web analytics

Asteróide irá passar próximo da Terra em novembro

Asteróide 2005 YU55 virá nos visitar em novembro deste ano.

O asteróide 2005 YU55, uma rocha redonda de 400 metros de diâmetro irá passar próximo da Terra no início de novembro deste ano.

O quão próximo da Terra ele irá passar?

Um pouco mais de 3/4 da distância entre a Terra e a Lua.

Devido ao tamanho do objeto e sua pequena distância ao passar próximo à Terra, uma intensa campanha de monitoramento por radar, equipamento infra-vermelho e equipamento ótico está sendo planejada.

Este asteróide foi descoberto pelo programa Spacewatch (Vigilância do Espaço), do Laboratório Lunar e  Planetário da Universidade de Arizona, em Tucson, no dia 28 de dezembro de 2005.

O aproximação do asteróide 2005 YU55 da Terra no dia 8 de novembro é anormal, já que ele estará muito próximo e é grande.  Em média, não se espera que um objeto deste tamanho passe tão próximo a cada 30 anos,” disse Don Yeomans, gerente do Gabinete do Programa da NASA para Objetos Próximos à Terra

Yeomans disse que com as novas capacidades de radar em Goldstone, na Califórnia, há uma boa chance de obter imagens deste asteróide até a resolução de 5 metros.

Assim, gostaríamos de pensar nesta oportunidade como uma missão de ‘revoada próxima’, com a Terra no lugar de uma espaçonave. Quando combinado com as observações óticas e de infra-vermelho, com base na Terra, os dados do radar deverão fornecer uma figura bem completa de um dos grandes asteróides, que são potencialmente perigosos,” disse Yeomans.

Este asteróide tem uma rotação lenta.  Devido à seu tamanho e proximidade ao nosso planeta, o Minor Planet Center em Cambrindge, estado de Massachusetts, nos EUA, o considera como um rocha espacial “potencialmente perigosa“.

Já estamos nos preparando para esta aproximação do 2005 YU55“, disse Lance Benner, um cientista pesquisador da NASA e especialista em imagens por radar de objetos próximos à Terra.

O asteróide irá se aproximar pelo sul, assim Goldstone terá a primeira chance de o observar, devido sua cobertura de declinação“, disse Benner.

Esta aproximação será a mais próxima por outro asteróide com a magnitude absoluta desta intensidade, desde 1976, até 2028,” adicionou Benner.  “Isto sendo dito, ninguém viu o 2010 XC15 durante sua aproximação da Terra a 0,5 da distância lunar em 1976,” ele disse, apontando que o asteróide não teria sido descoberto até 2010.

Assim, a aproximação do 2005 YU55 será a mais próxima já observada, portanto representa uma oportunidade única,” disse Benner.  “Realmente, isto irá nos proporcionar com resoluções de imagens comparáveis, ou ainda melhores do que uma aproximação por espaçonave.

Quanto a possibilidade de avistar o asteróide com um pequeno telescópio, podem aprontar seus equipamentos.

Inicialmente, o objeto estará muito próximo do sol e muito apagado para os ‘observadores óticos’.  Porém, mais tarde no dia 8 de novembro, a elongação solar crescerá suficientemente para possibilitar seu avistamento.  No início do dia 9 de novembro, o asteróide poderá alcançar a magnitude 11 por várias horas, antes de se apagar rapidamente na distância.

n3m3

Fonte: www.space.com

"

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh