web analytics

Astrônomos levam a sério a comunicação com os alienígenas

Radio telescópío em Arecibo, Porto Rico - Foto: H. Schweiker/WIYN

Antes de tentar contatar os alienígenas, talvez deveríamos testar nossas mensagens entre nós mesmos.

Em uma nova dissertação publicada na Space Policy, da Cornell University, nos EUA, três caçadores de alienígenas sugerem desenhar um protocolo padrão para escrever cartas inteligíveis para os ETs, e construir um site onde as equipes possam decodificar as mensagens candidatas, para assegurar que elas façam sentido.

A idéia básica é, se você vai falar com alienígenas, é melhor que tenha algo que seja também compreendido por humanos“, disse Michael Busch, um cientista planetário da UCLA, que anteriormente tentou desenhar um cartão postal alienígena, mas que não está envolvido neste novo trabalho.

A procura por inteligência extraterrestre, coloquialmente conhecida como SETI, tenta ‘escutar’ mensagens de civilizações alienígenas pelos últimos 59 anos, na maior parte do tempo ‘pegando carona’ em projetos de pesquisa astronômica já existentes.

Mesmo assim, a humanidade só tentou contatar os ETs algumas poucas vezes, estas  mensagens eram muito complicadas e muito centradas em nós mesmos para que fizessem sentido até mesmo para civilizações alienígenas mais avançadas tecnologicamente, dizem os pesquisadores.

Se eu fizer uma apresentação sobre software de Mac, você não será capaz de abrí-la em um computador com Windows aqui na Terra“, disse a física Dimitra Atri da Universidade de Kansas e co-autora desta nova dissertação.

A primeira mensagem, enviada do radio telescópio Arecibo (ver figura ao lado), foi enviada em 1974 para um grupo globular de estrelas que estão 25.000 anos luz daqui.  A mensagem incluíu um gráfico de baixa resolução de um humano, números de 1 a 10 e um gráfico do rádio telescópio usado para transmitir a mensagem – embora seja muito difícil de identificá-lo no gráfico.

Pela maior parte, ela era somente uma decoração,” disse Julia DeMarines, uma astrobióloga da Universidade Espacial Internacional na França, e co-autora do artigo. “Ela era legal, mas não era realmente uma mensagem direcionada.

As outras quatro mensagens que foram enviadas após (o Cosmic Calls de 1999 e 2003, A Mensagem Teen Age (de adolescente russos) em 2001 e A Messagem da Terra em 2008) foram enviadas de um rádio telescópio em Evpatoria, na Ucrânia.

Estas transmissões foram direcionadas para estrelas mais próximas, entre 20 e 69 anos luz da Terra, onde seria mais fácil escutar uma resposta se alguém tivesse ouvindo.  Mas elas incluíram gravações de músicas clássicas, bem como fotos e desenhos submetidos pela população.  Estas eram informações de valor sentimental para nós terráqueos, mas ‘grego’ para os alienígenas que talvez nem tenham ouvidos para escutar.

Para ajudar a aumentar as possibilidades de que os ETs nos escutem quando chamarmos, Atri, DeMarines e o astrobiólogo Jacob Haqq-Misra, da Pennsylvania State University, sugerem projetar um protocolo padrão para escrever as mensagens do SETI.

Esta dissertação é realmente um chamado para unificar os pensamentos sobre as mensagens extraterrestres”, disse Haqq-Misra. “Agora elas [as mensagens] estão confusas.  Talvez possamos aumentar nossas chances de sucesso se unificarmos mais nossas idéias.

O protocolo cobriria questões como o comprimento da mensagem (mantendo-as curtas, a princípio), a codificação do sinal (binária provavelmente é melhor), o método de transmissão (rádio ou alguma outra frequência?) e o conteúdo da informação (matemática e ciência, ou cultura humana?).  A idéia principal é a de mantê-las simples, disseram os pesquisadores.

Queremos nos assegurar que não estamos sendo antropocêntricos, para que as respostas possam ser acessíveis ao denominador comum mais baixo,” disse Haqq-Misra.

Esta dissertação é somente o primeiro passo.  Os caçadores de alienígenas estão tentando agrupar um comitê de cientistas, comunicadores, filósofos e outros que possam ajudar a projetar um protocolo.

Uma vez que as regras estejam estipuladas, a equipe construirá um site na Internet onde os usuários do mundo todo poderão enviar mensagens que encaixem no protocolo, e poderão tentar desvendar mutuamente seus códigos.

A equipe espera  montar o site até o verão (nos EUA agora é inverno).

n3m3

Fonte: www.wired.com

Loading...

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprio autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências por eles causados, como também reserva o direito aos seus moderadores de banir qualquer usuário que bem determinarem. Ao usar a área de comentários abaixo, você concorda com esses termos.

Assim, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando tais comentários como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.

Ad Blocker Detectado

Olá leitor. O OVNI Hoje depende dos anúncios aqui publicados para que seja possível pagar sua hospedagem e trazer notícias a você de forma gratuita. Por favor, considere nos apoiar desabilitando o seu bloqueador de anúncios. Obrigado

Refresh