmada oficialmente.

Mas como sempre declaro humildemente, posso estar errado e por isso mantenho este blog para que estes assuntos sejam comentados e todos os ângulos apresentados e analisados.

n3m3

 

 

Termos recém pesquisados por leitores:

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh